O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Arquitetura Paisagística
  4. Espanha
  5. Héctor Fernández Elorza
  6. 2011
  7. Parque Veneza / Héctor Fernández Elorza + Manuel Fernández Ramírez

Parque Veneza / Héctor Fernández Elorza + Manuel Fernández Ramírez

Parque Veneza / Héctor Fernández Elorza + Manuel Fernández Ramírez
Parque Veneza / Héctor Fernández Elorza + Manuel Fernández Ramírez, © Montse Zamorano
© Montse Zamorano

© Montse Zamorano © Montse Zamorano © Montse Zamorano © Montse Zamorano + 27

  • Projeto

    2008
  • Início da Obra

    1 de Julio de 2009
  • Promotor

    Junta de Compensação do Setor 88/1
  • Construção

    IDECON, S.A.U.
  • Área

    2,5 Ha.
  • Orçamento

    2.598.799 euros
  • Mais informações Menos informações
© Montse Zamorano
© Montse Zamorano

Descrição enviada pela equipe de projeto. O espaço verde do setor 88/1. denominado Parque Veneza, se localiza no seu limite noroeste, ficando paralelo a Ronda Hispanidad, entre a Glorieta da Rua Zafiro e o canal histórico do Canla Imperial de Aragon. O projeto engloba uma infraestrutura urbana de caráter linear, de 415 metros de comprimento e 60 metros de largura média, com uma superfície aproximada de 2,5 hectares, frente a necessidade de resolver um problema acústico, outro de evacuação de águas da chuva e um terceiro de caráter topográfico.

© Montse Zamorano
© Montse Zamorano

A situação sonora originada pelo tráfego que circula na Ronda Hispanidad (Terceira Perimetral) para as habitações contíguas faz necessária a definição de uma barreira acústica que abarque toda a borda noroeste do parque. O desnível topográfico existente entre a plataforma do novo bairro e a Ronda alcança uma altura máxima de 14 metros, resolvendo a contenção do terreno mediante um sistema de muro de terra armada. Está constituído por quatro escalões retranqueados entre si 1,50 m, compostos por malha de aço galvanizado e pedras de seixo rolado de tamanho grande, formando assim uma barreira acústica que protegerá a zona residencial que será implantada futuramente.

© Montse Zamorano
© Montse Zamorano

No extremo sudoeste do parque, onde já não existe diferença topográfica considerável, o sistema de contenção acústica se resolve por meio de um muro ciclópico de 100 metros de comprimento e 10 metros de altura máxima. Este muro está concebido, também, como um ícone que caracteriza o novo bairro e que serve de acesso para a praça subterrânea ou bacia de estratificação no seu aterro.

Planta
Planta

A dita bacia de estratificação está dimensionada para fazer frente aos intensos fluxos de chuva que incidem sobre o setor, evitando assim o as transbordamentos diretas desta água na rede municipal cujo diâmetro e capacidade são insuficientes. Este recinto de grande superfície (3.150 m2), cuja utilização como estuário estará submetido a frequência e intensidade das chuvas; foi concebido e projetado como um espaço urbano ou praça para pedestres abrigado do incômodo vento norte desta zona alta da cidade, para que possa ser utilizado pelos cidadãos durante a maior parte do ano.

© Montse Zamorano
© Montse Zamorano

Quatro escadas situadas nas esquinas desta infra estrutura permitem o acesso a praza subterrânea, a conexão com a plataforma do bairro e o nível da cidade. A incorporação de rampas de largura suficiente situadas na espessura do muro acústico permitirá o acesso de veículos de serviço ou manutenção e um uso mais amplo do recinto.

© Montse Zamorano
© Montse Zamorano

Por último, o Parque Veneza é uma cuidadosa operação topográfica; que complementa as funções acústicas e/ou de repositório da água pluvial comentadas, onde também se incorporam novos espaços verdes para a cidade. Todo o parque se articula espacialmente sobre a Ronda Hispanidad mediante plataformas escalonadas e interconectadas entre si, em uma concatenação linear ou alargada de quadrados (duros e moles), mirantes protegidos com leves pérgolas metálicas, extensos bosques de pinheiros e rampas de comunicação de pedestres com o Conjunto Histórico do Canal Imperial de Aragón.

Corte Transversal
Corte Transversal

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Héctor Fernández Elorza
Escritório
Manuel Fernández Ramírez
Escritório
Cita: "Parque Veneza / Héctor Fernández Elorza + Manuel Fernández Ramírez" [Parque Venecia / Héctor Fernández Elorza + Manuel Fernández Ramírez] 31 Out 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Márquez, Leonardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/149921/parque-veneza-slash-hector-fernandez-elorza-plus-manuel-fernandez-ramirez> ISSN 0719-8906