O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Peru
  5. Oscar Gonzalez Moix
  6. 2012
  7. Casa La Planicie II / Oscar Gonzalez Moix

Casa La Planicie II / Oscar Gonzalez Moix

Casa La Planicie II / Oscar Gonzalez Moix
© Juan Solano Ojasi
© Juan Solano Ojasi
  • Arquitetos

  • Localização

    La Molina, Peru
  • Equipe de Projeto

    Ernesto Bartra, Beatriz Rodríguez, Nicolás Moser
  • Construtor

    Eng. Jose Luis Bustios
  • Área

    905 m²
  • Ano

    2012
  • Fotografias

© Juan Solano Ojasi © Juan Solano Ojasi © Juan Solano Ojasi © Juan Solano Ojasi + 35

© Juan Solano Ojasi
© Juan Solano Ojasi

[Do Arquiteto:] O conceito desta casa nasceu de claras solicitações dos clientes. O principal era tentar manter e valorizar o máximo de espaço verde e utilizar materiais de baixa manutenção. Foi um processo muito gratificante, que se transformou em um sentimento especial chamado Espaço e Matéria.

O projeto deveria conter espaço para seus desejos pessoais, atmosferas e sensações que percebiam e eram incorporados intimamente. Os clientes não sabiam como explicar muito bem, por isso o processo de comunicação foi crítico para entender que deveríamos tratar os espaços abertos como sedutores e provocando um sentimento de aproveitamento dos usuários, e quando no pavimento aberto, todas as funções pudessem conviver com um grande jardim. A vantagem do clima em Lima, com temperaturas que não oscilam muito e sem chuva marcante, nos permitiu reviver a ideia de um pátio central como articulador de funções, e isso ajudou no conceito desenvolvido.

© Juan Solano Ojasi
© Juan Solano Ojasi

Essa transparência foi alcançada com dois volumes de concreto aparente que parecem descansar em duas grandes paredes de pedra e demais fechamentos em vidro. Num dos lados do terreno está um volume longitudinal que contém a entrada principal de pé direito duplo, cozinha, sala de estar e circulação principal. Esse objeto atua como uma espinha dorsal e conecta os programas. Três faces definem o pátio central; uma delas é essa espinha dorsal, enquanto que as outras duas são volumes mais altos projetados. Entre estes dois volumes, o pátio articula a sala de estar do inverno e a sala de jantar no verão, com a churrasqueira.

Desta maneira, nós provocamos uma sequência de espaços como listras que são paralelas à esquina de entrada. A partir da rua, a primeira faixa contém o jardim de entrada e garagem, em seguida, uma faixa de telhado marca a entrada, sala de estar e sala de jantar; que segue articulando com o pátio da cozinha, então a 'faixa social' onde a área de churrasqueira que no verão se transforma em sala de jantar e sala de estar, e finalmente, a última grande faixa do quintal nos fundos onde estão a sauna e a piscina.

© Juan Solano Ojasi
© Juan Solano Ojasi

No pavimento superior, o eixo longitudinal concentra os dormitórios, e no pavimento inferior, é onde estão as áreas de lazer. O volume mais próximo e paralelo à rua é o que contém o pé direito duplo e os dormitórios das crianças; o volume mais ao fundo contém a suíte master e o dormitório de visitas.

Para conceber o projeto como um todo, nós tivemos que ser claros desde o começo em relação à quais seriam nossas paletas de materiais, cores, texturas e inclusive métodos construtivos. Elegemos o concreto, material que não oferece limites, e demos à ele uma textura criada com as formas de madeira em diferentes espessuras e tamanhos, o que permitiu criar uma sensação ideal de atmosfera, onde a luz e a sombra são refletidas de maneira especial. A temperatura de reflexão no ambiente é palpável de todas as formas. Isso acompanha a transição interior - exterior, o que gera o grau de intimidade que gostaríamos com a escala e proporção adequadas.

© Juan Solano Ojasi
© Juan Solano Ojasi

Finalmente, fomos fiéis na incorporação de diferentes materiais como os revestimentos de pedra, aço corten, madeira, granito, mármore, vidros, água e vegetação na paisagem. Isso completa a linguagem que remete ao conceito geral e ao meio ambiente. Materiais nobres e atemporais geram um enriquecimento mútuo, de matéria e espaço, e apesar do tempo diferente de maturação, eles perduram por longos períodos.

Planta Baixa
Planta Baixa

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
Oscar Gonzalez Moix
Escritório
Cita: "Casa La Planicie II / Oscar Gonzalez Moix" [La Planicie House II / Oscar Gonzalez Moix] 27 Ago 2014. ArchDaily Brasil. (Trad. Santiago Pedrotti, Gabriel) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/144810/casa-la-planicie-ii-slash-oscar-gonzalez-moix> ISSN 0719-8906