Viveiro de mudas - Ocupação Fazendinha / PFLEX - Escola de Arquitetura - UFMG

Viveiro de mudas - Ocupação Fazendinha / PFLEX - Escola de Arquitetura - UFMG - Imagem 2 de 21Viveiro de mudas - Ocupação Fazendinha / PFLEX - Escola de Arquitetura - UFMG - Imagem 3 de 21Viveiro de mudas - Ocupação Fazendinha / PFLEX - Escola de Arquitetura - UFMG - Imagem 4 de 21Viveiro de mudas - Ocupação Fazendinha / PFLEX - Escola de Arquitetura - UFMG - Imagem 5 de 21Viveiro de mudas - Ocupação Fazendinha / PFLEX - Escola de Arquitetura - UFMG - Mais Imagens+ 16

Belo Horizonte, Brasil
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  18
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2024
  • Fotógrafo
    Fotografias:Sofia Vasconcelos
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes:  Brasilit, Gerdau, Triângulo Telhas
  • Professor Orientador: Hugo Alkmim de Matos
  • Estudantes: Amanda Cardoso Santos, Ana Júlia Thomaz de Frias Nunes, Ana Luiza Fernandes Belo, Bruna Araújo Quintino dos Santos, Camila Gaspar Fischer, Carolina Moreira Amaral, Catarina Iser Pessoa, Emmanuelle Mosqueira Seixas, Gabriel Rodarte Oliveira, Isabel Soares Barroso, Júlia Santos Mundim, Karine Meira Campos, Lídia Nunes Horta, Luíza Regina Negrão Belode, Luiza Ventura Guedes, Maria Eduarda Calfat Duarte, Mariana Mizobe Hirata, Marina Cardoso Couto, Melyssa Silva Duarte Xavier, Milene de Oliveira Ferreira, Vitória Barbosa da Silva, Yohanna Prado de Sousa
  • Fundações Em Concreto Armado: Richardson Santos Ferreira, Ademilton Lima de Oliveira
  • Acabamentos: Jonas Pereira da Silva, Leonice Siqueira de Castro Pinto
  • Apoio Técnico: Raphael Magalhães Silva Doné
  • Carpintaria: Cristiano Oldair de Melo
  • Movimento De Organização De Base Mob: Marina Nobel Maia
  • Materiais: Madeira Cupiúba, Madeira Pinus, Telha fibrocimento, Ferragens
  • Cidade: Belo Horizonte
  • País: Brasil
Mais informaçõesMenos informações
Viveiro de mudas - Ocupação Fazendinha / PFLEX - Escola de Arquitetura - UFMG - Imagem 6 de 21
© Sofia Vasconcelos

Descrição enviada pela equipe de projeto. O viveiro de mudas construído na Ocupação Fazendinha localizada no bairro Calafate em Belo Horizonte - Brasil, é resultado de uma prática acadêmica extensionista promovida pelo Departamento de Projetos da Escola de Arquitetura da Universidade Federal de Minas Gerais e coordenada pelo professor Hugo Matos. A atividade contemplou a concepção, a fabricação e a montagem de uma estrutura de pequeno porte em madeira, realizadas de forma conjunta por estudantes, técnicos, apoiadores e moradores da comunidade.

Viveiro de mudas - Ocupação Fazendinha / PFLEX - Escola de Arquitetura - UFMG - Imagem 2 de 21
© Sofia Vasconcelos
Viveiro de mudas - Ocupação Fazendinha / PFLEX - Escola de Arquitetura - UFMG - Imagem 17 de 21
Corte - Transversal
Viveiro de mudas - Ocupação Fazendinha / PFLEX - Escola de Arquitetura - UFMG - Imagem 8 de 21
© Sofia Vasconcelos

O projeto tem como objetivo contribuir com o cuidado e organização da produção local e, sobretudo, apoiar o trabalho colaborativo realizado na horta comunitária que se destaca como um aspecto fundamental na discussão sobre a autogestão de infraestrutura dessa ocupação, consolidada em 2020 no período de pandemia. A solução encontrada pelos participantes propõe preservar a dinâmica de funcionamento da horta, sugerindo a disposição do espaço físico conforme as funções desempenhadas e garantindo uma estrutura segura com melhores condições de trabalho. A construção consiste em uma área coberta de aproximadamente 18 m2 que permite o acesso aos canteiros de hortaliças e conta com prateleiras e bancadas para a produção, manutenção e armazenamento de mudas. 

Viveiro de mudas - Ocupação Fazendinha / PFLEX - Escola de Arquitetura - UFMG - Imagem 4 de 21
© Sofia Vasconcelos
Viveiro de mudas - Ocupação Fazendinha / PFLEX - Escola de Arquitetura - UFMG - Imagem 20 de 21
Axo
Viveiro de mudas - Ocupação Fazendinha / PFLEX - Escola de Arquitetura - UFMG - Imagem 3 de 21
© Sofia Vasconcelos

A estrutura foi feita utilizando madeira Cupiuba em sua totalidade, sendo composta por cinco pórticos, contraventamentos horizontais e terças do telhado. O deck do piso, o armário para a guarda de ferramentas e os brises instalados para evitar incidência solar no período da manhã, foram feitos em madeira Pinus. Essa iniciativa busca apontar caminhos didáticos que sejam adaptáveis a diferentes contextos urbanos e que permitam a articulação entre academia e sociedade fora dos limites físicos da Universidade, por meio da integração da prática construtiva com o atendimento de necessidades específicas de grupos sociais em situações vulneráveis.

Viveiro de mudas - Ocupação Fazendinha / PFLEX - Escola de Arquitetura - UFMG - Imagem 5 de 21
© Sofia Vasconcelos

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:Belo Horizonte, Brasil

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Viveiro de mudas - Ocupação Fazendinha / PFLEX - Escola de Arquitetura - UFMG" 11 Jun 2024. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/1017541/viveiro-de-mudas-ocupacao-fazendinha-pflex-escola-de-arquitetura-ufmg> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.