Cabana na Montanha / Marte.Marte Architekten

Cabana na Montanha / Marte.Marte Architekten

© Marc Lins© Marc Lins© Marc Lins© Marc Lins+ 29

Laterns, Áustria
  • Arquitetos: marte.marte architects
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  485
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2011
  • Fotógrafo Fotografias:  Marc Lins
  • Empreiteira:Amann Bau, 6710 Nenzing
  • Concretagem:Weikelstorfer, D-94166 Stubenberg
  • Consultoria Estrutura:Frick Paul, 6830 Rankweil
  • Esquadrias:Hartmann, 6710 Nenzing
  • Cálculo Estrutura:Bernhard Weithas, 6923 Lauterach
  • Laje:Tectum, 6845 Hohenems
  • Mobiliário/Interiores:Matt Gerold, 6830 Laterns
  • Aquecimento/Instalações Hidáulicas:Gangl Manfred, 6800 Feldkirch
  • Instalações Elétricas:Matt Thomas, 6830 Laterns
  • Escadaria:Türtscher Kaspar, 6835 Zwischenwasser-Buchebrunnen
  • Cidade:Laterns
  • País:Áustria
Mais informaçõesMenos informações
© Marc Lins
© Marc Lins

Descrição enviada pela equipe de projeto. Em uma ravina no campo, mais abaixo de um imponente convento construído em madeira, a pequena torre se eleva da vertente íngreme. Ao mesmo tempo notável e simples, ela surge em uma clareira acessada por uma vereda nas margens da floresta. A única mudança feita na topografia é o acesso dos carros, no mais o terreno permanece intacto.

© Marc Lins
© Marc Lins

Pontual na paisagem, o edifício é exemplar no uso cuidadoso dos materiais - no seu caso, concreto lavrado -, destacando-se contra o verde das campinas e o branco do inverno. Sua cor acinzentada contrasta com as pesadas portas de carvalho e os guarda-corpos cor de chumbo confundem-se com os troncos e galhos da floresta adjacente. Como se tivessem sido escavadas nas paredes, as aberturas quadradas de diferentes tamanhos espalham-se, alcançando seu efeito máximo nas arestas.

© Marc Lins
© Marc Lins

A integração das superfícies externas, solicitada pelo cliente, é uma forma de artifício. No nível da entrada, acessível por um lance de degraus, a estrutura se estreita em duas colunas nos cantos, o que não só permite que os visitantes tenham uma visão abrigada da paisagem através do edifício, mas também ressignifica a entrada. Dentro da coluna, uma escada helicoidal conecta a área de estar no pavimento acima com as duas áreas mais reservadas abaixo, onde os dormitórios e áreas de relaxamento se interligam como um quebra-cabeça. Semanticamente falando, esse gesto da torre cria arquétipos de estruturas fortificadas e de figuras abstratas de computador, fazendo o volume ser familiar e estranho ao mesmo tempo.

© Marc Lins
© Marc Lins

Do lado de dentro, as aberturas esculpidas na parede dupla de concreto se transformam em enquadramentos compactos da paisagem, com largas molduras de carvalho, dirigindo a atenção para a cadeia de montanhas, as colinas suaves e a floresta densa. Além das superfícies de concreto e portas, pisos e elementos de carvalho natural, as superfícies metálicas pretas completam a combinação harmoniosa e austera de materiais. O cliente e os arquitetos não construíram uma simples casa de veraneio, mas um lugar de retiro que perdurará por gerações, independente de mudanças no clima e na paisagem.

Planta
Planta

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Cabana na Montanha / Marte.Marte Architekten" [Mountain Cabin / marte.marte Architekten] 03 Set 2013. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/01-138466/cabana-na-montanha-slash-marte-dot-marte-architekten> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.