Pavilhão Araras / Venta Arquitetos

Pavilhão Araras / Venta Arquitetos - Imagem 2 de 33Pavilhão Araras / Venta Arquitetos - Fotografia de Interiores, JanelaPavilhão Araras / Venta Arquitetos - Imagem 4 de 33Pavilhão Araras / Venta Arquitetos - Imagem 5 de 33Pavilhão Araras / Venta Arquitetos - Mais Imagens+ 28

Petrópolis, Brasil
  • Arquitetos: Venta Arquitetos
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  120
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2023
  • Fotógrafo
    Fotografias:Rafael Salim
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes:  Eternit, Gerdau Brasil
  • Arquiteto Líder: Gregório Rosenbusch
  • Projeto De Arquitetura: Laura Rosenbusch
  • Equipe Projeto De Arquitetura: Lorran Kasesky
  • Projeto De Estrutura: TETO Engenharia
  • Levantamento Topográfico E Locação De Obra: E. Freitag Topografia
  • Fornecimento E Montagem De Estrutura Metálica: Industrialtec
  • Execução Fundações Estacas Tipo Raiz: Sondestaq
  • Esquadrias De Alumínio E Vidros: Construvidros (Itaipava)
  • Marcenaria: Oregon
  • Cidade: Petrópolis
  • País: Brasil
Mais informaçõesMenos informações
Pavilhão Araras / Venta Arquitetos - Fotografia de Exterior, Floresta, Janela
© Rafael Salim

Descrição enviada pela equipe de projeto. O projeto situa-se em terreno já ocupado com residência principal e área de lazer, contexto no qual se decide edificar um pavilhão a fim de abrigar duas suítes para hóspedes e uma residência para a caseira. A área destinada para a construção possui acentuado declive, da ordem de 60% de inclinação, e um importante conjunto arbóreo a ser preservado. Constitui-se ainda numa passagem entre um conjunto de árvores cerejeiras, situadas na parte mais elevada, e árvores consideradas nativas, na fração inferior da área. Um aspecto que determinou em grande medida a estratégia de projeto e construção consistiu no tempo disponível para todas as etapas, incluindo a obra, de 200 dias.

Pavilhão Araras / Venta Arquitetos - Fotografia de Exterior, Madeira, Viga
© Rafael Salim
Pavilhão Araras / Venta Arquitetos - Imagem 14 de 33
© Rafael Salim

O processo de projeto partiu então da definição de uma estratégia de obra aérea e ligeira, de modo a fazer pairar sobre o terreno e junto às árvores uma estrutura leve, intervindo minimamente na topografia natural. Para isso, decidiu-se reunir o programa num único volume elevado, apoiado sobre uma linha de quatro pontos de fundações profundas. A disposição deste volume e o seu fracionamento em duas partes são consequências diretas da disposição das árvores existentes. Neste sentido, em torno de uma árvore nativa definiu-se um pequeno pátio aéreo de acesso às suítes, além disso, implantou-se o volume obliquamente em relação às curvas de nível, criando o afastamento necessário para a preservação das cerejeiras.

Pavilhão Araras / Venta Arquitetos - Fotografia de Exterior, Janela, Floresta
© Rafael Salim
Pavilhão Araras / Venta Arquitetos - Imagem 33 de 33
Seção
Pavilhão Araras / Venta Arquitetos - Imagem 24 de 33
© Rafael Salim

Apesar da condição elevada da construção, há uma espécie de continuidade térrea através da ligação entre caminhos preexistentes com uma calçada apoiada sobre o solo e passarelas de acesso às suítes e residência. O conjunto de passarelas e calçada desempenham, por sua vez, o papel de equilibrar e ancorar a estrutura linear.

Pavilhão Araras / Venta Arquitetos - Imagem 5 de 33
© Rafael Salim
Pavilhão Araras / Venta Arquitetos - Fotografia de Interiores, Janela
© Rafael Salim

A respeito dos materiais utilizados, a demanda por uma construção ligeira em seu duplo sentido – leveza e velocidade de realização – contribuiu na definição de todos os sistemas construtivos: piso (tipo Painel Wall), paredes (tipo Drywall), cobertura (telhas termo-acústicas), esquadrias de alumínio e fachadas (placas cimentícias e réguas em Cumaru). 

Pavilhão Araras / Venta Arquitetos - Fotografia de Exterior, Janela
© Rafael Salim

A diferenciação entre as fachadas frontal e posterior, sendo a primeira com réguas verticais em madeira e a segunda com pintura na cor grafite, diz respeito à situação do entorno. Quando visitamos o local  pela primeira vez, na última semana de julho, nos deparamos com as árvores cerejeiras floridas, o que ocorre uma vez ao ano, florescência esta que tem duração de apenas 2 semanas. Sendo assim, a longa fachada em réguas de Cumaru tem por objetivo continuar à sua maneira e ao longo do ano, a experiência cromática do período de florescência das cerejeiras. Por outro lado, a fachada posterior encontra-se infiltrada sob a permanente sombra das copas das árvores nativas. De tal modo, o escurecimento no tratamento de todos os materiais desta fachada partilha do mesmo desejo de continuidade com o entorno.

Pavilhão Araras / Venta Arquitetos - Imagem 6 de 33
© Rafael Salim

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Pavilhão Araras / Venta Arquitetos" 13 Mai 2024. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/1016397/pavilhao-araras-venta-arquitetos> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.