O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Parque
  4. Chile
  5. Polidura + Talhouk Arquitectos
  6. 2005
  7. Acesso Parque Metropolitano Sul / Polidura Talhouk Arquitectos

Acesso Parque Metropolitano Sul / Polidura Talhouk Arquitectos

Acesso Parque Metropolitano Sul / Polidura Talhouk Arquitectos
Acesso Parque Metropolitano Sul / Polidura Talhouk Arquitectos, © Marcos Mendizabal
© Marcos Mendizabal

© Marcos Mendizabal © Marcos Mendizabal © Marcos Mendizabal © Marcos Mendizabal + 32

  • Arquitetos

  • Localização

    Cerro Chena, San Bernardo, Santiago, Chile
  • Arquitetos Responsáveis

    Antonio Polidura, Pablo Talhouk
  • Design Gráfico

    Juan Polidura, Tomas Forteza
  • Área

    270 m²
  • Ano Projeto

    2005
  • Fotografías

    Marcos Mendizabal, Cortesia de Poliudra Talhouk
  • Colaboradores

    Agustín Soza, Matías del Rio, Andrea Fernández, Nicolás Quezada, Renato Vargas, Pablo Frodden, Nicolás Cordova, Daniel Halpern
  • Cliente / Instituição

    Ministerio de Vivienda y Urbanismo, Parque Metropolitano de Santiago
  • Construtora

    Constructora San Juan S.A
  • Engenharia / Estruturas

    Jorge Marambio
  • Paisagismo

    Nieves Balbontin
  • Iluminação

    Francisca Mackenzie, Gonzalo Saez
  • Área Terreno

    37 Hectares
  • Custo Total

    5110 UF - U$150.000
  • Custo m²

    18 UF/m2 - U$ 500/m2
  • Tempo de Execução

    12 meses
  • Mais informações Menos informações
© Marcos Mendizabal
© Marcos Mendizabal

Descrição enviada pela equipe de projeto. Este projeto está inserido no programa Plan Verde do Ministério de Habitação e Urbanismo do Chile e o Parque Metropolitano de Santiago. A ideia é aumentar a quantidade de áreas verdes por habitantes na zona sul da cidade, a qual é muito baixa se comparada a padrões internacionais. "Uma cidade amigável" deve ter entre 9 e 10 metros quadrados de áreas verdes por habitante. Santiago conta com menos de 5 e a zona de San Bernardo, aproximadamente 2,8.

© Marcos Mendizabal
© Marcos Mendizabal

Em conjunto com os profissionais do Parque Metropolitano e uma equipe multidisciplinar, desenvolveu-se 37 hectare do Cerro Chena, o plano diretor do Futuro Parque Metropolitano Sul. Cinco etapas foram consideradas, que serão desenvolvidas em aproximadamente 10 anos e mesclará tanto atividades esportivas e outras, como culturais e religiosas. Contará com o plantio de espécies nativas, áreas de pique-nique, esportivas, de meditação e terraços. Além disso, será criado um Centro de Educação Ambiental, com um auditório e escritórios, onde se ensinará sobre animais e plantas da região.

© Marcos Mendizabal
© Marcos Mendizabal

A primeira etapa, construída por razões de segurança antes do florestamento, é o edifício de acesso e controle a norte, que inclui uma zona de informações e exposicão, um mirante, serviços sanitários e uma cafeteria.

Os edifícios de acesso, a pedido expresso do cliente, deveriam ser responsáveis por dar identidade ao parque. No lugar de criar uma nova imagem, deveria ser algo representativo, que fizesse parte do inconsciente coletivo, algo que as pessoas associassem o Cerro Chena.

© Marcos Mendizabal
© Marcos Mendizabal

Foi aí que surgiu o tema das ruínas de Pucara de Chena (construções militares-religiosas do Império Inca localizadas nas encostas do morro), como um elemento ser resgatado como imagem do futuro parque.

A partir daí, e evitando cair no literal, concentramo-nos na condição matérica do Pucara e a relação com este centrou-se na utilização da pedra como material construtivo.

© Marcos Mendizabal
© Marcos Mendizabal

A intenção foi utilizar a pedra não como as grandes paredes opacas de alvenaria existentes de Pucara, mas como delgadas paredes translúcidas de 10 cm para permitir a luz através dos vazios. Assim, o edifício é totalmente resolvido através de prateleiras de aço, preenchidas com pedras, nos módulos 1 e 0,5 x 3 metros x 3 metros.

Além da relação óbvia que é estabelecida com o Pucara existente, o uso de pedra como material de construção, busca refletir a passagem do tempo sobre suas paredes. Que a natureza seja capaz de re-formar a obra acabada, com o aparecimento de musgos, cipós e oxidação entre as pedras, aparecendo diferentes pátinas que falam da passagem do tempo como uma estratégia quando integrada à paisagem.

Planta
Planta

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
Polidura + Talhouk Arquitectos
Escritório
Cita: "Acesso Parque Metropolitano Sul / Polidura Talhouk Arquitectos" [Acceso Parque Metropolitano Sur / Polidura Talhouk Arquitectos] 15 Nov 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/153423/acesso-parque-metropolitano-sul-slash-polidura-talhouk-arquitectos> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.