O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Hospital
  4. Espanha
  5. IDOM
  6. 2012
  7. Edifício de Serviços Gerais do Hospital de Cruces / ACXT

Edifício de Serviços Gerais do Hospital de Cruces / ACXT

Edifício de Serviços Gerais do Hospital de Cruces / ACXT
Edifício de Serviços Gerais do Hospital de Cruces / ACXT, © Aitor Ortiz
© Aitor Ortiz

© Aitor Ortiz © Aitor Ortiz © Aitor Ortiz © Aitor Ortiz + 49

  • Arquitetos

  • Localização

    Cruces, 48903 Barakaldo, Biscaia, Espanha
  • Arquitetos do Projeto

    Gonzalo Carro & Javier Pérez Uribarri
  • Equipe de Projeto

    Carlos Miguel Guimaraes, Ion Zubiaurre Ros, Marc Oliver Rips, Beatriz Pagoaga Txurruka
  • Área

    9963.0 m2
  • Ano do Projeto

    2012
  • Fotografias

  • Programa de Controle de Qualidade

    Fco. Javier Ruiz de Prada, Ziortza Bardeci, Gabriel Bustillo Churruca, Agurtzane Insa Sáenz, Maria Bardal Sánchez
  • Estúdio / Saúde e Plano de Segurança, ESS, PSS

    SPRIL
  • Estruturas

    INEK ingeniería
  • Instalações Eléctricas e Telecomunicações

    Alvaro Gutierrez-Cabello Arce, Oscar Malo Jesus, Ibai Ormaza
  • Engenheiros de Instalações mecânicas

    Álvaro Gutierrez, Lorena Muñoz García, Jorge Díaz Alonso
  • Engenheiros de Instalações Sanitárias

    Álvaro Gutierrez, Begoña Sánchez Rojo
  • Infográfico (3D)

    Roberto Fernández de Gamboa
  • Cliente

    Osakidetza / Servicio Vasco de Salud
  • Mais informações Menos informações
Edifício de Serviços Gerais do Hospital de Cruces / ACXT, © Aitor Ortiz
© Aitor Ortiz

Descrição enviada pela equipe de projeto. O edifício de Serviços Gerais procura agrupar os laboratórios do Hospital de Cruces, maior hospital do País Basco. Nele estão as áreas de hematologia, laboratório de robótica, imunologia, microbiologia, anatomia patológica, genética e pesquisa, e outros serviços, como o necrotério e as áreas de extrações.

Implantação
Implantação

O edifício foi construído no último terreno disponível no centro, ligado a um edifício existente e fazendo a separação entre o Hospital e o bairro residencial Milagrosa. O lote de proporção alongada - 84 metros de comprimento e 15 metros de largura em uma extremidade e 26 metros de largura na extremidade oposta - supera um desnível de mais de 13 metros.

© Aitor Ortiz
© Aitor Ortiz

Uma das condições iniciais exigidas pelo cliente era de que o prédio atendesse a edificabilidade máxima estabelecida na legislação. Como resultado, o volume do edifício teve que aderir aos alinhamentos estabelecidos no plano geral de desenvolvimento urbano.

© Aitor Ortiz
© Aitor Ortiz

Devido à sua localização ao longo da estrada que funciona num ponto mais baixo, o edifício tem uma posição predominante e adquire um papel forte no entorno. Através das principais fachadas norte e sul, predominantemente brancas e de natureza abstrata, busca-se evocar a imagem de um mapa de proteínas como reflexo das atividades do edifício.

© Aitor Ortiz
© Aitor Ortiz

A fachada oeste, de frente para uma avenida que é fonte de grandes emissões de ruído, foi concebida com um caráter mais fechado e hermético. No extremo oposto do edifício uma faixa é liberada em forma de "L" nas fachadas leste e norte, através de uma pele de vidro transparente em todo o térreo que indica a área de acesso público para extrações e análises clínicas. O conjunto emana a imagem de um recipiente tecnologicamente avançado e asséptico.

© Aitor Ortiz
© Aitor Ortiz

O prédio não apenas serve ao hospital de Cruces, mas também a outros hospitais no entorno, de modo que as conexões com o exterior, tanto para pedestres e quanto para veículos, são vitais. O edifício tem quatro acessos diretos a partir da rua em diferentes níveis, graças à inclinação acentuada do local, bem como outras ligações com o anexo.

Corte 2
Corte 2

O programa é distribuído em sete andares, incluindo dois pavimentos destinados ao estacionamento. No pavimento térreo, a continuação de um núcleo de comunicação de passarelas para pedestres, chamado "humanoducto", conecta a circulação interna de pessoas com o resto dos edifícios hospitalares.

Planta 3º Pavimento
Planta 3º Pavimento

As plantas foram projetadas do modo mais translúcido possível, com grandes vãos entre pilares que permitem futuras mudanças com grande flexibilidade. O layout é configurado através de um eixo central em forma de espinha de peixa, incluindo as comunicações, tanto vertical como horizontal, e os pequenos pátios. Estes últimos têm pleno acesso a todos os andares e foram dimensionados com amplo espaço de sobra. A configuração em espinha de peixe reduz o percurso das pessoas fora das áreas comuns e faz com que os trajetos entre as instalações sejam mais curtos e, portanto, tornam possíveis mudanças no programa mais simples de serem feitas.

© Aitor Ortiz
© Aitor Ortiz

As alturas entre lajes foram condicionadas pelos pavimentos do edifício anexo, uma vez que foram necessárias várias conexões entre ambos. A fim de não obstruir os forros e oferecer possibilidades de ampliação e reforma das instalações existentes, foi projetado um sistema de acionamento do ar com indutores que minimizaram o tamanho dos dutos.

© Aitor Ortiz
© Aitor Ortiz

As mudanças no programa do centro para acomodar as necessidades funcionais das diferentes áreas são habituais, por isso, já que o equipamento pode precisar de laboratórios bastante pesados, todas as lajes foram projetadas com uma sobrecarga admissível de 1.000kg/m², a fim de facilitar a mudança do uso por planta.

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Edifício de Serviços Gerais do Hospital de Cruces / ACXT" [Edificio de Servicios Generales del Hospital de Cruces / ACXT] 22 Jan 2014. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/169537/edificio-de-servicos-gerais-do-hospital-de-cruces-slash-acxt> ISSN 0719-8906