O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Jardim De Infância
  4. Espanha
  5. Estudio Urgari
  6. 2013
  7. Novo edifício de educação infantil e creche em Zaldibar / Hiribarren-Gonzalez + Estudio Urgari

Novo edifício de educação infantil e creche em Zaldibar / Hiribarren-Gonzalez + Estudio Urgari

  • 14:00 - 29 Dezembro, 2013
  • Traduzido por Naiane Marcon
Novo edifício de educação infantil e creche em Zaldibar / Hiribarren-Gonzalez + Estudio Urgari
Novo edifício de educação infantil e creche em  Zaldibar / Hiribarren-Gonzalez  + Estudio Urgari, Cortesia de Egoin
Cortesia de Egoin

Cortesia de Egoin Cortesia de Egoin Cortesia de Egoin Cortesia de Egoin + 29

  • Arquitetos

  • Localização

    Calle Autonomía, 48250 Zaldibar, Biscay, Espanha
  • Arquitetos responsáveis

    Tony Hiribarren y María del Mar González Dueñas
  • Equipe de projeto

    HIRIBARREN-GONZALEZ (Tony Hiribarren y María del Mar González Dueñas arquitectos) URGARI (Patxi Gastaminza e Itziar Modrego arquitectos)
  • Área

    663,0 m²
  • Ano

    2013
  • Engenheiros

    URGARI (Susana Martínez Pérez (engenharia de instalações), Jesús Etxeberria (engenheiro estrutural), Arantxa Agirre Apezetxea (arquiteta técnica)
  • Montador

    Andres Fernández
  • Superfície útil

    520,65 m² (178,55 m² + 342,10 m²)
  • Superficie forjada

    526,90 m²
  • Custo

    844.628,01 € sin IVA, 1.021.999,89 € TTC (IVA 21%)
  • Empresa

    Egoin
  • Mais informações Menos informações

Descrição enviada pela equipe de projeto. O projeto do novo edifício de educação infantil e creche foi concebido a partir da atenção às próprias necessidades da população, a adaptação dos sistemas propostos e a realidade do lugar, sua viabilidade e rentabilidade econômica, e a partir de critérios de sustentabilidade e economia de energia. O objetivo do concurso, convocado pela prefeitura de Zaldibar, era a realização de dois edifícios que pudessem trabalhar de forma independente: uma escola de educação infantil para crianças de 2-3 anos que estaria integrada ao complexo escolar já existente, e uma creche para crianças de 0-2 anos que poderia funcionar de forma autônoma. Com esta premissa, e buscando a excelência arquitetônica e qualidade da proposta técnica, as prioridades valorizadas no concurso foram as seguintes: uma construção rápida, se possível durante o verão para não perturbar as atividades escolares e permitir duas fases de construção independentes para cada edifício, uma solução econômica, e a utilização de sistemas de eficiência energética e produção de energia renovável integrada ao projeto arquitetônico.

A proposta realizada "EDERTO", com uma superfície aproximada de 600 m², se desenvolve em dois módulos que serão administrados de forma independente. Sua implantação no lugar em L margeando os limites oeste e sul do lote permite a criação de três áreas de jogos: uma para crianças de 0-2 anos da creche, outra de 2-3 anos para o edifício de educação infantil, e outra para as crianças de 3-6 anos, conservando uma parte importante do complexo escolar já existente. Os acessos se realizam a partir da rua Autonomía, ao norte para a escola infantil a partir de um dos acessos já existentes do complexo escolar e ao sudeste para a creche através de uma entrada própria. O projeto busca potencializar o complexo escolar e seu entorno adaptando-se à escala de seus usuários, as crianças. Por isso sua forma é concebida como um jogo de crianças. gerando um zig-zag contínuo de coberturas e uma combinação de aberturas na fachada em diferentes alturas, tamanhos e cores, evocando uma imagem de pequenas casas. Os dois volumes são integrados de forma unitária em uma única silhueta, seguindo um tratamento contínuo da fachada externa em madeira. A entrada principal e o acesso ao patio de recreação no extremo oposto de cada módulo são cobertos pela própria cobertura do edifício em varandas, e são marcadas na fachada com uma cor que caracteriza cada edifício: o fúcsia para a creche e o verde para a escola infantil.

Cortesia de Egoin
Cortesia de Egoin

A construção do edifício foi feita de forma integral mediante um sistema prefabricado de painéis estruturais de madeira. Estes painéis formam a fachada, divisões internas, cobertura e revestimento externo. São projetados sob medida em fábrica e permitem uma execução material em obra de montagem fácil, rápida e sistematizada. Este tipo de obra seca permite não só a realização de uma obra limpa e a redução dos resíduos e recursos utilizados, mas também uma redução considerável nos custos e tempo de execução ,que pode ser de apenas 2 meses.

Cortesia de Egoin
Cortesia de Egoin

O edifício foi concebido a partir de critérios de projeto ecológicos. Desde o próprio desenho arquitetônico foi dada atenção especial à orientação, ao aproveitamento da luz solar, um bom isolamento e controle térmico, uma impermeabilização adequada, o uso de materiais locais e respeitosos com o meio ambiente, e a integração de energias renováveis. A madeira de pinho, proveniente dos bosques nativos, é um excelente material com um ótimo desempenho técnico, acústico e isolante, além de ser um material ecológico e reciclável e de fornecer aconchego, bem estar e qualidade estética. Um bom isolamento térmico integrado ao sistema construtivo, sua continuidade e espessura diminui o consumo energético do edifício e proporciona um alto conforto. A cobertura do edifício será executada com uma solução de impermeabilização, que será igualmente contínua em fachadas ventiladas, e revestimento de zinco. Além de prever câmara sanitária para uma ventilação adequada do piso. Foram estudados o desenho e a disposição das janelas para alcançar um alto grau de iluminação natural, aumentar os ganhos solares e diminuir o consumo de calefação. As esquadrias prefabricadas que compõem as janelas são desenhadas além da função da inclinação solar para controlar a radiação incidente. O desenho das instalações foi feito tendo em vista a eficiência energética, e será instalado solo aquecido como sistema de calefação, o que irá melhorar a qualidade térmica e economia energética. A energia utilizada tanto para calefação como aquecimento de água será a biomassa. Todas essas medidas procuram não só diminuir o consumo energético e as emissões de CO2, mas também favorecer a economia local, o conforto ambiental e a qualidade de vida de seus usuários.

Fachada
Fachada
Fachada
Fachada

Ver a galeria completa

Localização do Projeto

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Novo edifício de educação infantil e creche em Zaldibar / Hiribarren-Gonzalez + Estudio Urgari" [Nuevo edificio educación infantil y guardería en Zaldibar / Hiribarren-Gonzalez + Estudio Urgari] 29 Dez 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Marcon, Naiane) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/163774/novo-edificio-de-educacao-infantil-e-creche-em-zaldibar-slash-hiribarren-gonzalez-plus-estudio-urgari> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.