O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Concursos
  3. 2º Lugar: Centro de Exposições Agropecuárias de Planaltina / Estúdio 41

2º Lugar: Centro de Exposições Agropecuárias de Planaltina / Estúdio 41

2º Lugar: Centro de Exposições Agropecuárias de Planaltina / Estúdio 41
2º Lugar: Centro de Exposições Agropecuárias de Planaltina / Estúdio 41, © Cortesia de Estúdio 41
© Cortesia de Estúdio 41

© Cortesia de Estúdio 41

Encontro da cidade com o campo
Nas cidades do interior do Brasil existem diversos espaços que procuram conectar o universo da vida urbana com o a vida no campo. Um desses lugares é o parque de exposições, local onde ocorrem as feiras agropecuárias.

© Cortesia de Estúdio 41

A peculiaridade da localização de seu Centro de Exposição Agropecuária decorre da posição que ele ocupa nessa fronteira, no limite do perímetro urbano. Em particular, esse lugar não divide a cidade do campo cultivável, e sim o tecido urbano em seu encontro com a natureza do cerrado.  O parque atua como zona de amortecimento entre a cidade e a Área de Preservação Ambiental do Planalto Central, que por sua vez protege a estação Ecológica de Águas Emendadas, um dos espaços naturais mais importantes do Distrito Federal.

Nesse contexto territorial se insere o presente projeto.

© Cortesia de Estúdio 41

Além da inserção na geografia da região, a ideia de espaço que orienta a interpretação do programa de necessidades  do Centro de Exposição Agropecuária de Planaltina está conectada à noção de tempo.

Lugares que abrigam eventos dessa natureza têm uma particularidade: são plenos de vitalidade no momento da festa, quando recebem milhares de pessoas, e correm o risco de se tornarem vazios na maior parte do ano, quando não há atividades previstas.

© Cortesia de Estúdio 41

A presente proposta tenta interpretar a relação entre o ser humano e o uso que ele faz do espaço ao longo do tempo, procurando organizar as edificações de maneira a gerar vazios que têm dupla função cronológica:

  1. 1- abrigar exposições ao ar livre e receber equipamentos de lazer durante as feiras e eventos.
  2. 2- qualificar espaços públicos de lazer, descanso  e contemplação quando estes eventos não estão acontecendo.

Desse entendimento decorre a intenção de projetar um espaço entre pavilhões – uma praça – conectado ao parque e à cidade através da permeabilidade de suas laterais.

© Cortesia de Estúdio 41

Essa praça recebe o fluxo de pessoas que chega a esse lugar na cidade, funcionando como espaço de acesso e distribuição. Seu perímetro organiza os passeios e a visitação das exposições, ao mesmo tempo em que delimita um lugar específico, uma espécie de pátio interior.

Cortes e Fachadas | Mirante

A ideia de que deve haver um “legado” também orienta o projeto dos demais espaços de uso temporário. O local reservado para abrigar shows e parque de diversões é tratado com paisagismo, permitindo sua apropriação pela comunidade para a prática esportiva, por exemplo, quando não estão acontecendo as festividades.

Com o mesmo intuito, a porção do terreno em frente à Avenida Independência, conta com um espaço voltado para o lazer infantil da comunidade do entorno. Nesse espaço de uso público, a água é o elemento essencial, que umidifica o ar seco da região e possibilita as brincadeiras de crianças e jovens.

Ficha técnica:

  • Arquitetos:Estúdio 41
  • Ano: 2012
  • Área construída: 11000 m²
  • Tipo de projeto: Comercial
  • Status:Concurso
  • Materialidade: Concreto e Metal
  • Estrutura: Concreto
  • Localização: Planaltina, Brasil
  • Implantação no terreno: Isolado

Equipe:

  1. Arquitetos: Emerson Vidigal, Eron Costin, Fabio Henrique Faria, João Gabriel Rosa.
  2. Estagiários: Martin Kaufer Goic, Moacir Zancopé Junior.
  3. Consultor: Eng. Ricardo Dias (Estrutura)

Sobre este autor
Jorge Alves
Autor
Cita: Jorge Alves. "2º Lugar: Centro de Exposições Agropecuárias de Planaltina / Estúdio 41" 15 Out 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/75956/2o-lugar-centro-de-exposicoes-agropecuarias-de-planaltina-estudio-41> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.