O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Estruturas E Instalações
  4. França
  5. Meir Lobaton Corona
  6. 2013
  7. Outside-in / Meir Lobaton Corona + Ulli Heckmann

Outside-in / Meir Lobaton Corona + Ulli Heckmann

Outside-in / Meir Lobaton Corona + Ulli Heckmann
Outside-in / Meir Lobaton Corona + Ulli Heckmann, © Fabio Ferrario
© Fabio Ferrario

© Fabio Ferrario © Fabio Ferrario © Fabio Ferrario © Fabio Ferrario + 14

© Fabio Ferrario
© Fabio Ferrario

Descrição enviada pela equipe de projeto. O sentido no qual mais confiamos é o sentido que menos nos expõe. O sentido que nos coloca em contato direto com a vida é o menos usado. Primeiro vemos. No que vemos, acreditamos, mas é o que não vemos que guarda a verdade sobre o que é, porque permanece inalterado pela nossa interpretação.

Pensamos que toda essa percepção é contida em nosso corpo: O sentido da visão dos nossos olhos, a audição dos ouvidos, o olfato do nariz, o paladar da boca e o toque essencialmente das mãos. Nosso jardim, entitulado "Outside-in", é concebido como um paradoxo visual, um dispositivo que realça  tais condições de modo a fazer os indivíduos perceberem que ao depender somente da visão dependemos da imaginação, ou seja, da interpretação. Em outras palavras, como o sentido da visão pode se tornar um escudo que nos impede de ter uma experiência holística da vida, que envolva todo o corpo e se estenda além dele.

A experiência do jardim inicia quando o visitante se encontra confrontado com um espaço aparentemente vazio; apenas o som dos seus passos sobre a superfície de areia e uma caixa branca minimalista levitando a 60 centímetros do chão complementam sua experiência.

© Fabio Ferrario
© Fabio Ferrario

O volume leve semicúbico de cinco metros de largura por oito de comprimento - definido por uma pele branca translúcida - toma quase um terço da extensão do jardim e funciona como uma tela flutuante na qual um mundo monocromático de sombras é projetado sugerindo a presença do que parece ser um punhado minúsculo e inacessível de floresta confinado. Apenas ao contemplar o interior - seja ajoelhando-se e olhando por baixo ou através dos "olhos-mágicos" dispersos pela superfície branca - o visitante é levado a um espaço ilusório no qual árvores e plantas desaparecem à distância. O efeito é causado através de espelhos posicionados nas quatro faces internas do volume que criam uma floresta aparentemente infinita refletida em todas as direções.

© Fabio Ferrario
© Fabio Ferrario

Como a cena de "Alice no País das Maravilhas" na qual Alice olha pela fechadura de uma pequena porta para um belo jardim, apenas para perceber que não consegue entrar, essa experiência invertida de olhar para fora olhando para dentro é tanto hipnotizante quanto frustrante. Essa experiência vouyerística permite que a presença do espectador nunca interrompa o plano de fundo: a floresta permanece infinita e aprisionada dentro desse salão de espelhos solitário enquanto o visitante é confrontado com o paradoxo de olhar para dentro de uma caixa cujo interior é, na verdade, maior que o seu invólucro.

© Fabio Ferrario
© Fabio Ferrario

"Outside-in" é um jardim dentro de um jardim, um espaço contemplativo, um pequeno universo onde paisagem e arquitetura se fundem para criar uma experiência capaz de levantar questões ao invés de respondê-las, um mecanismo vivo cuja meta é fazer-nos refletir sobre o contraste entre o que sabemos e o que vemos, exigindo de nós uma constante negociação a respeito do vácuo entre realidade física e percepção visual. É uma meditação sobre espaço, luz e a possibilidade do infinito vista através das reflexões ilimitadas de uma narrativa meticulosamente capturada em um mundo de espelhos.

Axonométrica
Axonométrica

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Meir Lobaton Corona
Escritório
Ulli Heckmann
Escritório
Cita: "Outside-in / Meir Lobaton Corona + Ulli Heckmann" [Outside-In / Meir Lobaton Corona + Ulli Heckmann] 15 Jun 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/120115/outside-in-slash-meir-lobaton-corona-plus-ulli-heckmann> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.