O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Edifícios Institucionais
  4. México
  5. Migdal Arquitectos
  6. 2005
  7. Teatro Auditório Gota de Plata / Migdal Arquitectos

Teatro Auditório Gota de Plata / Migdal Arquitectos

Teatro Auditório Gota de Plata / Migdal Arquitectos
Teatro Auditório Gota de Plata / Migdal Arquitectos, © Paul Czitrom
© Paul Czitrom

© Paul Czitrom © Paul Czitrom © Werner Huthmacher © Werner Huthmacher + 19

  • Projeto

    2003 - 2004
  • Construção

    2004-2005
  • Projeto e direção arquitetônica

    Jaime Varon, Abraham Metta, Alex Metta / Migdal Arquitectos
  • Projeto Estrutural

    ITISA - Impulsora Tlaxcalteca de Industrias, CTC - Ingenieros Civiles
  • Direção e execução do projeto

    ITISA - Impulsora Tlaxcalteca de industrias
  • ITISA - Impulsora Tlaxcalteca de industrias

    ITISA - Impulsora Tlaxcalteca de industrias
  • Coordenação de Projeto

    Governo do Estado de Hidalgo, Helia Carolina Soto, Dir. Gral. INVIDAH (Instituto de Vivienda, Desarrollo Urbano y Asentamientos Humanos)
  • Mais informações Menos informações
© Werner Huthmacher
© Werner Huthmacher

Descrição enviada pela equipe de projeto. Na cidade de Pachuca, Hidalgo, no México, foi criado um novo projeto de desenvolvimento urbano que consiste em variados programas residenciais, comerciais e de serviços em um local da cidade conhecido como "Zona Prata"1 A sociedades Ejido, agências governamentais, e investidores privados cooperaram para tornar possível a realização deste Complexo Cultural e de Serviços.

No âmbito deste projeto, surge a ideia de criar um Parque Cultural de 25 hectares, chamado de "Parque Cultural e de Lazer Ben Gurion".

© Paul Czitrom
© Paul Czitrom

Este parque possui um grande mural no piso, com 80 × 100 metros, criado pelo artista Hidalgo Byron Galvez, como um eixo de composição. Produzido com pequenos pedaços de cerâmica, abrange uma área de 32 mil metros quadrados cheios de cores diferentes. Em torno desta praça há vários espaços: Museu de Arte Contemporânea, Audiorama, Parque de Esculturas, Biblioteca Central do Estado, Centro de Convenções, Museu de Ciências e Tecnologia, Hotel 5 estrelas, e, para terminar, o Teatro Auditório Gota de Plata.

© Paul Czitrom
© Paul Czitrom

O projeto, feito pelos arquitetos Jaime Varon, Abraham Metta e Alex Metta, do Migdal Arquitectos, é um dos principais elementos deste grande conjunto, que situa-se no extremo sul do Parque Cultural e, dada sua posição dentro do complexo, age como um ponto focal neste grande "mar de cores". Daí surge a ideia de refletir a praça mural através de uma cobertura de vidro reflexivo, situada a 25 metros acima do solo e com uma saliência de 40 metros em ambas as extremidades.

Este edifício situa-se em uma plataforma de pedra, e um dos principais objetivos é ser o primeiro ponto de vista a observar tal mural. Sua cortina, ou pano de fundo, é representado por um elemento de pedra que abriga o palco e os bastidores.

© Werner Huthmacher
© Werner Huthmacher

A fachada do Teatro é prata e preta, em homenagem à Zona de Prata, na cidade de Pachuca. Seu interior é revestido em marrons e vermelhos intensos que representam o coração do projeto, um projeto vivo, a lembrança dos grandes teatros de antigamente.

As escadas e rampas funcionam como conectores para manter o fluxo de pessoas constante. O Auditório é adentrado a partir de uma escada externa que conecta a praça com o auditório, e através de uma grande abertura, que serve como a entrada principal localizada na lateral do prédio, que termina em um grande lobby ou foyer. Este serve como um ponto de encontro e um espaço a partir do qual se pode ver a grande praça mural. Graças à alta transparência conseguida na grande parede de vidro totalmente transparente e com os finos montantes de cor prata, o espaço da praça torna-se parte do próprio auditório, criando um espaço visualmente contínuo.

© Paul Czitrom
© Paul Czitrom

Da mesma forma, o Teatro Auditório possui uma varanda no primeiro andar e um terraço exterior, um palco com as dimensões adequadas para qualquer tipo de apresentação, bastidores, camarins, fosso de orquestra, varanda, plateia e estacionamento. Também possui todos os equipamentos necessários para um bom funcionamento de um edifício do tipo.

A construção levou 11 meses. O sistema construtivo baseou-se principalmente em pré-moldados de concreto e pedaços de aço que encurtaram o tempo necessário para completar o trabalho. Foram utilizadas cerca de 1500 toneladas de aço, entre as quais reforços de aço para os 40 metros de balanço, além de vários elementos pré-moldados de concreto, como pilares, vigas, escadas, lajes e paredes.

© Werner Huthmacher
© Werner Huthmacher

Estudos detalhados foram conduzidos sobre as adaptações e recursos necessários para o Teatro Auditório. O projeto de arquitetura acústica foi realizado de acordo com vários estudos que permitiram a definição correta de ângulos e teto no interior do espaço, de modo que desde a voz de uma pessoa ou o som de uma guitarra até uma orquestra sinfônica possa ser ouvido com acústica perfeita a partir de qualquer ponto ou canto da sala. Estes estudos foram realizados com um programa de computador chamado CATT - Acoustic V8-0a, no MIT, em Boston.

Dada à orientação norte do Teatro Auditório, foi possível direcionar os elementos reflexivos da cobertura sem causar qualquer ofuscamento irritante aos pedestres ou veículos. O grande telhado reflete e reinterpreta toda forma mutante, as cores e a textura da praça mural.

Corte longitudinal
Corte longitudinal

1 O Nome dado é em homenagem à exploração de prata nesta área.

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Teatro Auditório Gota de Plata / Migdal Arquitectos" [Teatro Auditorio Gota de Plata / Migdal Arquitectos] 02 Jul 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Helm, Joanna) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/124405/teatro-auditorio-gota-de-plata-slash-migdal-arquitectos> ISSN 0719-8906