O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Criptas E Mausoléos
  4. Estados Unidos
  5. HGA Architects and Engineers
  6. 2012
  7. Mausoléu Lakewood Cemetery Garden / HGA Architects and Engineers

Mausoléu Lakewood Cemetery Garden / HGA Architects and Engineers

Mausoléu Lakewood Cemetery Garden / HGA Architects and Engineers
Mausoléu Lakewood Cemetery Garden / HGA Architects and Engineers, © Paul Crosby Photography
© Paul Crosby Photography

© Paul Crosby Photography © Paul Crosby Photography © Paul Crosby Photography © Paul Crosby Photography + 18

  • Arquitetos

  • Localização

    3600 Hennepin Ave, Minneapolis, MN 55408, United States
  • Principal

    Dan Avchen, FAIA
  • Project Manager

    Steve Fiskum, AIA
  • Design Principal

    Joan M. Soranno, FAIA
  • Project Architect

    John Cook, FAIA
  • Área

    24.500 m²
  • Ano do projeto

    2012
  • Fotografias

  • Project Team

    Nick Potts, AIA, Michael Koch, AIA, Eric Amel, AIA, Steve Philippi, Jay Lane, Robert Johnson Miller, Ross Altheimer, ASLA
  • Structural Engineer

    Paul Asp, PE, Soon Sim Hakes, PE
  • Mechanical Engineer

    Craig Lemma
  • Electrical Engineer

    Ben Gutierrez
  • Civil Engineer

    Jim Husnik, PE
  • Lighting Designer

    Tao Ham
  • Interiors

    Rich Bonnin, Amy Ciani
  • Graphic Design

    Gretta Fry
  • Cliente

    Ron Gjerde, Presidente, Cemitério Lakewood
  • Proprietário

    Associação do Cemitério Lakewood
  • Mais informações Menos informações
© Paul Crosby Photography
© Paul Crosby Photography

Descrição enviada pela equipe de projeto. Desde sua fundação em 1871, o Cemitério Lakewood em Mineapolis tem servido de descanso póstumo para os cidadãos mais notáveis de Minesota. Nomes de famílias como Humphrey, Wellstone, Pillsbury e Walker se encontram por lá, dentre uma longa lista de pioneiros locais, heróis, líderes cívicos, industriais e mecenas de arte. O cemitério privado e não-setorizado abrange 250 acres de paisagens planas ao lado do histórico sistema de alamedas Grand Round. A importância histórica e o cuidado impecável com o solo fazem do cemitério Lakewood um marco na paisagem e um bem da comunidade do bairro Uptown.

Administrado como um imóvel não lucrativo desde seus primórdios, a Associação do Cemitério Lakewood reconhece a necessidade de um planejamento prudente para garantir sua vitalidade para um futuro indefinido. Apesar da enorme extensão das terras do cemitério, apenas 25 acres continuam disponíveis para desenvolvimentos futuros. Com um mausoléu de 1967 chegando quase à sua capacidade máxima (devido ao maior aceite e interesse em enterros acima do solo e cremação) o Conselho de Curadores do Cemitério encomendou Plano Diretor abrangente em 2003.

© Paul Crosby Photography
© Paul Crosby Photography

O eixo do plano é a proposta de um novo Mausoléu para expandir as opções de criptas acima do solo e cremações e acomodar rituais e práticas comemorativas contemporâneas. O projeto, um novo "Jardim Mausoléu" contará com criptas para mais de dez mil pessoas, uma capela, um espaço de recepção que se faz muito necessário para encontros de pós-atendimento e novo paisagismo para o terreno adjacente de quatro acres. 

Desafiados com a tarefa de acrescentar uma grande estrutura - 24.500 m² - à um local tão respeitado, Joan Soranno, FAIA e John Cook, FAIA do HGA Architects and Engeneers rapidamente se comprometeram com uma estratégia que protegesse e aprimorasse a paisagem histórica do cemitério. Um grande edifício, não importa o quão bem feito, é diminuído pela beleza pastoral de Lakewood. Após uma extensa análise do local, Joan e John optaram por locar o edifício ao longo do limite norte de um "jardim submerso" dos anos 60. Situando o novo Jardim Mausoléu entre o mausoléu existente de dois pavimentos a oeste e a capela memorial de 1910 em estilo bizantino a leste, o projeto ficará próximo à entrada do cemitério. Isto apresenta a vantagem de concentrar o tráfego e as infraestruturas em um local discreto, deixando a maior parte da paisagem original e das vistas intactas. 

Site Plan
Site Plan

Street Level Plan Garden Level Plan Cortes Elevations + 18

Ao entrar no cemitério pelos portões principais, os visitantes se aproximam do novo Jardim Mausoléu através de um dos principais caminhos dentro do cemitério. Contornando uma massa de pinheiros altíssimos e carvalhos nodosos, o caminho gentilmente se volta para a entrada do Mausoléu. Uma simples massa de placas de granito cinza, as janelas gradeadas da entrada e as reentrâncias insinuam as funções e a complexidade do interior do edifício, ao mesmo tempo que reduzem visualmente o peso da estrutura. 

À leste da entrada, uma cobertura verde sobre o nível inferior do jardim estende sutilmente a grama bem cuidada do cemitério. Guarda-corpo, pisos, grama e arbustos minuciosamente detalhados asseguram as visuais ininterruptas para pontos cruciais, como a Capela e os icônicos monumentos Fridley e Pence. Embora o gramado seja essencialmente liso, montes de grama angulares pontilham a relva nova como esculturas minimalistas na paisagem.

© Paul Crosby Photography
© Paul Crosby Photography

A entrada do Jardim Mausoléu ao nível da rua representa apenas uma pequena fração da massa total do edifício e inclui uma recepção, um lounge, um pequeno escritório e instalações. Dois terços do edifício permanece abaixo, enterrado em uma colina voltada para sul, com vista para o jardim inferior. 

Na entrada principal, um par de portas de bronze, intrincados padrões de mosaico branco traçam arcos e voltas infinitas por todas as ondulantes superfícies ordenadamente inscritas na massa de granito escura. O contraste de texturas - claro e escuro, áspero e suave, rústico e refinado - invocam tanto o sentido visual quanto o tátil. As grandes portas de vidro, adornadas com grades de bronze que repetem as voltas e os motivos circulares do mosaico, recebem os visitantes em um espaço sereno com paredes revestidas de mogno, feixes abundantes de luz natural e vistas distantes através do novo jardim inferior. 

© Paul Crosby Photography
© Paul Crosby Photography

Uma escada de proporções generosas leva os visitantes da entrada para o nível inferior do jardim. A oeste, uma parede de gesso veneziano direciona os familiares em luto para a cerimônia na capela. Atenuando a exposição da capela ao sol do sul, altas reentrâncias são recortadas em ângulos agudos na espessa parede exterior -  uma estratégia que diminui a incidência de luz que entra neste espaço contemplativo e assegura um nível de privacidade para os familiares em luto. 

Retornando ao hall, um simples quadrado recortado na áspera parede de granito marca o limite entre os espaços comuns do mausoléu e os locais para enterros, recordações e contemplação individual. Estendendo-se para leste, um único e longo corredor reúne baías de columbária (para os restos cremados) e salas de criptas (para os caixões). Ao norte, as câmaras são construídas inteiramente sob o solo, iluminadas apenas por uma única claraboia; retangular para as salas de criptas, e circular para a columbária. Aqui, feixes de luz do sol traçam arcos sobre as paredes de mármore branco. Ao sul, as salas de criptas e a columbária formam uma série de pátios de escala íntima, com cada espaço ligado ao jardim através de grandes janelas.

© Paul Crosby Photography
© Paul Crosby Photography

Apesar de geometricamente similares, cada câmara interna se distingue por sutis variações de projeto que dão a cada espaço uma personalidade e um clima distinto. Pisos brilhantes de ônix se alternam entre amarelo, verde jade e rosa coral. A orientação das janelas e das claraboias rotaciona e se altera, variando as vistas para horizontes próximos ou distantes, para a copa das árvores ou para o céu azul. O projeto reconhece que na morte - assim como em vida -  as pessoas possuem diversas perspectivas e desejam exclusividade. Respeita-se que, ao se desenhar o local de descanso final para dez mil pessoas, a individualidade, a escala humana e a conectividade sensorial com o mundo natural são primordiais.

Cortes
Cortes

A seleção de materiais transita pelos caminhos da arquitetura de memoriais assim como pela história de Lakewood. Materiais funerários convencionais, como granito, mármore e bronze, são reinterpretados segundo uma expressão arquitetônica do século XXI. O mosaico policromático da capela, por exemplo, servem como trampolim para o padrão de mármore branco e vidro que está tão ligado ao estilo bizantino e aos rendilhados orgânicos da Escola de Chicago, quanto a algoritmos geométricos e simbolismo funerário. 

Uma característica importante do Jardim Mausoléu, o re-desenho do terreno de quatro acres fortalece a conexão entre a arquitetura distinta de Lakewood, ao mesmo tempo que oferece um local sereno tanto para pequenas famílias quanto para grandes eventos comunitários. As relações formais entre a capela, o Mausoléu existente e o novo Jardim Mausoléu são reforçadas pela dupla coluna de árvores de bordo, pela simples combinação de calçadas e canteiros, e por uma grande e reflexiva piscina. Além disso, um bosque de árvores espinheiros melhora as paredes externas da cripta existente a leste, enquanto diversas escadas externas melhoram o acesso entre o jardim inferior e os históricos locais para enterros adjacentes.

© Paul Crosby Photography
© Paul Crosby Photography

O Jardim Mausoléu de Lakewood constrói seu significado através dos aspéctos mais comuns e permanentes da experiência humana - a iminência da luz e da escuridão, a imutabilidade dos quadrados e círculos, e o eco nas superfícies de pedra. Um ousado edifício do século XXI, o projeto do Jardim Mausoléu não causará confusão sobre o que é antigo e o que é novo.

Antes mesmo do Mausoléu começar a ser construído, o local já é memorável. A paisagem de Lakewood e seu pequeno conjunto de prédios são valiosos pois emolduram vistas, criam limites e abraçam a escala humana. Neste acalentado paraíso na cidade, o progresso arquitetônico se cruza com a história com graça e vitalidade.

© Paul Crosby Photography
© Paul Crosby Photography
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Mausoléu Lakewood Cemetery Garden / HGA Architects and Engineers" [Lakewood Cemetery Garden Mausoleum / HGA Architects and Engineers] 17 Fev 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Britto, Fernanda) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/97879/jardim-mausoleu-lakewood-slash-hga> ISSN 0719-8906