O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Chile
  5. Nicolas Aranguiz
  6. 2011
  7. Casa Puente / Nicolas Aranguiz

Casa Puente / Nicolas Aranguiz

  • 20:00 - 5 Abril, 2014
Casa Puente / Nicolas Aranguiz
Casa Puente / Nicolas Aranguiz, © Mariano Botas
© Mariano Botas

© Mariano Botas © Mariano Botas © Mariano Botas © Mariano Botas + 20

  • Arquitetos

  • Localização

    Puerto Varas, Chile
  • Área

    224.0 m2
  • Ano

    2011
  • Fotografia

    Mariano Botas
Croquis
Croquis

Esta casa se localiza na zona rural de Puerto Varas, sul do Chile, em um terreno de 50 x 100 metros cercado por um bosque nativo e atravessado por um riacho.

Um dos objetivos principais foi encontrar a forma de implantar a casa no bosque, respeitando e incorporando o riacho como um elemento natural destacado dentro da paisagem.

© Mariano Botas
© Mariano Botas

De acordo com a topografia do terreno, buscou-se uma maneira de conectar as duas margens do riacho, que têm uma diferença de 2.5 metros de altura, através de dois volumes (duros, de concreto) unidos por um bloco (transparente, leve, permeável) em forma de ponte.

Dessa forma respeitaríamos o leito do riacho e o bosque conservaria sua continuidade. Outro desafio importante foi alcançar o isolamento e luminosidade necessários dentro de uma área que está contida pelo bosque e sua sombra. O volume principal se coloca transversalmente em relação ao percurso do sol.

© Mariano Botas
© Mariano Botas

Para alcançar este objetivo, o elemento de ligação entre os dois blocos que abrigam o programa público é formado por uma estrutura iluminada e permeável, permitindo a entrada de luz durante o dia todo e insolação direta ao amanhecer, parte da manhã e entardecer.

O programa mais privado se integra em um volume perpendicular sobre o principal em sentido leste-oeste, recebendo portanto a maior quantidade de luz durante o dia. Para obter e garantir luz direta sobre o espaço público perfurou-se a cobertura e projetou-se uma claraboia que permite aproveitar a maior quantidade de luz e calor direto do sol. O principal desafio de projeto foi conseguir uma estrutura de ponte de 12 metros de vão entre apoios sobre o riacho a um baixo custo que abrigasse um programa público, amplo, aberto e contínuo.

© Mariano Botas
© Mariano Botas

Foi construída uma série de armações com seus encaixes e sistema construtivo à vista, criando um jogo na fachada e no interior da casa. O resultado deste espaço é um ambiente acolhedor e iluminado onde o usuário pode estar inserido no bosque. A estrutura secundária, necessária para enrijecer a estrutura em caixa deste volume, foi projetada como a principal, com base em reforços e paredes expostas que marcam sutilmente os usos distintos exigidos pelo programa, sem cortar as relações visuais.

© Mariano Botas
© Mariano Botas

Outra exigência de programa foi um percurso linear entre os dois acessos da casa, um que recebe a chegada a partir da rua, como acesso principal, e outro que conecta as residências familiares vizinhas, de modo que a ponte tenha uma função específica em termos funcionais.

Aspectos técnicos: os três materiais principais utilizados foram concreto armado, vigas e peris de aço e madeira reciclada de Laurel.

Corte
Corte

Os blocos que sustentam o volume principal são de concreto armado, têm uma base de 5.50 x 5.50 m. O do norte contem o acesso principal pelo térreo e alcança o nível – 2.80 de base, define externamente o fechamento da ponte e alcança o nível +2.40 m. O outro extremo suporta e fecha o volume principal de -0.40 a +2.90 m. O volume principal mede 22.00 m de comprimento e 5.50 m de largura por uma altura de 2.80 m. A ponte é sustentada por três vigas IN de 12 m de comprimento ancoradas aos blocos de concreto.

© Mariano Botas
© Mariano Botas

Para este projeto foram utilizados apenas materiais sustentáveis, a madeira usada tanto na estrutura externa à vista quanto na estrutura e nos forros foi recolhida de uma casa em demolição. Foi necessário projetar cada encaixe para garantir sua integridade estrutural, fixação e impermeabilidade. O processo de elaboração de cada uma delas foi artesanal, uma a uma.

© Mariano Botas
© Mariano Botas

A estrutura interna é montada da seguinte maneira: no sentido oposto às vigas principais IN foram instaladas vigas de aço tubulares de 250 x 100 x 4 mm. As extremidades destas vigas se apoiam em ambos os lados em pilares duplos de Laurel de 5”x10” x 3.00 m de altura, que na parte mais alta sustentam vigas de Laurel de 6” x 10” x 6.90 m. Esta estrutura define a base da espacialidade do volume principal. Foi necessário projetar a modulação do espaço tomando como ponto de partida as dimensões das vigas recicladas existentes.

Plantas
Plantas

Tanto as vigas de piso de aço quanto as de cobertura de laurel passam do interior ao exterior por uma série de encaixes impermeáveis, já que os pilares duplos e principais da fachada são externos. A linha interna é deslocada a cerca de 60 cm dos pilares duplos. A linha de janelas é definida por uma base modulada por um pilar secundário da mesma madeira que conforma as armações que sustentam as janelas. Em geral os revestimentos internos e o piso são também de laurel reciclado, em dimensões distintas.

Ver a galeria completa

Cita: "Casa Puente / Nicolas Aranguiz" [Casa Puente / Nicolas Aranguiz] 05 Abr 2014. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/187075/casa-puente-nicolas-aranguiz> ISSN 0719-8906