255 habitações em Villanueva de la Cañada / Aranguren & Gallegos Arquitectos

255 habitações em Villanueva de la Cañada / Aranguren & Gallegos Arquitectos

© Hisao Suzuki© Carlos LozanoCortesia de Aranguren & Gallegos ArquitectosCortesia de Aranguren & Gallegos Arquitectos+ 23

Villanueva de la Cañada, Espanha
  • Colaboradores:Arturo Alberquilla Rodríguez, Pablo Aranguren López, Simón Francés Martínez, Blanca Juanes Juanes, Roberto Ortiz de Landazuri Monagas, José Antonio Rodriguez Casas
  • Instalações:Valladares Ingenieria
  • Construtora:DRAGADOS SA
  • Promotor:UTE ANDRIA-FERCLER
  • Orçamento:14.217.865,01 Euros
  • Estruturas:OTEP
  • Cidade:Villanueva de la Cañada
  • País:Espanha
Mais informaçõesMenos informações
© Hisao Suzuki
© Hisao Suzuki

Descrição enviada pela equipe de projeto. Pretende-se romper o caráter monolítico do grande volume permitido, desmanchando a quadra em quatro blocos, conformando uma cruz com grandes galerias de vidro que unem suas extremidades. Estas galerias se ligam aos quatro núcleos de comunicação que se encontram nas quatro esquinas da quadra.

Os volumes das galerias juntos aos núcleos de elevadores e escadas se elevam um pavimento sobre os volumes permitidos, criando um movimento suave nos áticos.

© Hisao Suzuki
© Hisao Suzuki

A materialidade destes corpos mais leves - metal e vidro - se diferencia dos volumes que abrigam as habitações - construídos com elementos de concreto prefabricado em tons de cinza.

Devido às múltiplas possibilidades de orientação, há dois tipos de janela: uma quadrada de 1,80 x 1,80 m, para salas e quartos grandes, e outra de 0,90 x 1,80 m, para quartos pequenos.

© Hisao Suzuki
© Hisao Suzuki

Todos os vazios das janelas apresentam molduras que se projetam 35 cm para o exterior. Estas molduras apoiam painéis móveis que protegem as aberturas da incidência solar direta e, além disso, tornam as fachadas mais dinâmicas.

© Hisao Suzuki
© Hisao Suzuki

No térreo e no primeiro pavimento há uma tipologia de apartamentos duplex que apresentam acesso direto para a rua 3 e para a rua de pedestres através de um pátio privado. Estes apartamentos agem como embasamento do projeto.

O embasamento do edifício é revestido por placas cerâmicas escuras que cortam o efeito vertical causado pela altura do edifício de 7 pavimentos, favorecendo a horizontalidade. 

Cortesia de Aranguren & Gallegos Arquitectos
Cortesia de Aranguren & Gallegos Arquitectos

Descrição das habitações

Por ser um edifício com plantas generosas - 14,5 metros de largura - e apresentar um programa de habitações com área tão reduzida, vimo-nos obrigados a propor apartamentos com apenas uma orientação: para a rua ou para o pátio. 

As maiores unidades - os duplex do térreo e primeiro pavimento - e os áticos apresenta, dupla orientação.

Com apenas 4 núcleos proporcionamos acesso a 182 unidades. Os núcleos são amplos e iluminados, já que as galerias de vidro foram incorporadas às áreas de entrada e saída dos elevadores e escadas.

Detalhe axonométrica
Detalhe axonométrica

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:Avenida de La Rioja, Polígono Industrial la Cañada, 28691 Villanueva de la Cañada, Community of Madri, Espanha

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "255 habitações em Villanueva de la Cañada / Aranguren & Gallegos Arquitectos" [255 Viviendas en Villanueva de la Cañada / Aranguren & Gallegos Arquitectos] 15 Dez 2013. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/01-159956/255-habitacoes-em-villanueva-de-la-canada-slash-aranguren-and-gallegos-arquitectos> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.