O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Fábrica
  4. China
  5. Original Design Studio
  6. 2011
  7. Inserção Abaixo da Chaminé / Original Design Studio

Inserção Abaixo da Chaminé / Original Design Studio

Inserção Abaixo da Chaminé / Original Design Studio
Inserção Abaixo da Chaminé / Original Design Studio, © Zhang Siye - Wang Yuan - Sun Jialong
© Zhang Siye - Wang Yuan - Sun Jialong

© Zhang Siye - Wang Yuan - Sun Jialong © Zhang Siye - Wang Yuan - Sun Jialong © Zhang Siye - Wang Yuan - Sun Jialong © Zhang Siye - Wang Yuan - Sun Jialong + 26

Descrição enviada pela equipe de projeto. A chaminé da estação de energia de Nanshi, que possui 165 metros de altura e está próxima do Rio Huangpu, tem sido bem conhecida desde que foi transformada em um termômetro enorme na Expo Shanghai 2010. Próximo a ela, a construção da estação principal da fábrica está recém revitalizada como o museu para a nova arte contemporânea de Shanghai, chamada de Power Station of Art. Como resultado, surge uma enorme demanda de estacionamentos.

© Zhang Siye - Wang Yuan - Sun Jialong
© Zhang Siye - Wang Yuan - Sun Jialong

É um grande desafio construir uma garagem ao pé da chaminé, uma vez que o local é muito limitado. Com o volume de 100 × 20 × 9 m, o edifício estende-se ao longo das estradas e abraça a chaminé em um "U", respondendo ao pátio norte do museu. Os suaves acabamentos fundidos em concreto dialogam com o concreto bruto e de estrutura exposta. Assim, demonstrando respeito ao edifício da antiga fábrica. A contínua faixa de 150 milímetros de espessura de acabamento fundido nas dobras das paredes de concreto envolve todos os programas: estacionamento de carros, de bicicletas e rampas nas duas extremidades.

© Zhang Siye - Wang Yuan - Sun Jialong
© Zhang Siye - Wang Yuan - Sun Jialong

Através da longa janela no segundo andar, as copas das árvores ao lado das estradas e ainda o lado oposto do rio Huangpu são apreciados. A plataforma da cobertura com 1000 m² proporciona um espaço vivo para diversas atividades. Seu nível de altura (9m) permite que as pessoas olhem sobre as copas das árvores e vejam as margens do rio. Uma ponte branca é adicionada,  conectando o edifício principal e a chaminé, a fim de satisfazer a futura função de exposição na chaminé. Duas escadas triangulares são penduradas na parede de concreto sem colunas adicionais e pode-se sentir a chaminé mais palpável quando vagando nas escadarias. Uma pequena ponte liga a garagem e a chaminé, criando interação. Quatro claraboias fornecem iluminação natural e melhoram a percepção dos visitantes. Os seixos brancos no segundo andar permitem que a luz permeie sobre o espaço e o padrão escavado na parede de concreto reflete o contorno das escadas de incêndio de escape no edifício principal. Na verdade, desde o início do projeto, os arquitetos decidiram deixar múltiplas possibilidades para a função de segundo andar, que poderia ser o estacionamento de bicicletas, estúdio de arte, ou café, etc.

Planta - 1º Pavimento
Planta - 1º Pavimento

Ver a galeria completa

Localização do Projeto

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Inserção Abaixo da Chaminé / Original Design Studio" [Insertion Below Chimney / Original Design Studio] 11 Dez 2012. ArchDaily Brasil. (Trad. Delaqua, Victor) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/84169/insercao-abaixo-da-chamine-slash-original-design-studio> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.