O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Malásia
  5. Pencil Office
  6. 2012
  7. Casas Pila / Pencil Office

Casas Pila / Pencil Office

  • 10:00 - 25 Novembro, 2013
  • Traduzido por Naiane Marcon
Casas Pila / Pencil Office
Casas Pila / Pencil Office, © Pencil Office
© Pencil Office

© Pencil Office © Pencil Office © Pencil Office © Pencil Office + 9

  • Arquitetos

  • Localização

    Batu Pahat, Malásia
  • Arquiteto principal

    Erik G. L’ Heureux AIA, LEED AP BD+C
  • Arquiteto responsável

    DC Akitek (M) & Rakan Rakan
  • Construção

    Active Bungalow Builders Sdn. Bhd.
  • Engenharia civil e estrutural

    Jurutera JRK Sdn. Bhd.
  • Engenharia mecânica

    Kong & Associates Consultants Sdn. Bhd.
  • Topógrafo

    JQS International Sdn. Bhd.
  • Paisagismo

    Pencil Office
  • Design de interiores

    R2iD Sdn. Bhd.
  • Área

    526 m2
  • Ano do projeto

    2012
  • Fotografias

© Pencil Office
© Pencil Office

Descrição enviada pela equipe de projeto. Esta construção de vinte e seis bangalôs em Johor, Malásia, insere novas tipologias em um campo vazio. O local foi desenvolvido em 1995. Entretanto, depois que a fundação foi colocada, ocorreu a crise financeira asiática. Depois de 13 anos de abandono, a nova arquitetura teve como tarefa ressuscitar as ambições dos anos anteriores. O projeto estende o diagrama original em 26 novas casas, transformando um conjunto de habitações genérico em uma pequena vizinhança coerente que aborda questões ambientais. Uma casa foi construída até agora.

© Pencil Office
© Pencil Office

Três questões direcionaram o projeto. A primeira ambição era reutilizar a grelha existente e estruturas no local para conservar recursos existentes, limitar reformulação estrutural e aproveitar o que já existia. A segunda ambição era modificar estrategicamente a configuração urbana da estrada e cul-de-sac para amplificar a sensação de vizinhança, minimizar a rigidez da paisagem e maximizar espaços verdes públicos. A ambição final era tornar visíveis as operações da especulação imobiliária através de uma amplificação da “vista”. As casas assumem seis configurações diferentes baseadas na localização. Formas em “L”, “U”, “O”, “Barra”, “Caixa” e “Bloco” das configurações básicas do plano, todas com tamanhos e orientações diferentes. O tamanho varia de 4,895 ft² até 5,875 ft², acomodando três gerações de família até doze pessoas.

© Pencil Office
© Pencil Office

Cada casa tem um grande pátio de entrada próximo à rua principal. A presença dele resiste à privatização completa da vizinhança, como é comum no sudeste da Ásia, enquanto torna o cinturão verde mais acessível ao público. O pátio incorpora muros, recursos de segurança e um espaço aberto privado interno unificando a espacialidade e materialidade da enquanto cria uma fachada relativamente opaca e fortificada. A fachada funciona como uma barreira física, abordando preocupações de segurança  dos compradores desta região e direcionando a vista para o campo de golfe adiante. Uma estratégia urbana chave que une o conjunto é a manipulação dos telhados. A forma de cada casa é dividida em três áreas de telhado inclinado. Cada uma delas se inclina para uma claraboia que permite a entrada de luz solar enquanto retira ar aquecido. Coletivamente, o efeito é de uma família de formas similares, mas não idênticas.

© Pencil Office
© Pencil Office

As fachadas também são cuidadosamente trabalhadas. A fachada frontal utiliza painéis de corte operáveis que escurecem o programa interno e minimizam o ganho de calor a oeste. A fachada posterior voltada para o campo de golfe utiliza janelas de vidro de correr que emolduram o verde exuberante. Um elemento em balanço proporciona amplo sombreamento para a varanda. As paredes laterais tem aberturas escalonadas para proporcionar privacidade em relação aos lotes vizinhos. O produto deste trabalho é uma fina “caixa ótica” no segundo pavimento, em um pigmento de ferro marrom profundo, pairando sobre a caixa monolítica do piso térreo.

© Pencil Office
© Pencil Office

Atualizações sutis, mas importantes do planejamento de cul-de-sac melhoram o que seria, caso contrário, um conjunto genérico. A largura da estrada foi reduzida e calçadas são acompanhadas de grandes áreas verdes. Cada lote é reaproveitado para contribuir com a paisagem da rua, com parte de cada propriedade de fato doada para o proveito de toda a vizinhança. Coletivamente, as formas arquitetônicas permitem dois espaços e experiências distintos: a entrada comum para a casa através de um pátio privado projetado e uma identidade coletiva da vizinhança produzida por uma forma comum criada pelo telhado agregado. Combinado com os efeitos óticos de vista para a paisagem, as casas abraçam e expõem os modos primários de desenvolvimento no sudeste da Ásia.

Planta
Planta

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
Pencil Office
Escritório
Cita: "Casas Pila / Pencil Office" [Pile Houses / Pencil Office] 25 Nov 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Marcon, Naiane) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/155476/casas-pila-slash-pencil-office> ISSN 0719-8906