O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Arquitetura De Uso Misto
  4. Portugal
  5. Correia/Ragazzi Arquitectos
  6. 2008
  7. Reabilitação do Edifício Forrester / Correia/Ragazzi Arquitectos

Reabilitação do Edifício Forrester / Correia/Ragazzi Arquitectos

  • 23:54 - 27 Novembro, 2012
Reabilitação do Edifício Forrester / Correia/Ragazzi Arquitectos
Reabilitação do Edifício Forrester / Correia/Ragazzi Arquitectos, ©  Luis Ferreira Alves
© Luis Ferreira Alves

©  Luis Ferreira Alves ©  Luis Ferreira Alves ©  Luis Ferreira Alves ©  Luis Ferreira Alves + 68

  • Arquitetos

  • Localização

    Rua do Infante D. Henrique, nº 75
  • Arquitectos

    Correia/Ragazzi Arquitectos
  • Equipe de Projeto

    Inês Ruas, João Marques, Nuno Vasconcelos, Rita Breda
  • Promotor

    UCL
  • Área

    1060.0 m2
  • Ano do projeto

    2008
  • Fotografias

©  Luis Ferreira Alves
© Luis Ferreira Alves

Descrição enviada pela equipe de projeto. O Edifício Forrester, provável residência do Barão de Forrester, importante protagonista e acérrimo defensor do vinho do Porto, sofreu algumas intervenções ao longo dos anos.

©  Luis Ferreira Alves
© Luis Ferreira Alves

A sua reabilitação representa um desafio relevante, no centro histórico da cidade do Porto: a recuperação de um edifício do século XIX, num local emblemático como a Praça do Infante, em frente ao Mercado Ferreira Borges.

©  Luis Ferreira Alves
© Luis Ferreira Alves

O programa centra-se na transformação dos pisos superiores do edifício e sua adaptação para receber um piso de escritórios e sete habitações, duas em duplex. O piso de escritórios fará a transição entre o estabelecimento de restauração, no mesmo espaço do antigo Restaurante Comercial, e os pisos destinados à habitação, o que permite a livre utilização do restaurante sem reduzir o conforto das habitações.

©  Luis Ferreira Alves
© Luis Ferreira Alves

O primeiro piso destina-se aos escritórios e faz a transição entre o estabelecimento de restauração e os pisos destinados a habitação, o que permite a livre utilização do restaurante sem reduzir o conforto das habitações. No segundo piso há um único apartamento T3 fortemente caracterizado pela pré-existência singular de um salão com acabamentos decorativos e uma lareira em ferro fundido antiga e original, ambos restaurados e integrados no contexto das soluções adjacentes de traço contemporâneo, mas também pela possibilidade de aceder a um agradável espaço exterior sem alterar a configuração original dos vãos, nem prejudicar de alguma forma a leitura visual do alçado sul; acede-se a uma grande Varanda constituída por uma delicada estrutura metálica e um deck em madeira.

©  Luis Ferreira Alves
© Luis Ferreira Alves

O terceiro e quarto pisos são compostos por dois apartamentos T1; estes apartamentos procuram uma grande optimização espacial e, simultaneamente, tiram partido das duas frentes do edifício. Os últimos pisos são dois T2 duplex. Estes apartamentos, como todos os outros, desfrutam das duas frentes do edifício no primeiro piso do duplex, e aproveitam a frente nascente no último piso. A sua organização espacial confere-lhe um carácter versátil que pretende responder às necessidades do habitar contemporâneo, cada vez mais diversificado.

©  Luis Ferreira Alves
© Luis Ferreira Alves
Corte
Corte

No cimo da cobertura em telha, optámos por redesenhar um lanternim análogo ao lanternim original existente. Nos alçados, a alteração determinante terá sido a escolha das cores. Nesta teve um papel fundamental a atenção dada ao importante painel de azulejos que o edifício tem ao nível do rés-do-chão e que faz uma espécie de moldura ao belíssimo revestimento existente em ferro.

Ao nível dos acabamentos, todos os espaços comuns são tratados condignamente, fazendo referência aos materiais tradicionais utilizados de forma contemporânea: a escada principal e os átrios de acesso às fracções têm apainelados de madeira lacados, vidros serigrafados com alusão ao Barão de Forrester, pormenorização rigorosa e iluminação com luzes indirectas. O seu desenho permite integrar (mascarar) todas as necessidades contemporâneas como são os quadros eléctricos, os contadores ou as caixas de correio.

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Correia/Ragazzi Arquitectos
Escritório
Cita: "Reabilitação do Edifício Forrester / Correia/Ragazzi Arquitectos" 27 Nov 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/83147/reabilitacao-do-edificio-forrester-slash-correia-slash-ragazzi-arquitectos> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.