O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Japão
  5. Keisuke Kawaguchi+K2-Design
  6. 2013
  7. FLAT 40 / Keisuke Kawaguchi+K2-Design

FLAT 40 / Keisuke Kawaguchi+K2-Design

FLAT 40 / Keisuke Kawaguchi+K2-Design
FLAT 40 / Keisuke Kawaguchi+K2-Design, © Takahiro Shimokawa
© Takahiro Shimokawa

© Toru Kitamura © Toru Kitamura © Takahiro Shimokawa © Takahiro Shimokawa + 41

© Takahiro Shimokawa
© Takahiro Shimokawa

Descrição enviada pela equipe de projeto. A cidade de Imabari, localizada no nordeste da prefeitura de Ehime, está conectada à cidade de Mihara, na Prefeitura de Hiroshima, por meio da Shimanami Kaido, uma via expressa que se estende por seis ilhas ao longo do mar de Seto. A cidade é conhecida por sua pitoresca vista para o mar, chamada tatoubi, do Parque Nacional Setonaikai. Devido aos seus mares calmos, Imabari tornou-se um dos maiores portos de navegação industrial no Japão, além de ser famosa por sua indústria de toalhas.

© Toru Kitamura
© Toru Kitamura

Esta residência privada foi construída no centro da cidade para uma família de quatro pessoas.O lote é alongado para o oeste a partir de uma estrada ao leste, com um espaçoso quintal para o norte ao longo de um curso d'água. Ao sul, há um edifício residencial de sete pavimentos. A preocupação era como bloquear a linha de visão do edifício e manter a privacidade, garantindo muita luz e ventilação. A fim de atender a esses requisitos, projetou-se um muro de concreto de 40 metros ao longo do lado sul da residência. Cálculos precisos foram feitos para determinar suas dimensões e estrutura.

© Takahiro Shimokawa
© Takahiro Shimokawa

A estrutura adotada foi a ukikabe, uma parede flutuante, suspensa a 1,5 metros acima do solo, a partir do exterior da residência. Uma característica importante é que é uma parede de concreto, sendo que o objetivo da escolha de tal material era a necessidade deste elemento combinar arquitetonicamente com o resto da edificação. Esta casa térrea foi realizada levando em consideração as exigências estruturais da parede e a habitabilidade da mesma.

© Takahiro Shimokawa
© Takahiro Shimokawa

O ukikabe resolve uma série de questões. Impede a vista de qualquer andar do edifício vizinho, mas a partir do interior da residência é possível ver os pés de quem se aproxima da propriedade. Ele permite muita luz e ventilação, garantindo privacidade e segurança, conformando um ambiente de vida ideal. Em termos de peso, a estrutura ukikabe é bem equilibrada com o corpo principal da casa, e também oferece uma proteção para o aparelho de ar condicionado. Levando em conta a estética, toda a superfície exterior é pintada de branco, capturando suavemente a mudança de cores da luz do dia até o crepúsculo. À noite, as luzes externas e internas fluem através do espaço entre a parede da casa, alterando-a. A parede serve como uma tela para refletir a passagem do tempo.

© Toru Kitamura
© Toru Kitamura

Salas internas são criadas com base na ukikabe. O edifício alongado que se estende de leste a oeste foi dividido em norte e sul, com o uso de meios pisos. Incorporando grandes espaços de depósitos, a residência foi projetada para uma vida simples. Embora ainda mantendo sua função, as paredes internas são reduzidas para evitar a interrupção visual. Utilizou-se um forro de madeira uniformemente em toda a casa.

© Toru Kitamura
© Toru Kitamura

Pode-se desfrutar de uma vista ampla da sala de estar e de jantar no andar superior através de uma parede de vidro contínua que abrange o pátio até a piscina no lado norte da propriedade. Em combinação com a sala de música localizada ao nordeste, fornece ambientes agradáveis.

© Toru Kitamura
© Toru Kitamura

Além desta grande parede de vidro, há outros pontos de vista na casa. A cobertura leve serve para proteger dos terremotos. A partir de qualquer ponto interno, pode-se vislumbrar as copas das árvores através de faixas mais elevadas, com o céu visto além. Suave, a luz flutuante produz  constantes mudanças. A silhueta das folhas e tons de âmbar da noite nas paredes são pitorescos, produzindo inúmeros estados de espírito.

© Takahiro Shimokawa
© Takahiro Shimokawa

A casa é dividida por um corredor interno, como um beco que se estende de leste a oeste, atravessando o pátio. Este não só confere beleza devido a profundidade, mas ajuda a definir espaços e funciona como uma passagem do vento. O vento que vem de baixo da estrutura ukikabe flui refrescante através deste corredor, produzindo uma brisa suave.

© Takahiro Shimokawa
© Takahiro Shimokawa

Esta residência foi concluída na primavera. Ocasionalmente, pétalas de flores vibram do pessegueiro plantado no pátio. Ao apreciar sua beleza, uma brisa agradável entra pelos dormitórios. Tem-se um sentido de primavera no interior da casa. A beleza visual importa, mas o conforto sentido com os olhos fechados é superior a tudo isso. Um exterior que evolui para o interior. Contemplou-se profundamente este conceito, buscado durante toda a concepção.

Corte
Corte

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
Keisuke Kawaguchi+K2-Design
Escritório
Cita: "FLAT 40 / Keisuke Kawaguchi+K2-Design" [FLAT 40 / Keisuke Kawaguchi+K2-Design] 26 Jul 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/129321/flat-40-slash-keisuke-kawaguchi-plus-k2-design> ISSN 0719-8906