O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Recreação E Treinamento
  4. Espanha
  5. Arantxa Manrique + Yaiza Terré
  6. 2011
  7. Centro de Criação Artística Hangar / Yaiza Terré + Arantxa Manrique

Centro de Criação Artística Hangar / Yaiza Terré + Arantxa Manrique

Centro de Criação Artística Hangar / Yaiza Terré + Arantxa Manrique
© Adrià Goula
© Adrià Goula
  • Arquitetos

  • Localização

    Carrer d'Espronceda, 165, 08018 Barcelona, Espanha
  • Colaboradores

    Static ingenieria s.a.p., Aia installacions arquitectòniques, Sergi Perez Cobos, Fpa ferran pelegrina i ass, I2a.
  • Área

    82884.0 sqm
  • Ano do projeto

    2011
  • Fotografias

© Adrià Goula © Adrià Goula © Adrià Goula © Adrià Goula + 27

© Adrià Goula
© Adrià Goula

Descrição enviada pela equipe de projeto. O projeto é parte do programa "Fàbriques per la Creació", promovido pela prefeitura de Barcelona para reativar antigos espaços industriais em desuso da cidade e transformá-los em centros de produção artística.

© Adrià Goula
© Adrià Goula

Hangar é um centro de criação de artes visuais situado desde 1997 numa antiga indústria do recinto fabril de Can Ricart.

© Adrià Goula
© Adrià Goula

Can Ricart, datado de 1854, é um dos primeiros recintos fabris de estampação mecânica de tecidos de algodão na Catalunha. Está situado junto do Parque Central e orientado de acordo com o eixo industrial de Pere IV, junto com Oliva Artés, Ca l'Alier, a Escocesa, e Ca l'Illa. O complexo está formado por várias edificações que possuem um neoclássico estiloso e uma série de espaços verdes que dialogam entre si. O grupo é de grande interesse pois recai no estilismo unitário das peças que o compõe, ou seja, na analogia de suas formas, ritmos e disposições espaciais.

© Adrià Goula
© Adrià Goula

O objetivo desta primeira fase é a expansão do centro em dois edifícios em abandonados localizados ao lado de Hangar.

© Adrià Goula
© Adrià Goula

O ponto de partida desta intervenção é o respeito. O caráter e qualidades físicas dos edifícios existentes são reinterpretados, mas não modificados. As cicatrizes sofridas ao longo do tempo a partir de prévias intervenções são mantidas e os resultantes da nova renovação são adicionados a elas.

© Adrià Goula
© Adrià Goula

O objetivo é fazer com que os edifícios sejam utilizáveis com o mínimo de intervenção e de custo econômico possível. Para fazer isso, um novo elemento está estrategicamente introduzido, "o módulo", que é, por natureza, comunitário porém personalizável, de acordo com o espaço que ocupa. O contraponto do espaço existente, onde não houve intervenções, e os diferentes elementos introduzidos cria um diálogo constante entre o velho e o novo.

© Adrià Goula
© Adrià Goula

Um sistema modular metálico é projetado e pensado em camadas. O esqueleto é feito de uma estrutura do tipo rede de vigas e pilares, revestido em seu interior com painéis de gesso para um melhor isolamento térmico, ou de quadros de metal com vidro, e para o exterior há uma subestrutura de perfis metálicos que possuem placas perfuradas e que conformam os corrimãos.

© Adrià Goula
© Adrià Goula

Cada módulo complementa o espaço aberto, no qual estão inseridos, conferindo-lhe o necessário isolamento acústico ou visual. O teto do módulo pode ser pisado a fim de tirar proveito da altura dos edifícios, permitindo uma relação visual entre o espaço aberto e adicionando uma superfície a uma altura intermédia.

Planta
Planta

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Arantxa Manrique + Yaiza Terré
Escritório
Cita: "Centro de Criação Artística Hangar / Yaiza Terré + Arantxa Manrique" [Hangar Artistic Creation Centre / Yaiza Terré + Arantxa Manrique] 13 Mai 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Delaqua, Victor) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/113363/centro-de-criacao-artistica-hangar-slash-yaiza-terre-plus-arantxa-manrique> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.