O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Teatro
  4. França
  5. K-architectures
  6. 2012
  7. Teatro Saint-Nazaire / K-architectures

Teatro Saint-Nazaire / K-architectures

Teatro Saint-Nazaire / K-architectures
Teatro Saint-Nazaire / K-architectures, © Luc Boegly
© Luc Boegly

© Patrick Miara © Patrick Miara © Patrick Miara © Luc Boegly + 33

  • Arquitetos

  • Localização

    Saint-Nazaire, França
  • Equipe

    Karine Herman, Jérôme Sigwalt, Olivier Jonchère, Alexandre Plantady
  • Consultores

    Changement à Vue (cenografia), Altia (acústica), Alto (fluids), Khephren (estrutura), Bougon (economista)
  • Orçamento

    16.4 M€ of works, including tax
  • Área

    3,900 m2
  • Ano do projeto

    2012
  • Fotógrafos

    Luc Boegly, Patrick Miara
© Luc Boegly
© Luc Boegly

Descrição enviada pela equipe de projeto. O Teatro chama antenção pelos seus materiais e estilo diferentes do seu entorno imediato. Seu volume mineral monolítico é emprestado de um enorme bunker e seu formato de corte áspero vem emprestado das formas utilitaristas vizinhas. O concreto conferiu um status soberano enquanto material. Ele é liso em algumas partes, esculpido em outras. Aqui e ali, há adornos de padronagens florais impressas, promovendo uma conexão clássica para a estação e para teatros românticos.

© Luc Boegly
© Luc Boegly

Essas impressões, inspiradas por um motivo têxtil de uma seda francesa do séc XVII, foi ajustado a escala do edifício - um simples adorno ornamental  transposto para o relevo do próprio material. Em alguns lugares, esse baixo relevo é tao profundo que transpassa as paredes de concreto, assumindo formas de rosáceas. 

© Luc Boegly
© Luc Boegly

As fachadas de cimento são feitas a partir de dois procedimentos:  lançadas in loco para as partes lisas, e pré-fabricadas para os painéis com as impressões ou perfurados por padrões decorativos. O maior destes painéis, assentado utilizando uma grua,  pesa mais de cinco toneladas. A fachada das padronagens perfuradas deixa brilha uma pequena luz num ambiente amplo e espaçoso, com uma altura de 11,50 m.

© Luc Boegly
© Luc Boegly

O teatro responde os requisitos de um "Palco Nacional" que o eleva a um nível de alto padrão.

© Luc Boegly
© Luc Boegly

O auditório e o palco compõem a estrutura principal. Os outros espaços anexos, (o hall, a sala de ensaios, os camarins e as instalações técnicas) estão dispostas, como se num depósito, ao longo de seus flancos. Seus volumes se destacam com seu revestimento de casca de castanha, ajustado para claramente parecerem pilhas de palets e caixas utilizados pelas indústrias.

© Luc Boegly
© Luc Boegly

Acessos:
O público vai entrar no teatro através das arcadas da antiga estação, assim como do novo estacionamento construído ao norte.

© Patrick Miara
© Patrick Miara

Bilheteria e pavilhões administrativos
Os pavilhões foram restaurados, resguardando marcas de sua história, incluindo cicatrizes de bombardeio no longo período no qual estavam abandonados, quando subiram paredes em suas aberturas. Assim, as aberturas antes muradas, foram parcialmente reabertas. O pavilhão oriental, mais distante do teatro, abriga a administração.

© Luc Boegly
© Luc Boegly

O pavilhão mais a oeste, o antigo buffet da estação, é a sede da bilheteria. Esse espaço é equipado com dez painéis que antigamente adornavam as paredes do show room dos transatlânticos da companhia France (1962-1979). Eles foram removidos quando estes transatlânticos foram convertidos em navios de cruzeiro. Os painéis foram comprados pela cidade de Saint-Nazaire em um leilão na Noruega. O prefeito de Saint-Nazaire então pediu aos arquitetos para encontrar um lugar especial para eles no "seu" futuro teatro.

© Luc Boegly
© Luc Boegly

Hall de Entrada e Foyer
Uma vez passadas as arcadas, o público adentra num pátio interno, e então à esquerda, atravessa o hall de entrada que dá acesso à escada principal que leva ao auditório.

© Patrick Miara
© Patrick Miara

O espaço é projetado como uma entidade neutra, conferindo uma transação fluida entre exterior e interior. Com seu desenho minimalista, se posiciona discretamente entre o teatro e a fachada. Seu terraço, acessível quando o teatro está aberto ao público, se estende como uma passarela para o segundo pavilhão - uma possível conexão futura.

© Luc Boegly
© Luc Boegly

Ele atravessa a Place des Frères Pereire e pode ser usado como moldura para elementos externos de um cenário. Ao se aproximar do auditório, o hall se transforma em um foyer e toma estatura de um monumento, subindo até o limite da estrutura. Escadas funcionais, revestidas com grades perfuradas com um acabamento que remete a dos painéis de France leva aos pavimento superiores e sugere a escala do auditório. Do foyer, o público tem acesso a três níveis do auditório. As galerias aos lados esquerdo e direito levam às cocheiras -  seção de poltronas nas primeiras filas do teatro  - no pavimento térreo e às primeiras poltronas do primeiro andar, com capacidade para 530 assentos. A varanda (com 296 assentos) é acessada pelas galerias do segundo piso.

Corte
Corte

Bar
O bar é aberto para o público nos intervalos e após os shows. Quando o bom tempo permite, pode se estender para a nave. As provisões para trazer um cenário para esta área significa que pequenos apoios aos espetáculos no auditório principal  podem ser performadas aqui. Dispositivos indutivos  foram previstos para as pessoas com deficiência auditiva

© Luc Boegly
© Luc Boegly

Auditório
O projeto invoca cumplicidade entre a expressão crua do palco e o luxuoso mundo do veludo vermelho dos auditórios dos teatros clássicos. A sala tem capacidade para 826 pessoas sentadas. As cocheiras por si acomodam 550, incluindo 110 assentos retráteis que dão lugar ao fosso da orquestra. Uma varanda que se estende em torno do auditório nos dois lados, oferecem outros 350 poltronas extras.

© Luc Boegly
© Luc Boegly

O projeto posiciona assim a platéia no coração do auditório. Experiência tem mostrado que a platéia tem um sentimento maior de fazer parte do espetáculo quando dispostas nesta configuração, e seu foco é mais intenso.

Plantas
Plantas

O auditório é sóbrio e sólido, como se talhado da pedra numa pedreira. Os assentos generosos feitos em tecido grosso são os únicos quesitos de conforto. Esta contrastante justaposição foi pensada para criar uma conexão quase dramatúrgica entre os espectadores e o auditório durante os minutos antes do espetáculo.

© Luc Boegly
© Luc Boegly

Palco e Bastidores
No auditório, a boca de cena de 3 m de profundidade e 16,7 m de largura se estende até o fosso da orquestra que dá espaço para duas fileiras de poltronas extras. Seis poltronas para pessoas com mobilidade reduzida estão espalhados nos três andares, com os dispositivos indutivos para aqueles com alguma deficiência auditiva. Há também três plataformas para os equipamentos de luz, uma caixa de iluminação fexada, e uma possível área para iluminação entre a platéia e as galerias laterais.

Sob chão inteiramente removível, tem um fosso de 3m de profundidade. Estruturas para mover o cenário, maquinário, equipamentos de som e iluminação. Acima, existem três plataformas que servem como armazenamento de equipamentos: os primeiros dez metros de altura, para iluminação, os próximos 13 m para maquinaria e os seguintes 16m para carregar os contrapesos.

© Luc Boegly
© Luc Boegly

Sala de ensaios
A sala de ensaios oferece à artistas o espaço que precisam para qualquer processo criativo. A sala tem enorme flexibilidade: artistas residentes podem preparar seus espetáculos em condições verdadeiras. Ao mesmo tempo, um show pode ser apresentado no auditório principal, garantindo assim a continuidade na programação.

Modelo 3D
Modelo 3D

Os espaços de ensaio e concepção são especialmente projetados para ideias, pesquisas e trabalho criativo. Essa sala também proporciona a construção de cenários para os testes de luz neles, e nos atores. O piso está assentado em um tablado de placas duplas, para ensaios de dança. Os equipamentos de luz estão fixos na plataforma que segue em torno do espaço de enscenações.

© Luc Boegly
© Luc Boegly

Pátio, camarins e foyer dos artistas
O centro de concepção e os camarins estão localizados atrás dos bastidores e espalhados ao redor do pátio privado. Foram projetados vários  camarins confortáveis, todos com conexões de vídeo e som. Próximo a eles, o foyer proporciona aos artistas que estão se apresentando ou que estão em residência um espaço para se alimentar e relaxar.

© Luc Boegly
© Luc Boegly

Instalações técnicas
As instalações técnicas estão dispersas na área de carga e descarga na extremidade norte do terreno e oferece acesso direto aos bastidores, as oficinas e o centro de concepção.

© Patrick Miara
© Patrick Miara

Na área técnica, as paredes são revestidas em madeira resistente, enquanto que nos espaços públicos, a luz e o concreto luminoso se alteram com as padronagens gravadas na parede. A galeria técnica, que é decorada, é o espaço onde os artistas esperam. É aqui também que as infraestruturas de serviço do edifício podem ser acessadas (cabeamento elétrico, tubulações de água da chuva, etc).

Carga e descarga
Todos os tipos de caminhões podem descarregar elementos de cenário e materiais para espetáculos, sem se preocupar com estarem expostos ao tempo e à visibilidade do público. O equipamento é descarregado diretamente do palco para a sala de ensaios, ou na sala de armazenamento do lado oposto.

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
K-architectures
Escritório
Cita: "Teatro Saint-Nazaire / K-architectures" [Saint-Nazaire Theatre / K-architectures] 10 Dez 2012. ArchDaily Brasil. (Trad. Alves, Jorge) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/85505/teatro-saint-nazaire-slash-k-architectures> ISSN 0719-8906