O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Habitação Coletiva
  4. Uruguai
  5. Pablo Tórtora
  6. 2011
  7. Complexo Pueblo Rivero / Pablo Tórtora

Complexo Pueblo Rivero / Pablo Tórtora

  • 23:02 - 4 Setembro, 2013
  • Traduzido por Isabela Costa
Complexo Pueblo Rivero / Pablo Tórtora
Complexo Pueblo Rivero / Pablo Tórtora, © José Pampin
© José Pampin
  • Arquitetos

  • Localização

    Calle 7, Punta del Diablo, Rocha, Uruguai
  • Colaborador

    Arq. Diego Vila
  • Design de Interiores

    Adriana Sanchez
  • Programa

    Complexo de Cabanas (8 unidades, emparelhadas de duas em duas)
  • Superfície do Terreno

    1000 m2
  • Área

    500.0 m2
  • Ano do Projeto

    2011

© José Pampin © José Pampin © José Pampin © José Pampin + 23

© José Pampin
© José Pampin

Descrição enviada pela equipe de projeto. Com uma vista privilegiada para o mar, foi projetado este complexo habitacional de veraneio. Com chapa de aço curvado como o protagonista principal e ideia propulsora do projeto, três eram o resto das variantes a contemplar: o máximo aproveitamento do terreno, respeito aos regulamentos municipais indicados para telhados inclinados nesta zona e vistas para o mar. Mais de 1000 m2 de área de superfície foi necessária para construir cerca de 500 metros distribuídos em 4 Cabanas com 2 unidades por volume, três andares cada. O processo de implantação é resolvido respeitando a inclinação natural e rotacionando as plantas para alcançar, dentro das possibilidades, vistas à Praia Rivero  a partir de todos os pontos do complexo.

Cortesia de Pablo Tórtora
Cortesia de Pablo Tórtora

Os regulamentos que regem o setor demandam que ao menos 70% dos telhados mantenham uma inclinação entre 30 ° e 45 °, como forma de regular novas construções e alcançar uma articulação com as casas de pescadores que começaram a povoar a área e caracterizar Punta del Diablo.

© José Pampin
© José Pampin

As particularidades da placa se encarregaram de resolver o dilema. Foi utilizado o sistema argentino Curvin, que permitiu a criação contínua da fachada e do telhado e facilitou a curvatura a medida que a chapa acanalada seguindo a inclinação necessária. Um dos dilema iniciais a serem resolvidos: a utilização da chapa curvada, de uso comumente industrial utilizada para fins residenciais e, mais importante, a sua adequação a imagem final do projecto de hidromassagem. Para tal foi utilizado concreto a vista e madeira para contrastar com a austeridade da placa e dar calor ao conjunto. Todos os materiais são frequentemente usados e caracterizam as construções na região.

© José Pampin
© José Pampin

A superfície de placa levanta-se na parede traseira e rodeia o volume, inspirada na crista de uma onda. É um recurso para alcançar o diálogo entre arquitetura e esse ambiente peculiar, além do recurso de ruptura com qualquer indício de rigidez que possa existir. O envolucro criado fecha intencionalmente a fachada até a parte de trás e volta a abrir-se para o mar, de modo a gerar um certo grau de intimidade entre as cabanas.

© José Pampin
© José Pampin

No piso térreo, o banheiro, a cozinha e a sala de estar com lareira compõem o comodo principal. A estes, se soma o exterior com churrasqueira e pérgula. Num segundo e terceiro nível, existem áreas de descanso.

A OBRA:

© José Pampin
© José Pampin

Este projeto foi realizado em duas fases e com sistemas de construção bastante diferentes, mas com imagem e acabamento similares. Inicialmente, as duas cabanas do lado esquerdo foram feitas com sistema tradicional (estrutura de concreto e tijolos com furos), enquanto as duas restantes à direita foram feitas em Steel Frame, o que para a eficiência e rapidez de execução nos permitiu concluir tempo para a sua inauguração, no início do verão. Deve notar-se, que este último sistema de construção,precisou do auxilio de um pórtico para assegurar a sua estabilidade em uma área atingida pelos ventos fortes do mar. Embora inicialmente solução do pórtico poderia ser feita com perfis normais, as particularidades da obra e a disponibilidade limitada de máquinas para seu transporte tornaram esta uma opção inviável, substituindo o material pelo concreto armado que adaptou-se perfeitamente a flexibilidade e eficiência da estrutura em aço (Steel Frame).

Você pode conferir o artigo "em construção" que fizemos no Plataforma Arquitectura sobre este projeto.

Cortesia de Pablo Tórtora
Cortesia de Pablo Tórtora

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Pablo Tórtora
Escritório
Cita: "Complexo Pueblo Rivero / Pablo Tórtora" [Complejo Pueblo Rivero / Pablo Tórtora] 04 Set 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Costa, Isabela) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/137998/complexo-pueblo-rivero-slash-pablo-tortora> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.