O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Itália
  5. EXiT architetti associati
  6. 2011
  7. Renovação de um Sítio / EXiT architetti associati

Remodelaçao

Apresentado por the MINI Clubman

Renovação de um Sítio / EXiT architetti associati

  • 22:00 - 4 Janeiro, 2014
  • Traduzido por Maria Julia Martins
Renovação de um Sítio / EXiT architetti associati
Renovação de um Sítio / EXiT architetti associati, © Silvia Longhi
© Silvia Longhi

© Silvia Longhi © Silvia Longhi © Silvia Longhi © Silvia Longhi + 35

  • Arquitetos

  • Localização

  • Equipe

    Francesco Loschi (Coordenador de Projeto), Giuseppe Pagano, Paolo Panetto
  • Projeto Estrutural

    Alberto Soligo
  • Planta Técnica

    Mauro Benozzi
  • Área

    1200.0 m2
  • Ano do projeto

    2011
  • Fotografias

Descrição enviada pela equipe de projeto. Uma grande casa rural localizada em Treviso, usada principalmente como fazenda, teve que ser restaurada e transformada em uma casa para uma família. O primeiro passo foi remover os anexos e todos os elementos que foram adicionados ao longo dos anos à estrutura original e as divisões internas que escondiam as dimensões originais. Os espaços interiores foram reorganizados seguindo uma nova hierarquia baseada nos valores espaciais pré-existentes do plano de construção que nunca tinha sido explorado devido ao uso descontínuo e fragmentado de espaços e depósitos.


Corte
Corte

A casa, cuja parte principal remonta aos primeiros anos do século 19, foi revelada e interpretada através de uma linguagem arquitetônica sóbria e minimalista. A forma de arco original foi sublinhada por uma estrutura de ferro pintada, o mesmo elemento foi escolhido para o quadro estrutural interno para que ele combinasse perfeitamente com o gesso e as superfícies de madeira. A cor escolhida para o revestimento exterior - quase semelhante à cor do solo de argila existente - combina com o mármore travertino que cobre o piso térreo.

© Silvia Longhi
© Silvia Longhi

O piso térreo foi projetado para ganhar espaços amplos que oferecem uma definição mais clara do ambiente. Tudo é organizado e bem conectado a uma "coluna vertebral" que atravessa a casa ao longo da parede norte, de modo a tornar o movimento a partir de um espaço para outro mais intuitivo e mais controlável. Espaços interiores expandem-se para o exterior através de janelas de vidro largas, facilitando a continuidade da seqüência da subdivisão interior com o piso exterior feito de concreto pigmentado.


© Silvia Longhi
© Silvia Longhi

A lareira original chamada "alla vallesana" (típica da região) foi renovada, embora apenas alguns dos elementos originais permaneceram. No andar de cima são os dormitórios. Especialmente no sótão, caracterizado por espaços amplos, foi decidido evitar subdivisões excessivas, a fim de enfatizar as características espaciais peculiares, reforçadas pela presença das enormes vigas de madeira. Na parte central da casa, que originalmente hospedava o estábulo, um novo amplo salão com um mezanino o substituiu.


© Silvia Longhi
© Silvia Longhi

Toda a casa é energeticamente auto-suficiente, graças a uma planta fotovoltaica de 70Kwh. A alta potência da usina é justificada pela necessidade de produzir energia, aquecimento e arrefecimento para a construção com a possibilidade de expandí-la para outras partes que ainda não foram restauradas. A usina de energia fotovoltaica é totalmente integrada ao telhado e estende-se também a um abrigo de estacionamento que foi parcialmente afundado no solo.


© Silvia Longhi
© Silvia Longhi

A casa possui um sistema inovador HAVC com bomba de aquecimento, que garante alta potência com baixos consumos energéticos se referenciada às dimensões do edifício e seus espaços interiores. Todo o consumo da casa é do tipo elétrico e toda a exigência energética é coberta pela usina fotovoltaica para que a casa possa ser considerada como "emissão zero".

Texto enviado por EXiT architetti associati.

© Silvia Longhi
© Silvia Longhi

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
EXiT architetti associati
Escritório
Cita: "Renovação de um Sítio / EXiT architetti associati" [Renovation of a Farmhouse / EXiT architetti associati] 04 Jan 2014. ArchDaily Brasil. (Trad. Martins, Maria Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/164996/renovacao-de-um-sitio-slash-exit-architetti-associati> ISSN 0719-8906