O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Equador
  5. Gabriel Rivera Arquitectos
  6. 2012
  7. Casa G1 / Gabriel Rivera Arquitectos

Casa G1 / Gabriel Rivera Arquitectos

  • 16:00 - 12 Dezembro, 2012
  • Traduzido por Gica Fernandes
Casa G1 / Gabriel Rivera Arquitectos
Casa G1 /  Gabriel Rivera Arquitectos, © Sebastián Crespo
© Sebastián Crespo

© Sebastián Crespo © Sebastián Crespo © Sebastián Crespo © Sebastián Crespo + 20

© Sebastián Crespo
© Sebastián Crespo

Descrição enviada pela equipe de projeto. Localizada em Guayllabamba, local de clima quente e terras férteis, a Casa G1 é uma composição de arquitetura e natureza. Um abacateiro (com 12 metros de altura) é o "nó central" ou "ponto de partida" que nos auxiliou no momento de implantar o projeto no terreno. Conseqüentemente, é a partir deste "ponto de partida" que emerge a arquitetura.

© Sebastián Crespo
© Sebastián Crespo

O terreno tem forma triangular e área de 5.054 m² e é composto por diversos jardins e árvores frutíferas. Nenhuma árvore foi derrubada. A casa foi implantada de modo a respeitar toda a vegetação existente. O abacateiro se localiza nos fundos e no ponto mais alto do terreno, devido à sua sombra, a vegetação em volta dele  não é abundante. Esta é a principal razão pela qual implantamos a casa neste local e decidimos desenvolver um projeto que homenageia esta magnífica árvore. 

© Sebastián Crespo
© Sebastián Crespo

A casa G1 se caracteriza pela sua "linguagem arquitetônica" bastante clara. Em seu sentido longitudinal, uma circulação que serve de "espinha dorsal", corre ao longo da casa, dividindo-a em duas e separando os "espaços servidos" (quartos, sala de estar, cozinha), dos "espaços de serviço" (banheiros, closets, despensa, sala de máquinas). Em um sentido transversal, um eixo que começa no abacateiro passa pelo hall de entrada e termina no jardim interno, separando as áreas privadas das áreas sociais. 

© Sebastián Crespo
© Sebastián Crespo

Todos os "espaços servidos" se refletem claramente na fachada frontal. Esta fachada se abre e integra o jardim com a casa. Conseqüentemente, a "arquitetura" se abre para o terreno e sua vegetação. Utilizamos uma modulação estrutural de 4,20 m em toda a casa.

© Sebastián Crespo
© Sebastián Crespo

Como resultado, a casa mostra volumes claros que são facilmente compreendidos. A "funcionalidade espacial" da casa pode também ser lida em suas fachadas.

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
Cita: "Casa G1 / Gabriel Rivera Arquitectos" [G1 House / Gabriel Rivera Arquitectos] 12 Dez 2012. ArchDaily Brasil. (Trad. Fernandes, Gica) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/86011/casa-g1-slash-gabriel-rivera-arquitectos> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.