O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Concursos
  3. Concurso Renova SP - Grupo 3: Lote 12: Cabuçu de Cima 10 - 1° Lugar / Base 3 Arquitetos

Concurso Renova SP - Grupo 3: Lote 12: Cabuçu de Cima 10 - 1° Lugar / Base 3 Arquitetos

Concurso Renova SP - Grupo 3: Lote 12: Cabuçu de Cima 10 - 1° Lugar / Base 3 Arquitetos
Concurso Renova SP - Grupo 3: Lote 12: Cabuçu de Cima 10 - 1° Lugar / Base 3 Arquitetos, P02 - André Almeida - Vista
P02 - André Almeida - Vista

Vista do parque linear e do conjunto das novas habitações

Realizar um equipamento público com vocação para o lazer e a interação social associada a habitação. A ação urbanística cria um parque linear para articular lugares, promover novos percursos, construir a proteção ambiental dos cursos d´água e das encostas. E ainda propicia o incremento da arborização, da permeabilidade do solo e da capacidade de retenção hídrica.

Vista da nova centralidade

Promover a mobilidade urbana, articulando o parque linear ao sistema viário consolidado por meio da arquitetura:  a predominância da tipologia laminar das novas habitações de interesse social estabelecendo uma trama de circulação de pedestres novas pontes e buscar a continuidade com ruas adjacentes ao parque, em suas diversas cotas de nível.

Corte Geral 1

A readequação das favelas não localizadas no perímetro do parque ocorre com a reconstituição do sistema de circulação, integrando-o ao existente: mais espaços livres e mobilidade urbana, dentro dos parâmetros de remoção estabelecidos pelo Poder Municipal.

Corte Geral 2

 COSTURA URBANA

Integração  das dimensões urbanas existentes: arquitetura, cidade e paisagem + mobilidade urbana.

Nova centralidade do bairro

PASSEIOS + ADENSAMENTO

Integração dos sistemas de Áreas de Proteção Permanente + desocupação das encostas + incremento da permeabilidade + adensamento nas planícies.

Geração da continuidade das áreas verdes

 DESENHO DA CASA

Readequação

O quintal como extensão da casa; como um programa doméstico: o varal, o quaradouro, a horta, o banco ocupam o vazio e inibem novas invasões = VALOR DA VIDA COTIDIANA.

Novas unidades

Provisão 01: Niccolo Pietro

Unidades habitacionais: 304 Unidades comerciais: 05

O PROJETO DA QUADRA

Projeto concebido como uma quadra com espaços livres no seu interior, de caráter público e acessível também pela rua projetada. Os edifícios laminares configuram a transposição da quadra e dos blocos associados ao de maior porte, garantem a escala acolhedora dos espaços livres mais próximos às moradias.

Provisão 01 - Niccolo Pietro: Vista do Bairro

Provisão 02: André de Almeida

Unidades habitacionais: 558 Unidades comerciais: 35

O PROJETO DA RUA

A via central de pedestres articula uma sucessão de usos e espaços livres ; de um lado o abrigo de atividades para o bairro – páteo para ferias-livres; escola pública, e galeria para pequeno comércio e serviços; de outro, os usos dos moradores – lazer e convívio.

O bloco linear, de uso misto, dialoga com a rua retilínea e a sinuosidade do talude lateral do terreno. A sucessão de blocos prismáticos marca um ritmo regular entre as habitações  e os espaços livres de uso dos moradores.

Provisão 02: André Almeida - Vista geral do bairro

Provisão 03: Antonio Sampaio

Unidades habitacionais: 143 Unidades comerciais: 11

O PROJETO DO PASSEIO

O  desenho do passeio público define um piso divisor entre as habitações  e a rua, onde estão dispostos os usos de caráter coletivo, integrados por uma galeria. A verticalização dos blocos habitacionais aproveita o declive acentuado adensando a ocupação. O espaço da circulação alargada junto aos apartamentos é uma extensão  da casa e recupera o hábito da cadeira na calçada.

Provisão 03: Antonio Sampaio - Vista do bairro

 

 

 

Ficha técnica:

Equipe:

  1.                 Arquitetos:
  2.                 Catherine Otondo – Base 3 Arquitetos
  3.                 Jorge Pessoa – Base 3 Arquitetos
  4.                 José Paulo Gouvêa
  5.                 Luis Antonio Jorge
  6.                 Marina Grinover – Base 3 Arquitetos
  7.                 Colaboradores:
  8.                Julie Trickett
  9.                Paula Saad
  10.                Rebeca Grinspum
  11.                Regis Sugaya
  12.                André Nogueira
  13.                Bhakta Krpa
  14.                Cadu Marino
  15.                Fernando Tulio Melo
  16.                Luis Imenez
  17.                Thais Marcussi

Informação Complementar:

  1.                  Drenagem: Geasanevita
  2.                 Geotécnico: Geobrax
  3.                 Estrutura: Oyamada Associados
  4.                 Paisagismo: Oscar Bressane
  5.                 Orçamentos: Nova Engenharia

Cita: Joanna Helm. "Concurso Renova SP - Grupo 3: Lote 12: Cabuçu de Cima 10 - 1° Lugar / Base 3 Arquitetos" 08 Out 2011. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/2771/concurso-renova-sp-grupo-3-lote-12-cabucu-de-cima-10-1-graus-lugar-base-3-arquitetos> ISSN 0719-8906