O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Concursos
  3. Primeiro Lugar no Concurso para a Praça e Eixo Turístico Cultural do Centro Histórico de Huamanga / Peru

Primeiro Lugar no Concurso para a Praça e Eixo Turístico Cultural do Centro Histórico de Huamanga / Peru

Primeiro Lugar no Concurso para a Praça e Eixo Turístico Cultural do Centro Histórico de Huamanga / Peru
Primeiro Lugar no Concurso para a Praça e Eixo Turístico Cultural do Centro Histórico de Huamanga / Peru, Cortesia de VORTICE arquitectos
Cortesia de VORTICE arquitectos

Apresentamos aqui a proposta vencedora do Concurso de ideias promovido pelo Município de Huamanga, pelo Ministério de Habitação, Construção e Saneamento, pelo Colégio de Arquitetos da Região de Ayacucho e pela Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento. 

Os principais objetivos do concurso eram "impulsionar a reabilitação urbana do Centro Histórico de Huamanga através do tratamento integral da Plaza Mayor e do Eixo Turístico Cultural, fazendo do centro histórico um espaço vivo, que necessariamente deve ser reinterpretado, enriquecido e renovado em favor de sua população, conservando sua memória histórica e valor patrimonial e promovendo a apropriação do espaço público como lugar de relação para a população, privilegiando o uso pelos pedestres e a acessibilidade universal, contribuindo para melhorar as condições e qualidade de vida do centro histórico."

A seguir a descrição do projeto nas palavras dos arquitetos.

Cortesia de VORTICE arquitectos
Cortesia de VORTICE arquitectos

O projeto tem como principal objetivo o resgate do espaço público para o uso e gozo de seus habitantes. Reafirmando e resgatando o caráter das edificações emblemáticas que o conformam. É reforçada a interação funcional e espacial que existe entre o espaço público e o edifício que o conforma, gerando de maneira lógica as virtudes de cada espaço urbano, sejam praças, átrios, parques, etc.

Cortesia de VORTICE arquitectos
Cortesia de VORTICE arquitectos

A proposta busca que a caracterização de cada espaço seja dada pela edificação e pelas atividades que aconteçam no espaço público, próprios da dinâmica urbana existente. Atividades que segundo Jan Gehl "poderiam ser de três tipos: atividades necessárias, que são as de caráter obrigatório, como as de trânsito e todas que nascem das tarefas cotidianas e que geralmente criam tempo de inatividade. A seguir estão as atividades opcionais que são as que acontecem quando existe o desejo de fazê-las (e se lhes permite o tempo e lugar), como descançar, tomar ar, passear, deitar no jardim, observar o entorno e muitas outras. E por último estão as atividades sociais, que são as que dependem da presença de outras pessoas; estas incluem os jogos infantis, saudações e conversas, o olhar e escutar a outros, esportes coletivos etc."

Cortesia de VORTICE arquitectos
Cortesia de VORTICE arquitectos

Neste caso as atividades sociais são as que caracterizam e dão identidade ao espaço público característico de Huamanga. Assim, o suporte da proposta parte do respeito às atividades que se dão em determinado espaço, dando ênfase à geração de espaços que estejam de acordo com as atividades sociais próprias da identidade de Ayacucho como: RITUAIS RELIGIOSOS (Procissões da Semana Santa - Corpus Cristi) - CÍVICOS (Dia da Bandeira, Manifestações, Içar a Bandeira) - FESTIVOS  (Carnavais, Desfiles) - MILITARES (Paradas militares, Batalha de Ayacucho - 9 de dezembro) - CULTURAIS (Feiras de Artesanato, Concertos, Páscoa, Aniversário de instituições). E ATIVIDADES ARTÍSTICAS ( Desfiles e danças típicas).

Cortesia de VORTICE arquitectos
Cortesia de VORTICE arquitectos

A conformação do tratamento de pisos se configura como uma espécie de tecido, que tem relação direta com as funções e a dinâmica que geram os edifícios, diferenciando no equipamento e na cor, nas funções e fluxos deles. Na rua para pedestres se acentua o comércio e se delimitam as circulações mistas e as ruas de pedestres com os postes. Nas praças, os equipamentos se diferenciam para marcar as expansões dos edifícios, no entanto, espacialmente estamos falando de grandes espaços integrados que propiciam a flexibilidade de usos.

Cortesia de VORTICE arquitectos
Cortesia de VORTICE arquitectos

MOBILIÁRIO

Cortesia de VORTICE arquitectos
Cortesia de VORTICE arquitectos

O desenho do mobiliário responde a uma reinterpretação moderna dos ícones que identificam a cidade, como por exemplo o TOTEM - Marco Urbano (que toma a função icônica do campanário das igrejas), que contem dois postos móveis (concessionários comerciais) que também se unem para padronizar a imagem do espaço urbano. Este Totem se apresenta em cada espaço sazonal do eixo turístico cultural, acentuando a sazonalidade dos espaços públicos ao longo de um eixo longitudinal.

Cortesia de VORTICE arquitectos
Cortesia de VORTICE arquitectos

O mobiliário informativo religioso, que se apresenta somente na praça principal, materializa as rotas de procissão da semana santa e controla o espaço de expansão da catedral.

O restante do mobiliário, como luminárias, bancos, lixeiras e postes mantém o mesmo critério de desenho reinterpretando as formas de manifestação da arte popular de Ayacucho (os retábulos, telas, esculturas, pratas, etc.), gerando um ícone em forma de logotipo; fazendo uso de materiais que também guardam uma identidade com o lugar, como a pedra de Huamanga.

Cortesia de VORTICE arquitectos
Cortesia de VORTICE arquitectos

USOS DO SOLO

Cortesia de VORTICE arquitectos
Cortesia de VORTICE arquitectos

No decorrer de todo o eixo cultural se encontram diversos usos do solo que congregam os moradores e usuários. Usos religiosos, cívicos, culturais, comércio de atacado e varejo se congregam ao longo do eixo turístico cultural que funciona como integrador dessas atividades, evitando a fragmentação delas em datas especiais e/ou comemorativas.

IGREJAS E PRAÇAS

A cidade de Huamanga se caracteriza por ter uma grande quantidade de igrejas coloniais, que se integram à cidade mediante suas praças de entrada, como parte do ritual religioso no percurso da igreja. Para o projeto, propõe-se estender esses átrios até o eixo turístico cultural, proporcionando mais espaço para as atividades religiosas, quando estas ocorrerem.

Cortesia de VORTICE arquitectos
Cortesia de VORTICE arquitectos

ROTAS DE PROCISSÃO

Essas rotas de procissão são parte da memória coletiva dos moradores, sendo as procissões da semana santa as manifestações mais fortemente enraizadas nos costumes populares.

  • Concurso

    Primeiro Lugar em Concurso Praça e Eixo Turístico Cultural Centro Histórico De Huamanga / Perú
  • Premio

    Primeiro Lugar
  • Nombre de la Obra

    “EIXO TURÍSTICO CULTURAL” - Reabilitação Urbana
  • Arquitetos

  • Localização

    Huamanga, Peru
  • Arquitetos responsáveis

    Carlos Alberto Ramos Abensur, Alvaro Rodriguez Padilla, Pedro Solano Guillen, Johnny Francisco Ramirez Mendoza, Gerald Esteban Guzman Vásquez
  • Ano

    2013
  • Fotografia

    Cortesia de VORTICE arquitectos

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Constanza Cabezas
Autor
Cita: Cabezas, Constanza. "Primeiro Lugar no Concurso para a Praça e Eixo Turístico Cultural do Centro Histórico de Huamanga / Peru" [Primer Lugar Concurso Plaza Mayor Y Eje Turístico Cultural Centro Histórico De Huamanga / Perú] 19 Ago 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Marcon, Naiane) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/134569/primeiro-lugar-no-concurso-para-a-praca-e-eixo-turistico-cultural-do-centro-historico-de-huamanga-slash-peru> ISSN 0719-8906