O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Hotel
  4. Quênia
  5. Urko Sanchez Architects
  6. 2009
  7. Casa Red Pepper / Urko Sanchez Architects

Casa Red Pepper / Urko Sanchez Architects

  • 15:00 - 27 Janeiro, 2014
  • Traduzido por Naiane Marcon
Casa Red Pepper / Urko Sanchez Architects
Casa Red Pepper / Urko Sanchez Architects, © Alberto Heras
© Alberto Heras

© Stevie Mann Cortesia de Urko Sanchez Architects Cortesia de Urko Sanchez Architects Cortesia de Urko Sanchez Architects + 36

© Alberto Heras
© Alberto Heras

Brief

O cliente, Fernando Torres, queria uma residência privada que compartilhasse uma conexão com Lambu mas que fosse isolada da cidade em si. Ele tinha uma paixão por arquitetura e ao mesmo tempo gostava de estar em contato com a natureza. Combinando estes dois atributos, surgiu uma oportunidade de criar uma forma de arquitetura orgânica que tivesse um equilíbrio entre artesanato tradicional e requisitos modernos. O cliente teve um grande respeito pelo ambiente e quis que o processo de projeto preservasse a floresta o máximo possível. Da mesma forma, o processo construtivo e eventualmente o funcionamento do edifício deveriam compartilhar o mesmo atributo.

Planta térreo
Planta térreo

Há necessidades muito específicas do cliente.

- A casa deveria ser projetada em áreas que pudessem ser ocupadas por toda a família ou reduzidas a uma quando ele estivesse sozinho.

- Fernando queria um acre do terreno isolado para seu amigo, Rafa, onde uma residência privada eventualmente seria projetada também para ele.

Cortesia de Urko Sanchez Architects
Cortesia de Urko Sanchez Architects

- Fernando também tinha um problema no joelho, o que significou que a casa deveria ser projetada em uma pavimento.

- Ele é um grande colaborador do Anidan Children’s Shelter que fica não muito longe do terreno e quis ter uma relação próxima com o orfanato. Eventualmente Fernando gostaria de se beneficiar de um projeto onde partes da casa pudessem ser alugadas, mas ainda manter uma barreira de privacidade entre ele e os ocupantes.

Essas circunstâncias fizeram necessário consultar o catálogo tradicional Swahili de soluções para atender demandas muito específicas.

Cortesia de Urko Sanchez Architects
Cortesia de Urko Sanchez Architects

Localização

Localizado na ilha de Lamu em direção ao limite norte da cidade, o terreno está imerso em vegetação e delimitado pela praia ao sul. A floresta, que consiste principalmente de mangue, fornece poucos espaços abertos e abriga uma abundância de pássaros. Estas características naturais possibilitaram o desenvolvimento de um edifício cujo projeto cria um diálogo harmonioso com o entorno. Sem ser completamente isolado da população local, sua localização proporciona um espaço onde a privacidade é guardada pela natureza que o cerca.

© Stevie Mann
© Stevie Mann

Desafio e resposta

O desafio é responder a exigências muito específicas não necessariamente relacionadas à tradição local e fazê-lo utilizando os sistemas de construção, mão de obra e noção de espaço locais, olhando para o futuro com um pé no passado.

Adquirindo conhecimento da construção local de Lamu, o projeto foi abordado de uma forma semelhante, e com muito respeito em relação ao ambiente.

A casa deve ser integrada à história e natureza da ilha compondo um diálogo de arquitetura orgânica.

© Stevie Mann
© Stevie Mann

Distribuição espacial

A ideia é respeitar todas as grandes árvores do local e aproveitá-las para criar uma disposição de áreas abertas/fechadas e iluminadas/sombreadas. A pegada da casa é resultado de construir apenas em áreas não ocupadas por árvores. Esta pegada corresponde à área coberta pela estrutura do telhado sem paredes, os únicos espaços fechados são os dormitórios que estão conectados sob a cobertura contínua.

Cortesia de Urko Sanchez Architects
Cortesia de Urko Sanchez Architects

Linguagem arquitetônica

A arquitetura incorpora níveis diferentes de fechamento que criam um transição entre interior e exterior.

Chegando à casa de Lamu, encontramos pequenas casas de alvenaria em pedra na praia criando um padrão urbano disperso. Esta disposição e material são usados para a definição dos dormitórios, os únicos espaços da casa totalmente fechados, proporcionando uma sensação de segurança e intimidade.

Cortesia de Urko Sanchez Architects
Cortesia de Urko Sanchez Architects

Na arquitetura Swahilli o telhado makuti é usado como uma estrutura sobre o telhado da casa ou separado como uma construção temporária. Aqui foi ampliado para cobrir a disposição dispersa dos ambientes sob um único espaço protegido do sol e da chuva. Em seus espaços externos é possível compartilhar um conexão próxima com a natureza.

A relação entre os elementos tradicionais foi alterada para atender os pedidos do cliente.

Cortesia de Urko Sanchez Architects
Cortesia de Urko Sanchez Architects

Meio ambiente

Todo o design e processo construtivo foi pensado para ser tão ecológico quanto possível. A pegada usando o vazio dos espaços abertos evita o corte dos manguezais.

O uso de trabalho puramente manual e materiais locais como madeira e pedra garantiu que o projeto tivesse impacto mínimo sobre o meio ambiente com uma pegada de carbono muito baixa. Os artesãos locais primorosamente concluíram a obra tradicional.

© Stevie Mann
© Stevie Mann

Para explorar o clima ensolarado de Lamu, o projeto abriga dois dispositivos diferentes de coleta de energia solar. Aquecedores solares de água absorvem a luz e usam a energia para aquecer água. A vantagem destes aquecedores é ter água quente disponível ao longo do dia sem afetar negativamente o ambiente. Parece correto que a mesma ideia seja incorporada na geração de energia, e assim o projeto também utiliza células fotovoltaicas para fornecer eletricidade para a casa.

Cortesia de Urko Sanchez Architects
Cortesia de Urko Sanchez Architects

Como o processo construtivo, o uso de energia solar garante que o funcionamento do edifício também mantenha uma pegada de carbono muito baixa e impacto ambiental mínimo.

A casa acomoda uma torre de água que usa a gravidade para enviar água para as torneiras e chuveiros que exclui a necessidade de uma bomba de pressão.

© Alberto Heras
© Alberto Heras

Controle de temperatura

Lamu pode ser muito quente tanto durante o dia quanto à noite.

São utilizados meios passivos de ventilação.

Ventilação cruzada através de janelas ou grandes espaços abertos no barlavento e sotavento do edifício permite o fluxo de ar através do espaço. Isto resfria o espaço naturalmente. Ventos passando sobre o mar irão trazer uma brisa fresca para dentro da casa e a ausência do uso de energia neste processo torna o edifício muito sustentável.

Cortesia de Urko Sanchez Architects
Cortesia de Urko Sanchez Architects

Os materiais utilizados participam do processo de manter o edifício fresco. O telhado makuti tradicional proporciona uma barreira contra o sol e é também um bom isolante térmico. As pedras usadas para a construção têm a mesma característica na manutenção da temperatura dos espaços.

Corte longitudinal, Elevação
Corte longitudinal, Elevação

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
Cita: "Casa Red Pepper / Urko Sanchez Architects" [Red Pepper House / Urko Sanchez Architects] 27 Jan 2014. ArchDaily Brasil. (Trad. Marcon, Naiane) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/171018/casa-red-pepper-slash-urko-sanchez-architects> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.