Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Cemitério
  4. Alemanha
  5. Amunt Architekten Martenson und Nagel Theissen
  6. 2010
  7. Pavilhão Fried / Amunt Architekten Martenson und Nagel Theissen

Pavilhão Fried / Amunt Architekten Martenson und Nagel Theissen

Pavilhão Fried / Amunt Architekten Martenson und Nagel Theissen
Pavilhão Fried / Amunt Architekten Martenson und Nagel Theissen, © Brigida Gonzalez
© Brigida Gonzalez

© Brigida Gonzalez © Brigida Gonzalez © Brigida Gonzalez © Brigida Gonzalez + 23

© Brigida Gonzalez
© Brigida Gonzalez

Descrição enviada pela equipe de projeto. Terreno e Comissão: 
O Cemitério Municipal na parte oriental da cidade de Düren assumiu um papel de parque público. Antes não havia um lucal para abrigar os visitantes nem um espaço para cerimônias de funeral, sejam elas grandes ou pequenas. O novo cemitério e pavilhão de café é um espaço para promover o encontro de pessoas quando as coisas estão fora do comum. Podem se lamentar juntos, trocar memórias e buscar refúgio, que irão encontrar sob uma cobertura de paisagem multifacetada.

© Brigida Gonzalez
© Brigida Gonzalez

Diversidade na Unidade: A arquitetura do pavilhão se desdobra numa planta quadrangular neutra, não descrita. Três volumes fechados foram inseridos para acomodar as instalações de serviços do pavilhão: estruturam o espaço e dividem a planta baixa em três áreas, sem bloqueá-las umas das outras. Cada uma dessas três áreas que recebem visitantes é caracterizada por formas arquétipas de cobertura e variações na altura do pé direito, combinadas para formar um grande espaço. A abóbada, o teto monocromático e o forro das áreas dos visitantes formam uma paisagem contínua, acolhedora, que oferece refúgio e conecta as áreas dos visitantes para formar um contínuo espaço unificado; além de oferecer uma rica diversidade de vistas para o parque do entorno. O perfil da paisagem criada por essas formas na cobertura podem ser lidas na fachada externa; ela conecta as fachadas individuais do edifício umas com as outras.

Diagrama
Diagrama

Estrutura e Materialidade: Os materiais simples utilizados dão ao pavilhão claridade e singularidade. Pedra dolomite dos Alpes foi pulverizada na lage de concreto armado para dar ao piso do pavilhão uma sensação de terraço. Elementos de madeira pré-fabricados formam as paredes e a paisagem do forro, conferindo aos espaços interiores uma aparência monolítica e homogênea. O grande volume da cobertura que acomoda os dutos de ventilação foi moldado utilizando fôrmas de madeira. A fachada desta cobertura é formada de Painéis Kerto, e também suportam grandes panos de vidro; estes são altamente refletores para dar a privacidade necessária para aqueles em luto. Durante o dia, o pavilhão se mescla com a vegetação do entorno, que é extendida graças à reflexão da fachada envidraçada. Esse efeito é revertido à noite, quando a fachada se torna transparente e o espaço interno domina a aparência do edifício.

© Brigida Gonzalez
© Brigida Gonzalez

O esquema de cores do pavilhão é baseado nas cores das árvores de plátano, que caracterizam o parque do cemitério; isso se expressa nas superfíces de madeira acinzentadas, na  janelas de alumínio oxidado, e nos vidros de cor esverdeada.

© Brigida Gonzalez
© Brigida Gonzalez

Ver a galeria completa

Localização do Projeto

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Pavilhão Fried / Amunt Architekten Martenson und Nagel Theissen" [Fried Pavillion / Amunt Architekten Martenson und Nagel Theissen] 18 Nov 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Santiago Pedrotti, Gabriel) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/153642/pavilhao-fried-slash-amunt-architekten-martenson-und-nagel-theissen> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.