Editora Schwäbisch Media / Wiel Arets Architects

Editora Schwäbisch Media / Wiel Arets Architects

© Jan Bitter© Jan Bitter© Jan Bitter© Jan Bitter+ 17

  • Consultorias:ABT, Eicher + Pauli, Winter·lngenieure
  • Cliente:Schwäbischer Verlag GmbH & Co. KG
  • País:Alemanha
Mais informaçõesMenos informações
© Jan Bitter
© Jan Bitter

Este novo edifício é a sede de escritórios para Schwäbisch Media (Swabian Media), uma editora ativa em várias facetas de mídias, das tradicionais às mais novas. Seis volumes cúbicos envidraçados definem e compõem o projeto, com suas proporções e dimensões baseadas nas casas enxaimel tradicionais do entorno da cidade de Ravensburg. Estas seis áreas de trabalho parecem ter sido empilhadas sobre o primeiro pavimento, este que age como uma base de vidro onde estão os acessos a cada um deles, criando uma nova tipologia urbana do centro desta cidade medieval. Como as atividades da empresa estavam dispersas na região de Swabia, com esse edifício foi possível agrupar todos os 350 funcionários sob o mesmo teto.

© Jan Bitter
© Jan Bitter

No perímetro do projeto está uma cerca de vidro serigrafado que varia de altura de 1 a 4,5 metros de altura. A membrana semi-transparente confere segurança adicional e destaca a grande entrada, com o portão de 8 metros de comprimento. Emprestando uma identidade singular aos volumes de vidro, essa cerca também permite as seis áreas de trabalho individuais sejam distinguidas individualmente. Portanto, essa nova sede pode ser percebida tanto como uma série de edifícios individuais, compartilhando revestimentos em comum, como também uma intervenção de um único ambiente urbano contínuo que entrelaça de maneira contínua o interior e o exterior.

© Jan Bitter
© Jan Bitter

Os espaços de trabalho variam em altura do pé direito, e estão conectados através de uma série de terraços externos que servem de atalhos, mas também como áreas de estar e de comunicação entre os departamentos de mídia. Esses terraços externos ativam o edifício encorajando a comunicação entre os funcionários do edifício, equilibrando com os espaços de escritório internos. A natureza híbrida do espaço de trabalho interno livre de pilares e os pisos elevados que permitem confinar as instalações técnicas e cabos, permitem o edifício permanecer flexível e adaptável para os usos futuros. As 5 colunas de circulação, estacionamento e a maioria das coberturas foram criadas utilizando concreto aparente, em alguns locais revestida por painéis acústicos de alumínio.

Corte
Corte

Os interiores são aquecidos através de energia geotérmica, e elementos de proteção solar controlados por computador filtram a incidência solar e as vistas externas para os seis volumes de vidro. Dependendo da hora do dia, do ano e da exposição solar, um software determina que porções do sistema de sombreamento devem ser reduzidos. Os empregados podem modificar manualmente modificar esses sombreamentos, expandindo o caráter do edifício à sensibilidade humana. A serigrafia impressa na cerca de vidro e pavimento térreo, que reproduzem a imagem de cortinas balançando ao vento, conferem uma proteção solar adicional, enquanto garantem a privacidade dos funcionários no nível da rua.

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Editora Schwäbisch Media / Wiel Arets Architects" [Schwäbisch Media / Wiel Arets Architects] 14 Fev 2014. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/01-177047/editora-schwabisch-media-slash-wiel-arets-architects> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.