O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. BHTEC / Arquitetos Associados

BHTEC / Arquitetos Associados

BHTEC / Arquitetos Associados
BHTEC / Arquitetos Associados, © Leonardo Finotti
© Leonardo Finotti

O Projeto para a primeira etapa do Edifício Institucional do Parque Tecnológico de Belo Horizonte – BHTEC – toma como base, principalmente, sua importância para o empreendimento. Tal importância se dá pela necessidade de constituir através deste prédio, um caráter construtivo exemplar para todo o conjunto edificado do parque.

© Leonardo Finotti

Com base nisto, foram estabelecidos os seguintes parâmetros básicos para o projeto:

- A utilização de um projeto arquitetônico concebido a partir de um planejamento global para a toda a área destinada à ocupação dos edifícios institucionais (UTP’s 29, 30 e 31), o que permite um crescimento da edificação em etapas planejado ao longo do tempo, facilitando o escalonamento de prazos e recursos para futuras expansões;

- A definição e caracterização de espaços públicos abertos e integrados à paisagem natural e edificada do parque nos dois acessos ao edifício, reforçando a premissa do Plano Diretor do Parque Tecnológico de potencializar os recursos e situações geográficas e ambientais existentes e criar aberturas visuais amplas nas áreas de permanência prolongada para as áreas de preservação ambiental;

- A criação, através do projeto, de condições que permitam múltiplas possibilidades de ocupação do edifício em função das mais diversas situações que possam vir a acontecer ao longo de sua vida útil, permitindo a um só tempo que ele seja capaz de sofrer alterações internas com o mínimo de transtorno para os seus usuários e sem comprometer sua integridade interna e externa;

© Leonardo Finotti

- A utilização de uma abordagem arquitetônica ambientalmente eficiente, a priorizar estratégias para minimizar o consumo de recursos energéticos e gerar processos construtivos menos impactantes do ponto de vista ambiental;

- A priorização da acessibilidade universal e ambiental em todas as áreas do edifício, a garantir o trânsito livre e uso facilitado por todas as suas dependências a partir de qualquer um de seus dois acessos para as pessoas portadoras de necessidades especiais, de acordo com a ABNT-NBR 9050;

- A priorização de métodos, sistemas e materiais construtivos de ponta, principalmente relacionados à chamada “construção a seco”, de maneira a contribuir para o desenvolvimento tecnológico na construção local, exemplificar as possibilidades de utilização de sistemas inovadores para as futuras construções do parque e garantir processos construtivos mais rápidos, industrializados e limpos dentro dos limites do empreendimento;

Implantação

Além disso, levando em consideração o Plano Diretor do Parque Tecnológico, o projeto também contempla:

- A adoção de materiais e sistemas construtivos que capazes de reduzir custos de manutenção predial no longo prazo e assegurar maior longevidade para a edificação como um todo;

- A adoção dos padrões de DFD (Design for Disassembly), que significa utilização de materiais construtivos com alta capacidade de desmonte e reutilização sem qualquer processo de reciclagem, de forma a reduzir o consumo energético e de água, tanto no processo de construção das edificações como durante seu desmonte;

- A utilização de vedações em sistemas industrializados, sub-modulado de acordo com o sistema estrutural estruturas, de montagem a seco e com materiais que apresentam acabamento final antes da montagem, de modo a otimizar o processo de construção e reduzir a produção de rejeitos;

© Leonardo Finotti

- A criação de uma segunda pele de fachada com elementos vazados em faixas intercaladas com vazios, de forma a criar uma barreira de atenuação da radiação solar nos espaços de trabalho, aumentando seu conforto térmico e reduzindo o seu consumo de energia elétrica através do condicionamento de ar sem comprometer os níveis internos de iluminação natural;

- A adoção de fachadas cegas (sem janelas) nas orientações menos favoráveis, com vedações duplas com colchão de ar interno, capazes de proporcionar amortecimento e retardo da transmissão térmico por radiação solar;

- O planejamento de uma edificação dotada de uma ampla rede de infra-estrutura para abrigar os sistemas prediais, o que o torna capaz de abrigar empresas ligadas à Tecnologia da Informação e Biotecnologia com todas as mais diversas necessidades físicas e equipamentos específicos;

© Leonardo Finotti

- A utilização de sistemas de tratamento sanitário através de uma Estação de Recuperação de Qualidade (ERQ) para garantir o correto manejo dos esgotos laboratoriais provenientes do edifício antes de serem lançados na rede do Parque Tecnológico;

- A criação de espaços físicos, elevador e circulações que facilitem o transporte de cargas e resíduos sólidos nas dependências do edifício ligando todo o edifício à plataforma de carga e descarga, localizada junto ao 1º. Subsolo de garagens.

Corte A-A

 

 

Ficha técnica:

Equipe:

Arquitetura: Alexandre Brasil, André Luiz Prado, Bruno Santa Cecília, Carlos Alberto Maciel - Arquitetos Associados
Colaboração: Arq. Débora Vieira, Arq. Edmar Ferreira, Arq. Michelle Andrade

Informação Complementar:

Projeto executivo estrutura metálica: Ubirajara Alvim Camargos
Detalhamento da estrutura metálica: Eng. Humberto – Pórtico Engenharia
Instalações prediais: Eng. Carlos Alberto Oliveira - Projeta
Prevenção e combate a incêndios: Segurança Engenharia
Ar condicionado: Air Project
Orçamento: Emog
Construção: Haec Congel

Fornecedores
Estrutura metálica: Pórtico Construções Metálicas
Ar condicionado: Tuma Instalações Térmicas
Painéis de fachada: Dânica
Esquadrias: Confiança Ind. e Com. de Esquadrias de Alumínio e Vidro Ltda. (24) 2252-0280
Cobogós: Facital Elementos Vazados (11) 2256-5411
Elevadores: Thyssen Krupp Elevadores
Marmorite: Marmorite e Mosaicos Magela Ltda ( Marmorite Santa Izabel )
Piso elevado: Alberflex- Pisoag (31) 3025.2550 / 9942.9640

Projeto: 2006
Obra: 2008-2012
Fiscalização: DEOP-MG

Cita: Victor Delaqua. "BHTEC / Arquitetos Associados" 19 Out 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/76428/bhtec-arquitetos-associados> ISSN 0719-8906