O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Arquitectura Industrial
  4. Espanha
  5. Sáenz De Oiza Arquitectos
  6. 2012
  7. Edificio Multiusos da Central Termosolar Astexol-2 / Sáenz De Oiza Arquitectos

Edificio Multiusos da Central Termosolar Astexol-2 / Sáenz De Oiza Arquitectos

  • 16:00 - 6 Dezembro, 2012
  • Traduzido por Gica Fernandes
Edificio Multiusos da Central Termosolar Astexol-2 / Sáenz De Oiza Arquitectos
Edificio Multiusos da Central Termosolar Astexol-2 / Sáenz De Oiza Arquitectos, © Carlos Arriaga
© Carlos Arriaga

© Carlos Arriaga © Carlos Arriaga © Carlos Arriaga © Carlos Arriaga + 24

  • Arquitetos

  • Localização

    Badajoz, España
  • Equipo de Diseño

    Marisa Sáenz Guerra, Alberto Arroyo Antón , Adrián Romero Uriz
  • Cliente

    elecnor.es
  • Presupuesto

    € 700,000
  • Área

    768.0 m2
  • Ano

    2012
  • Fotografias

Descrição enviada pela equipe de projeto. Se propõe a construção de um edifício multiuso para a Central Termosolar Astexol-2 em Badajoz, com a ideia de dispor de um lugar que domine a usina solar, que ocupa uma área extensa de 200 hectares, e dispor de um programa de escritórios e local de reuniões.

© Carlos Arriaga
© Carlos Arriaga

Em um terreno bastante horizontal e com um clima predominante de sol e calor, se escolhe como lugar de trabalho, o situado no nível do subsolo, que se beneficia da temperatura amena do terreno, com dois pátios-jardins neste nível, e uma construção de mais altura., com vocação de torre, metálica e brilhante, de significado formal abstrato, que será a referência no terreno. Para um maior benefício de contato com o terreno e por geometria de localização da torre para maior perspectiva diagonal da grade de espelhos do Campo, se escolhe a forma triangular na planta do subsolo, que a igualdade de área proporciona maior perímetro.

© Carlos Arriaga
© Carlos Arriaga

A planta do subsolo abriga a maior parte do programa de uso e a torre só será utilizada como podium de vistas, para o que se utiliza unicamente sua cota de solo mais alta permitida, + 6 m, liberando o espaço inferior para dispor de um grande vazio de 9 m de altura no seu interior, na cota - 4 m, que serve como espaço de projeções de grande formato e sala de conferências.

© Carlos Arriaga
© Carlos Arriaga

O edifício, na sua concepção, construção e funcionamento, necessita a mínima quantidade de energia e esta é coberta por energias renováveis, parte se serve da própria gerada na Central Solar e outra por geotermia, mediante cinco poços escavados na mesma planta.

© Carlos Arriaga
© Carlos Arriaga

A construção da planta enterrada se baseia em uma retícula de pilares metálicos que suportam placas pré fabricadas de concreto alveolar, e estrutura perimetral e solo de concreto in situ, com seu lado externo protegido com rezina-barniz transparente. A torre, frente a esta construção massiva, ergue-se como elemento tectônico, de estrutura leve, metálica, e construção de fachada sanduíche com dupla camada de alumínio galvanizado visto por dentro, e com chapa de alumínio natural polido liso, em placas de 150 x 300 cm, com 2mm de espessura, na parte externa.

© Carlos Arriaga
© Carlos Arriaga

Nas coberturas, a torre se completa com uma cobertura invertida e solução com cascalhos, e na planta triangular, com cobertura-jardim com a mesma solução, com exceção do corredor transitável doa cesso.

© Carlos Arriaga
© Carlos Arriaga

A distribuição interna da planta enterrada se soluciona com a divisão de espaço que sobrepõe os pátios e a torre, que no seu arranque a esta cota, aloja a sala de grande altura com espaço principal, sem que sejam necessárias mais divisões que as dos banheiros, executadas com muros pré fabricados de gesso.

© Carlos Arriaga
© Carlos Arriaga

Se mantêm aparente os acabamentos construtivos: pisos de concreto polido vitrificado, paredes com molde ondulado apra melhorar o conforto acústico, também vitrificadas, e tetos de concreto pintado de preto com as instalações aparentes.

Courtesy of Sáenz De Oiza Arquitectos
Courtesy of Sáenz De Oiza Arquitectos

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Sáenz De Oiza Arquitectos
Escritório
Cita: "Edificio Multiusos da Central Termosolar Astexol-2 / Sáenz De Oiza Arquitectos" [Edificio Multiusos Para Central Termosolar Astexol-2 / Sáenz De Oiza Arquitectos] 06 Dez 2012. ArchDaily Brasil. (Trad. Fernandes, Gica) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/84757/edificio-multiusos-da-central-termosolar-astexol-2-slash-saenz-de-oiza-arquitectos> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.