O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Arquitetura Industrial
  4. Espanha
  5. aldayjover
  6. 2012
  7. Centro de Interpretação da Agricultura e da Pecuária / aldayjover

Centro de Interpretação da Agricultura e da Pecuária / aldayjover

Centro de Interpretação da Agricultura e da Pecuária / aldayjover
Centro de Interpretação da Agricultura e da Pecuária / aldayjover, © Jordi Bernadó
© Jordi Bernadó

© Jordi Bernadó © Jordi Bernadó © Pedro Pegenaute © Jordi Bernadó + 11

Descrição enviada pela equipe de projeto. A Fundação Agrícola Fundagro é uma instituição de fomento e difusão do cultivo ecológico assim como de recuperação da biodiversidade em sementes locais de hortaliças. Esta Fundação Agrícola se localiza no Parque de Aranzadi que é fruto da recuperação de um meandro do rio Arga no curso alto da Bacia do Ebro ao passar por Pamplona, fortemente antropizado ao longo do século XX onde equipamentos esportivos, religiosos e sociais assim como terrenos privados com construções domésticas e finalmente aportes de terras para proteger do rio e o cultivo intensivo de hortas havia se afastado da morfologia e paisagem do ideal para um meandro natural. O processo de transformação do meandro antropizado de Aranzadi em um Parque urbano uma vez desapropriado por parte da Prefeitura de Pamplona é um projeto de recuperação cujo eixo central é a negociação entre duas categorias de valores, que são os socio-culturais vinculados a horta ecológica e os próprios valores das dinâmicas naturais/fluviais vinculadas  todo meandro.

© Pedro Pegenaute
© Pedro Pegenaute

O Parque de Aranzazi está situado ao norte do centro antigo de Pamplona e ao pé do magnífico conjunto murado construído entre os séculos XVI e XVII. Com o crescimento extramuros da cidade na margem oposta do rio Arga com as extensões de Chantrea e Rachapea o meandro fica rodeado de cidade e submetido a uma grande pressão urbana.

© Pedro Pegenaute
© Pedro Pegenaute

No contexto cultural e social de Pamplona, o Parque público de Aranzadi tem a vontade de manter o caráter da paisagem agrícola conciliando-a com a funcionalidade hidráulica; consequentemente, o edifício da Fundação inserido nesta paisagem surge com uma única planta cuja materialização esta próxima da configuração das estufas. Neste afã de integração, se utiliza uma paleta material de policarbonato, vidro, tela de sombreamento de estufas, estrutura leve e plantação de trepadeiras.

© Jordi Bernadó
© Jordi Bernadó

Três naves largas separadas entre si e articuladas através de um vestíbulo formam um edifício que se deposita sobre uma base de concreto elevado um metro acima do terreno resguardando-se assim parcialmente das inundações. Todo o conjunto arquitetônico se instala entre muros velhos de pedra que se manipulam por razões hidráulicas, arquitetônicas e paisagísticas. Um programa de aulas, um espaço de restauração associado ao produto da horta, um espaço expositivo e finalmente alguns escritórios formam essencialmente o programa.

© Jordi Bernadó
© Jordi Bernadó

Uma instalação própria de geotermia permite intercambiar calor e frio com a água do rio quando as coberturas captam o sol no inverno esquentando o ar, ou se levantam deixando a câmara da cobertura aberta para ventilar no verão. Da mesma maneira que as estufas próximas, ambos sistemas buscam a máxima autosuficiência energética.

© Pedro Pegenaute
© Pedro Pegenaute

Na mesma linha de integração, se reutiliza alguma construção existente como a Casa Gurbindo que se converte em um espaço expositivo depois de esvazia seu interior de pavimentos e revestimentos.

© Jordi Bernadó
© Jordi Bernadó

O antigo espaço doméstico de pequena escala da casa Gurbindo é substituído por espaços diáfanos organizados ao redor de uma árvore de aço que busca a clarabóia piramidal existente no ponto mais alto da cobertura de quatro águas enquanto constitui-se como a nova estrutura de suporte da casa junto aos muros.

© Jordi Bernadó
© Jordi Bernadó

Um grande móvel de madeira ocupa toda a fachada principal em largura e altura e permite através de trechos curtos de escadas manter a relação com as sacadas existentes recriando pequenas estâncias com prateleiras e bancos ao longo do percurso entre as duas plantas.

Planta Baixa
Planta Baixa

Aranzadi vai mudar mantendo o essencial de seu caráter. Manterá a horta que deu forma tanto que faz espaço para seu rio até agora encaixotado, e para o espaço público e os cidadãos. O Centro de Interpretação da Agricultura estabelece uma ponte entre dois mundos ocupando-se de gestionar a horta, educar aos cidadãos e profissionais, conservar as espécies autóctones e garantir pela manutenção e o desenvolvimento das técnicas de cultivo orgânico, das que Aranzadi foi pioneira na Espanha ha várias décadas.

Corte
Corte

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
aldayjover
Escritório
Cita: "Centro de Interpretação da Agricultura e da Pecuária / aldayjover" [Centro De Interpretación De La Agricultura Y La Ganadería / aldayjover] 26 Abr 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Alves, Jorge) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/110529/centro-de-interpretacao-da-agricultura-e-da-pecuaria-slash-aldayjover> ISSN 0719-8906