O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casa em Vale do Lobo / Arqui+

Casa em Vale do Lobo / Arqui+

Casa em Vale do Lobo / Arqui+
Casa em Vale do Lobo / Arqui+, © FG + SG - Fernando Guerra, Sergio Guerra
© FG + SG - Fernando Guerra, Sergio Guerra

© FG + SG – Fernando Guerra, Sergio Guerra

A presente memória descritiva refere-se ao projeto de uma moradia unifamiliar com piscina, localizada no sul de Portugal, mais precisamente no empreendimento turístico de Vale do Lobo.

© FG + SG – Fernando Guerra, Sergio Guerra

Encontramos o acesso ao lote, num Cul-de-sac, por entre outros lotes que confrontam a Norte numa cota mais elevada. O lote abre-se  a Sul e a Poente onde visualizamos um Lago e um dos campo de Golfe.

Empreendimento turístico de grande densidade e com lotes de limites bem marcados, só atenuado pelas manchas verdes dos campos de golfee envolvidapela costa Atlântica, onde a opção de construir as moradias no meio dos lotes é o conceito mais recorrente, transformando assim o espaço exterior  num conjunto de áreas residuais e limitadas no seu uso.

© FG + SG – Fernando Guerra, Sergio Guerra

De maneira a inverter esta situação, propomos uma implantação continua ao longo do limite do perímetro de construção, resultando num pátio-jardim de grande proporção . A forma quadrada resultantes dos volumes construídos é interrompida num dos vértices pela caixa de escadas e em outro vértice pelo vazio, permitindo assim a relação visual do pátio-jardim com a envolvente.

© FG + SG – Fernando Guerra, Sergio Guerra

O limite exterior, a norte e nascente, é bemmarcada por muros verticais com altura de 5 e 6mt que limitam as vistas do exterior ao interior da moradia e do pátio-jardim interior.
O muros verticais marcam um ritmo de luz e sombra, num percurso em rampa até a entrada. O hall de entrada prolonga-se do interior ao exterior num púlpito que recebe a rampa exterior pedonal.

© FG + SG – Fernando Guerra, Sergio Guerra

A concepção formal  da moradia constitui-se por dois volumes em “L” sobrepostos. Um volume com uso interior e outro de uso exterior.

O volume com uso interior é dividido em dois, uma área social de um pisopavilhão e outra privada de dois pisos em aula. O espaço exterior também dividido em dois volumes, tem um terraço longitudinal elevado num lado e no outro lado uma piscina suspensa, que conclui a privacidade do pátio.

© FG + SG – Fernando Guerra, Sergio Guerra

A distribuição do programa faz-se em dois pisos acima da cota de soleira, um abaixo e o uso do terraço de cobertura. O piso -1 composta em três áreas diferenciadas, uma zona ( garagem, arrumos, lavandaria), outra( Homecinema, bar, sala de jogos)e ainda outra (spa, piscina interior). O piso 0 com uma zona de sala de estar, jantar e cozinha e outra zona separada ocupada com quatro suites. No piso 1 localizamos a MasterSuite. Na açoteia encontramos uma pequena piscina, o BBQ e um Solarium.

© FG + SG – Fernando Guerra, Sergio Guerra

Construtivamente, a moradia desenvolve-se do exterior para o interior, numa progressãode capas diferenciadas pelo próprio peso visual dos materiais. Um exterior estereotómicode muros estruturais pintados a branco que marcam bem o contorno na paisagem. Uma volumetria interior tectónica definida pela estrutura ligeira, vãos contínuos em vidro e a continuidade dos materiais que definem percursos, volumes e os seus usos.

© FG + SG – Fernando Guerra, Sergio Guerra

As paredes revestidas em painéis de madeira de nogueira. Pavimentos em pedra nos espaços de circulação e  madeira de nogueiranas zonas de estar.  Terraços exteriores revestidos em deck de maneira a drenagem ser oculta.

© FG + SG – Fernando Guerra, Sergio Guerra

A moradia propõea contemplação e o recorrido visual entre paisagem artificial (sequencias de piscinas e o pátio-jardim),e a paisagem natural existente na envolvente.

Ficha técnica:

  • Arquitetos:Arqui+
  • Ano: 2011
  • Área construída: 600 m²
  • Tipo de projeto: Habitacional
  • Status:Construído
  • Materialidade: Madeira e Vidro
  • Estrutura: Aço e Concreto
  • Localização: Vale do Lobo, Portugal
  • Implantação no terreno: Isolado

Equipe:

  1. Arquitetura: ARQUI+, Arquitetura&Design,Lda 
  2. Arq. Vasco Vieira
  3. Colaboradores: Arq. Marco Sousa
  4. Especialidades: Eng. Albino Martinho
  5. Empreiteiro: Lourenço Construções
  6. Texto: ARQUI+

Cita: Jorge Alves. "Casa em Vale do Lobo / Arqui+" 03 Jul 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/57436/casa-em-vale-do-lobo-arqui-mais> ISSN 0719-8906