Escola em Nebaj / Solis Colomer Arquitectos

Escola em Nebaj / Solis Colomer Arquitectos
Cortesía de Solis Colomer arquitectos
Cortesía de Solis Colomer arquitectos

Cortesía de Solis Colomer arquitectosCortesía de Solis Colomer arquitectosCortesía de Solis Colomer arquitectosCortesía de Solis Colomer arquitectos+ 23

Cortesía de Solis Colomer arquitectos
Cortesía de Solis Colomer arquitectos
Cortesía de Solis Colomer arquitectos
Cortesía de Solis Colomer arquitectos

Descrição enviada pela equipe de projeto. A Escola San Felipe Chenla é uma entre sete escolas integrantes do Programa "Escuelas de Nebaj", em Quiché. Este projeto foi doado pela Agência de Cooperação Internacional da Coreia do Sul (KOICA), que busca a melhoria das instalações escolares em áreas carente no altiplano guatemalteco e outras localidades.

Cortesía de Solis Colomer arquitectos
Cortesía de Solis Colomer arquitectos

O projeto consistia em inserir um novo módulo de classes dentro de um equipamento educativo existente, cujas salas encontravam-se deterioradas. Esta intervenção propõe uma nova perspectiva à educação em áreas onde a maioria dos equipamentos é elaborada com níveis mínimos de qualidade. 

Cortesía de Solis Colomer arquitectos
Cortesía de Solis Colomer arquitectos

A região de Quiché distingue-se pelo seu legado maia, perceptível nos tecidos das vestimentas usadas pelos habitantes, o corte e o huipil, que possuem cores características que variam de acordo com a origem. Da mesma forma a topografia do altiplano é única, apreciável nos distintos perfis que se formam à medida que a serra dos Cuchumatanes se desvela de norte a sul por todo o território.

Estes foram os pontos de partida da escola, que busca uma composição a partir de três linguagens: a tectônica, o huipil e a topografia.

Cortesía de Solis Colomer arquitectos
Cortesía de Solis Colomer arquitectos

A construção se resume a vários planos verticais de concreto aparente, modulados a cada 6,25m, os quais delimitam o espaço que contém as salas. A escolha do sistema construtivo considerou a rapidez e a relação com o contexto de Nebaj: uma construção de aparência fria que se destacaria do verde e das residências dos arredores. Entretanto o clima frio e nebuloso faz com que o módulo mimetize e constitua o ambiente.

Cortesía de Solis Colomer arquitectos
Cortesía de Solis Colomer arquitectos
Cortesía de Solis Colomer arquitectos
Cortesía de Solis Colomer arquitectos

O huipil é traduzido nos fechamentos do esqueleto de concreto, animando-o e criando uma relação cromática com a vestimenta típica dos habitantes e com a vegetação. Esse sistema de fechamentos possui dupla função: consolida o edifício e o integra contundentemente à paisagem dos Cuchumatanes. Assim como os fechamentos, o mobiliário escolhido conforma cada diferente sala. 

Cortesía de Solis Colomer arquitectos
Cortesía de Solis Colomer arquitectos

Por último, buscou-se uma relação com a topografia. Modificando o segundo pavimento, criaram-se desníveis na laje que dão ao usuário uma experiência de transitar por um terreno irregular.

Almejando relacionar topografia, cultura e experiência, o projeto eleva a percepção dos equipamentos educativos em uma área carente.

Cortesía de Solis Colomer arquitectos
Cortesía de Solis Colomer arquitectos

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:Nebaj, Guatemala

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Escola em Nebaj / Solis Colomer Arquitectos" [Escuela en Nebaj / Solis Colomer Arquitectos] 19 Jul 2013. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/01-128327/escola-em-nebaj-slash-solis-colomer-arquitectos> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.