O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Concursos
  3. Menção Concurso Plaza Mayor e Eixo Turístico Cultural Centro Histórico De Huamanga

Menção Concurso Plaza Mayor e Eixo Turístico Cultural Centro Histórico De Huamanga

Menção Concurso Plaza Mayor e Eixo Turístico Cultural Centro Histórico De Huamanga
Menção Concurso Plaza Mayor e Eixo Turístico Cultural Centro Histórico De Huamanga , Cortesia de Equipo Segundo Lugar
Cortesia de Equipo Segundo Lugar

Continuando com os vencedores do Concurso de ideas para la Plaza Mayor e Eixo Turístico Cultural Centro Histórico De Huamanga convocado pela Prefeitura Provincial De Huamanga, convocado pelo Ministério da Habitação, Construção e Saneamento, o Colégio de Arquitetos Regional de Ayacucho e a Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento.

Haviamos apresentado o Primero lugar, e agora apresentaremos a equipe vencedora de uma menção honrosa. A seguir imagens e palavras dos vencedores.

Cortesia de Equipo Segundo Lugar
Cortesia de Equipo Segundo Lugar

Descrição dos arquitetos. Nossa ideia central era reforçar o papel do espaço público de cada uma das praças localizadas no eixo cultural e em tensão direta com a Plaza Mayor. Assim como a ideia primária tenta integrar o eixo viário-pedestre aos espaços urbanos históricos. Nossa proposta pretende reativar o uso dos espaços urbanos - muitos deles atualmente relegados. Começamos pelo desejo de dar fluidez ao eixo turístico propondo um percurso em um único nível (onde são organizados o viário e passeio para pedestres). Isso possibilitará o uso simultaneo ou exclusivo destas circulações de acordo com a programação ou eventos especiais.

Propomos que as praças sejam ocupadas e vivenciadas na íntegra, deixando de lado os espaços fechados para o tráfego livre com jardins reticulares e elementos urbanos meramente ornamentais. A nova praça será adequada para o cidadão em toda a sua superfície, criando uma "praça seca" onde a área verde é apresentada de maneira pontual, dando importância as árvores como um elementos naturais de sombreamento. Esta nova praça expande e integra-se aos caminhos, às calçadas e aos átrios das igrejas eliminando os níveis existentes. As circulações de pedestres e veículos agora são delimitadas apenas por pilaretes.

Cortesia de Equipo Segundo Lugar
Cortesia de Equipo Segundo Lugar

Para o tratamento do piso, tanto no eixo quanto nas praças, utilizamos cores diferentes e alguns tipos de pedras da região de Ayacucho, o que nos permite propor diferentes texturas e quadrantes. Propomos também o uso de metal para algumas peças de mobiliário urbano e a madeira como material de contato em bancos e cadeiras. Cada praça foi projetada segundo dois critérios; uma linha comum de projeto para a proposta como um todo e uma linha diferenciada de acordo com as exigências de cada uma das atividades públicas do espaço, seu uso, eventos, entorno natural, etc. Como política de conservação do patrimônio e da ordem urbana, visamos regulamentar a utilização de sinais e anúncios para um único material e cor. Além disso, é proibido o uso de banners temporários.

PLAZA MAYOR

Ayacucho é uma cidade tradicional. As festas anuais da Semana Santa persistiram mesmo em tempos de violência e continuam sendo a principal fonte de esperança. A Plaza Mayor foi estabelecida há anos como o centro nervoso das festividades.

Cortesia de Equipo Segundo Lugar
Cortesia de Equipo Segundo Lugar

A intervenção reivindica a idéia original da praça do início de 1900: uma esplanada com um mercado comercial e de superficie seca, primeiro de chão de terra e, em seguida, de pedra a partir de 1930. Propomos portanto uma esplanada seca ascendente paralela à inclinação das ruas Arequipa e Cuzco. Devido a esta padronização de níveis, a praça poderá ser utilizada em toda sua extensão para as festas da Semana Santa.

Cortesia de Equipo Segundo Lugar
Cortesia de Equipo Segundo Lugar

Árvores nativas são mantidas, somadas a algumas outras, servindo como sombra e abrigo. Bancos de pedra reafirmam a posição arbórea e da área verde em torno destas. O traçado da praça é desenvolvido através de um a cruz, que forma quatro quadrantes com um centro  abrigando a estátua de Antonio José de Sucre. O centro da cruzeta será trabalhada em diferentes tons de pedra para estabelecer um diálogo com os desenhos dos tapetes de flores durante a Semana Santa. Um dos quadrantes se projeta como um átrio, que continua até o espaço público da Catedral, onde há uma cruz. Queremos que a população recupere o espaço total da praça, assim, retiramos grades e outros elementos impediam o acesso.

Praça Carranza

Início do eixo. Expansão da praça sobre a Jr. 09 de Dezembro e o átrio da Igreja Santo Domingo. Praça, jirón e átrio plano, preservando a inclinação topográfica e gerando uma esplanada rampada com acessibilidade total. Concentração de área verde e área de bancos.

Este espaço urbano deve ser integrado ao átrio da igreja e às ruas que formam a interseção. Nossa proposta elimina a distribuição atual da praça. Ele oferece uma planície lisa e inclinada naturalmente; uma superfície contínua a partir do ponto mais alto da praça até o início do átrio. Propomos remover as grades que cercam o átrio da igreja, para integrar este espaço com a cidade. A Cruz de Santo Domingo permanece como um elemento histórico. As circulações de pedestres e veículos são separadas usando pilaretes.

Cortesia de Equipo Segundo Lugar
Cortesia de Equipo Segundo Lugar

Praça Ccalamaqui e Praça San Francisco de Asís

Ambas as praças são ligadas em nível com total acessibilidade. Alterar o acesso para carga / descarga no mercado e novos usos em seu perímetro. Concentração de área verde. Pedestrialização da Jr. Vivanco para valorizar o Arco do Triunfo.

Propomos a pedonalização completa da rua, que funcionaria como um elemento de integração entre a igreja e o átrio do mercado. Especificamente, a grade perto da praça Ccalamaqui é removida e propõe-se uma escada que leva até a rua. Na superfície elevada do mercado propomos áreas verdes pontuais e pontos de venda ambulante (flores). Propõe-se peatonalizar também os dois quarteirões de Jirón Vivanco para agregar valor ao Arco do Triunfo de Huamanga e incorporá-lo a praça. O serviço de carga e descarga do mercado se daria pela rua de trás (Rua Miguel Grau)

Cortesia de Equipo Segundo Lugar
Cortesia de Equipo Segundo Lugar

Praça San Juan

Criando um novo espaço público integrado ao eixo cultural. Valorização e novo átrio para a Igreja San Juan. Maior dinamismo ao comércio nesta área.

Praça Santa Teresa

Integração espacial entre a igreja e a praça, em uma só planície. Integração da praça e a beira do riacho gerando novo espaço urbano. Maior valorização do ambiente natural e criação de uma grande área verde para fruição pública.

Para estender a utilidade desta praça, propomos integrar o espaço átrio da igreja para o mesmo riacho. O átrio é ampliado e o antigo parque converte-se em uma encosta verde, organizada como terraços, até o nível do rio quando seco. Ambos os lados do rio se tornam passeios de pedestres. Espera-se que durante a estação chuvosa, toda a área possa ser alagada, e que depois retorne ao seu estado seco. Bancos e plantas são propostas ao longo do átrio lateral da igreja.

Cortesia de Equipo Segundo Lugar
Cortesia de Equipo Segundo Lugar

Praça San Pablo

É o arremate do eixo cultural. Tendo em vista a presença do Arco da Alameda, a proposta nesta área é limitada a criar uma área de repouso ao longo da curva da via, colocando bancos e área verde concentrada. É proposta a nivelação da pista e do percurso de pedestres, usando as  telha de pedra nos outros espaços.

  • Concurso

    Concurso Plaza Mayor Y Eje Turístico Cultural Centro Histórico De Huamanga
  • Premio

    Menção
  • Arquitetos

    Juan Carlos Burga Campodónico, Cynthia Seinfeld Lemlig, Jorge Draxl Arce
  • Localização

    Huamanga, Peru
  • Renders, imagens e edição

    Marco Arévalo
  • Ano de Projeto

    2013

Ver a galeria completa

Cita: Cabezas, Constanza. "Menção Concurso Plaza Mayor e Eixo Turístico Cultural Centro Histórico De Huamanga " [Mención Concurso Plaza Mayor y Eje Turístico Cultural Centro Histórico de Huamanga ] 26 Ago 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Costa, Isabela) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/135697/mencao-concurso-plaza-mayor-e-eixo-turistico-cultural-centro-historico-de-huamanga> ISSN 0719-8906