O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Iluminação
  4. Estados Unidos
  5. Sarah Biemiller & Robert Hutchison
  6. 2012
  7. “7” Instalação na Estação Alderbrook / Sarah Biemiller & Robert Hutchison

“7” Instalação na Estação Alderbrook / Sarah Biemiller & Robert Hutchison

“7” Instalação na Estação Alderbrook / Sarah Biemiller & Robert Hutchison
“7” Instalação na Estação Alderbrook  / Sarah Biemiller & Robert Hutchison, © © Don Frank, Robert Hutchison
© © Don Frank, Robert Hutchison

© © Don Frank, Robert Hutchison © © Don Frank, Robert Hutchison © © Don Frank, Robert Hutchison © © Don Frank, Robert Hutchison + 30

  • Arquitetos

  • Localização

    Astoria, OR, EUA
  • Equipe de Projeto

    Sarah Biemiller, Robert Hutchison, Jake LaBarre, Nicole Abercrombie, Dustin Stephens, Chris Armes, Sharon Khosla, John Armes, Olaf Broderman, Daren Doss, Lisa Chadbourne e Bella
  • Ano do Projeto

    2012
  • Fotografias

Descrição enviada pela equipe de projeto. Materiais: 10081,87 metros de linha de pesca clara de monofilamento "Billfisher" Pesca Monofilamento (11,33 kg de prova); 2.414 Ilhós Tamanhoo de parafuso (217 ½); 2.414 tubos "Beadalon" revestidos com prata Crimpar Tamanho (# 2) 

© © Don Frank, Robert Hutchison
© © Don Frank, Robert Hutchison

A estação Alderbrook, localizada um pouco a leste de Astoria, ao longo do rio Columbia, é o lugar da sede da Cooperativa da União dos ex Pescadores Packaging, que uma vez apoiou uma próspera indústria de pesca de salmão. O Netshed é uma estrutura de madeira de 3 andares que foi utilizada pelos pescadores para reparar e armazenar as redes. Inspirado nas qualidades naturais e artificiais que impregnam a estação Alderbrook, tais como o movimento das marés, a luz que reflete no rio Columbia, as lembranças e a história que figuram dentro e ao redor da estação, e a estrutura da rede no Netshed, Robert Hutchison e Sarah Biemiller compartilharam conosco sua proposta para a instalação dentro da Netshed que se desenvolveu a partir de numerosas influências.

© © Don Frank, Robert Hutchison
© © Don Frank, Robert Hutchison

As influências da sua proposta incluem instalações anteriores de Biemiller, antigas pesquisas arquitetônicas de Hutchison, e conversas e correspondências entre ambos artistas ao longo de vários anos sobre as relações entre a arte e a arquitetura. A proposta final incluiu uma série de instalações que se encontram em toda a estação Alderbrook Netshed. 

© © Don Frank, Robert Hutchison
© © Don Frank, Robert Hutchison

Cada um dos níveis da estrutura é permeado por sete centros de produção existentes, distribuidos uniformemente em todo o edifício. A escotilha foi utilizada para arrastar as redes de pesca verticalmente entre os níveis até o teto. Hoje o local é propriedade dos arquitetos Daren Doss e Lisa Chadbourne, que utilizam o Netshed como uma galeria para a exibição e exposição da obre de artistas locais, e um lugar para as instalações de arte contemporânea. Daren e Lisa mantém essencialmente o edifício sem mudanças, tal qual o encontraram. O interior está cheio de redes, ferramentas, equipamentos, xícaras de café e sofás antigos, deixados pelos pescadores que utilizavam o edifício para apoiar seu sustento.

© © Don Frank, Robert Hutchison
© © Don Frank, Robert Hutchison

A localização específica e a dimensão de cada instalação foi determinada pelos lugares das escotilhas existentes no piso, espalhadas por toda a cobertura. Cada instalação se constituiu de numerosas linhas de pesca, suspensas a partir da parte inferior do teto do Netshed. A coluna de fio resultante passa através das aberturas do fundo da escotilha até o nível da planta baixa, onde foi cortada e amarrada a ilhós metálicos que foram aparafusadas nas tábuas do piso de madeira.  Para criar diferenças sutis entre as sete colunas de fio, cada uma se apresenta com um padrão de fio diferente. Para aumentar a relação entre o primeiro piso e o teto, se estabeleceu uma regra que nunca a linha de pesca pode tocar os lados dos níveis do piso. A instalação era complicada de ser feita pois nenhum dos lugares das escotilhas do segundo e terceiro piso estão alinhadas completamente.

© © Don Frank, Robert Hutchison
© © Don Frank, Robert Hutchison

A logística da instalação requereu muito tempo de documentação da edificação existente, intensa planificação prévia, e um alto grau de precisão, o que exige o uso de níveis laser para assegurar que cada linha de pesca estava instalado perfeitamente de modo vertical. Para conectar a linha de pescano solo e superfícies do teto, pequenos ilhós de aço inoxidável foram aparafusados no teto e no piso de madeira, por cima e por baixo de cada um dos sete lugares das escotilhas. Os fios então se fixa nos lugares dos ilhós do teto, e transmitidos através dos níveis do segundo e terceiro andar, de modo tensionado, e então atados aos ilhós do térreo.

© © Don Frank, Robert Hutchison
© © Don Frank, Robert Hutchison

As instalações oferecem a oportunidade de antecipar e aprender o inesperado. Não se podia antecipar como as características das colunas individuais de fio iriam variar ao longo do dia, as condições climáticas, e o punto de vista do espectador. Conforme as pessoas se movessem ao longo do Netshed, algumas colunas desapareceriam, enquanto outras reapareceriam. Aspectos físicos do edifício, tais como a estrutura de madeira e esquadrias das janelas, se traduziram nas colunas de linha de pesca através da luz.

© © Don Frank, Robert Hutchison
© © Don Frank, Robert Hutchison

"7" foi desmontada depois de 3 meses. O projeto foi um dos quatro projetos que receberam o Prêmio AIA Seattle Honor Award do Washington Arquitecture. Os membros do júri, composto por Patricia Patkau, Nader Tehrani e David Baker, assinalaram o seguinte: "Este ambicioso projeto está localizado em um lugar e tempo específicos, mas ao mesmo tempo, totalmente conceitual. Involucrar a história através da evocação imediata da sua experiência. Extrair duas qualidades naturais do entorno existente - o poste-viga da estrutura e sua maravilhosa qualidade de luz - o trabalho cria uma nova estrutura efêmera que fala a ambos, mas não é. Um grande exemplo da integração da arquitetura com a arte, este projeto ambicioso conceitualmente da vida a história recente que se desvaneceu da arte pública".

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "“7” Instalação na Estação Alderbrook / Sarah Biemiller & Robert Hutchison" [“7” Instalación en la Estación Alderbrook / Sarah Biemiller & Robert Hutchison] 22 Jan 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Helm, Joanna) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/92510/7-instalacao-na-estacao-alderbrook-slash-sarah-biemiller-and-robert-hutchison> ISSN 0719-8906