O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Estados Unidos
  5. DUDZIK Studios
  6. Casa do Lago Walloon / DUDZIK Studios

Remodelaçao

Apresentado por the MINI Clubman

Casa do Lago Walloon / DUDZIK Studios

Casa do Lago Walloon / DUDZIK Studios
Casa do Lago Walloon / DUDZIK Studios, Cortesia de DUDZIK Studios
Cortesia de DUDZIK Studios

Cortesia de DUDZIK Studios Cortesia de DUDZIK Studios Cortesia de DUDZIK Studios Cortesia de DUDZIK Studios + 18

Cortesia de DUDZIK Studios
Cortesia de DUDZIK Studios

Descrição enviada pela equipe de projeto. A Casa do Lago de Walloon está localizada e nomeada graças ao lindo lago azul no noroeste de Michigan, lago esse que Ernest Hemingway frequentemente passava seus verões. É uma casa de campo de 3.800 metros quadrados que repensou completamente uma pequena estrutura de 1960. A casa original, um vínculo familiar muito querido, foi honrado através do uso extensivo de madeira de árvore conhecida como Douglas Fir, proporcionando intimamente os espaços privados e uma conexão consciente com a paisagem. Diagramaticamente a casa é um volume alongado e um vertical, que parece estar assentado sobre uma base de pedra. Materiais naturais, texturas e as complexidades dos espaços internos aquecem a nitidez deste diagrama. A estrutura cria uma referência arquitetônica junto da materialidade vernacular e combina isso com a nitidez do volume.

Cortesia de DUDZIK Studios
Cortesia de DUDZIK Studios

A rede de espaços internos fez com que fossem combinados, expandidos, e rearranjados para criar transações fluidas. Paredes internas de Madeira Douglas Fir articulam condições do diagrama arquitetônico oferecendo pontos de referência às condições relativas do exterior. Elementos de grande escala em vidro criam uma transição suave entre os espaços internos e externos. Proporcionando maior intimidade aos espaços privados, o baixo pé direito, junto das cortinas de vidro, orienta o olhar para a paisagem. Os interiores foram conceituados para continuamente se relacionar com as estruturas ou fazer referência ao ambiente natural. Apenas uma pequena porcentagem da estrutura original foi possível de ser preservada, no entanto, a nova construção faz referência às condições anteriores e trabalha dentro dos limites da antiga casa de campo. Um dos quais é a altura da cobertura acabada na estrutura original, a cavidade em que o balanço da nova casa precisava ser estruturado é menor que um pé de comprimento. 

Cortesia de DUDZIK Studios
Cortesia de DUDZIK Studios

O mobiliário e os acabamentos foram escolhidos para criar um ambiente que é simultaneamente sofisticado e casual. Como os donos não trouxeram quase nada de seus pertences pessoais da outra casa para esta, as paisagens interiores puderam ser compostas como os volumes externos arquitetônicos. A narrativa recolhida de mobiliário moderno, com acessórios avant-garde vintage e também históricos cria conforto através de camadas visuais. Huzza de Harbor Springs foi uma fonte primária para os acessórios interiores. DUDZIK Studios também são responsáveis por uma série de móveis da casa, incluindo a mesa no escritório. Outra parte do mobiliário é assinado por Roche Bobois, Minotti, Flou e Team Seven. Esses foram combinados com carpetes significativamente históricos em referência ao espírito da área do entorno que foi popularizado em tempos Vitorianos.

Cortesia de DUDZIK Studios
Cortesia de DUDZIK Studios

DUDZIK Studio acredita que "a linguagem e sua subsequente tradução arquitetônica devem pronunciar um senso sofisticado de equilíbrio que celebra a habilidade do projeto em provocar e incitar, em estimular o frutífero  diálogo direto e complexo, o trabalho de rendimento que ao mesmo tempo enfrenta e conecta. Nosso papel é analisar, articular e apresentar conhecimento. Essa habilidade de simplificar e expressar é a chave para a atual complexidade da paisagem. Com o fluxo irrestrito de informações, bens e ideias entre todas as fronteiras concebíveis e conseqüente formação de uma cultura verdadeiramente global, nossas estruturas sociais são inevitavelmente cada vez mais complexas. Em meio a um ataque de fatos e números, a combinação problemática da inovação e tradição; a libertação, às vezes afeto à caótica e constante evolução da mídia eletrônica; Estamos participando do próximo grande desafio nos futuros Projetos: criar em uma plataforma ambiental e socialmente sustentável, sem sacrificar a riqueza de um mundo altamente conectado".

Corte
Corte

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
DUDZIK Studios
Escritório
Cita: "Casa do Lago Walloon / DUDZIK Studios" [Walloon Lake House / DUDZIK Studios] 23 Mai 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Delaqua, Victor) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/115552/casa-do-lago-walloon-slash-dudzik-studios> ISSN 0719-8906