ARCH-EXIST

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE FOTÓGRAFO

Edifício Cultural Woyun em Longmenshan / Archermit

Edifício Cultural Woyun em Longmenshan / ArchermitEdifício Cultural Woyun em Longmenshan / ArchermitEdifício Cultural Woyun em Longmenshan / ArchermitEdifício Cultural Woyun em Longmenshan / Archermit+ 37

  • Arquitetos: Archermit
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  2210
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2021

Como os espaços arquitetônicos podem ser para todos?

A essência da democracia é o autogoverno e a autonomia do povo, com base em seus próprios direitos. Suas características são demonstradas na igualdade e na participação. Se democracia significa um modo de vida pública mais equitativo na arquitetura, então esse modo de vida depende da homogeneização da estrutura espacial do edifício, com espaços públicos abertos, transparentes e com diversas funções. Também é possível argumentar que o nascimento, a manutenção e o desaparecimento da democracia ocorreram no espaço público.

O regime democrático de Atenas começou no século VI a.C. A praça tornou-se um ponto de encontro, um símbolo da política democrática da arquitetura. Embora o acesso das pessoas à assembleia tenha se tornado mais amplo e prático com o avanço da tecnologia, a existência do espaço público na cidade permanece crítica, representando as demandas espaciais dos direitos públicos dos cidadãos além das condições básicas de sobrevivência e cumprindo uma importante função espiritual de expressar a democracia. Isso posto, como a arquitetura pode ser democrática? Como podemos perceber o caráter público da arquitetura?

Como os espaços arquitetônicos podem ser para todos?Como os espaços arquitetônicos podem ser para todos?Como os espaços arquitetônicos podem ser para todos?Como os espaços arquitetônicos podem ser para todos?+ 19

O conceito de arquitetura no contexto estético chinês

A estética ocidental baseia-se na análise matemática da estrutura formal de um objeto, usando leis clássicas de beleza, como equilíbrio, simetria e a proporção áurea. A estética oriental difere nisso, pois enfatiza a experiência intuitiva, como o espaço em branco na pintura tradicional chinesa, através da comunicação emocional com o imaginário para produzir uma certa concepção. O contraste entre a realidade e o vazio permite que a imaginação e os sentimentos do espectador floresçam.

O conceito de arquitetura no contexto estético chinêsO conceito de arquitetura no contexto estético chinêsO conceito de arquitetura no contexto estético chinêsO conceito de arquitetura no contexto estético chinês+ 17

Centro Cultural dos Trabalhadores de Longyan / Tianjin HHDesign

Centro Cultural dos Trabalhadores de Longyan / Tianjin HHDesignCentro Cultural dos Trabalhadores de Longyan / Tianjin HHDesignCentro Cultural dos Trabalhadores de Longyan / Tianjin HHDesignCentro Cultural dos Trabalhadores de Longyan / Tianjin HHDesign+ 58

  • Arquitetos: Tianjin HHDesign
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  48050
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2021

Jardim Le Meridien / Shma Company Limited

Jardim Le Meridien / Shma Company LimitedJardim Le Meridien / Shma Company LimitedJardim Le Meridien / Shma Company LimitedJardim Le Meridien / Shma Company Limited+ 23

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  6000
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2019

Corredor paisagístico de Dongan Lake Sports Park / Atelier sq

Corredor paisagístico de Dongan Lake Sports Park / Atelier sqCorredor paisagístico de Dongan Lake Sports Park / Atelier sqCorredor paisagístico de Dongan Lake Sports Park / Atelier sqCorredor paisagístico de Dongan Lake Sports Park / Atelier sq+ 23

Chengdu, China
  • Arquitetos: Atelier sq
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  3
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2022
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  ANSTEEL Group

Centro de Congressos de Empreendedores de Yabuli / MAD Architects

Centro de Congressos de Empreendedores de Yabuli  / MAD ArchitectsCentro de Congressos de Empreendedores de Yabuli  / MAD ArchitectsCentro de Congressos de Empreendedores de Yabuli  / MAD ArchitectsCentro de Congressos de Empreendedores de Yabuli  / MAD Architects+ 23

  • Arquitetos: MAD Architects
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  16
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2020

O oceano acima de nós: planetários e a experiência imersiva da arquitetura

Os planetários são projetados para descoberta e exploração. Criados em torno de experiências imersivas, estes projetos atraem nossa imaginação para novos mundos. Como centros de educação e entretenimento, eles também reúnem as pessoas. Hoje, arquitetos e designers estão reimaginando o que o planetário moderno pode se tornar e, por sua vez, estão inspirando novas investigações sobre o universo e o vasto oceano acima de nós.

O oceano acima de nós: planetários e a experiência imersiva da arquiteturaO oceano acima de nós: planetários e a experiência imersiva da arquiteturaO oceano acima de nós: planetários e a experiência imersiva da arquiteturaO oceano acima de nós: planetários e a experiência imersiva da arquitetura+ 9

Torre Panda / UDG. Atelier Alpha

Torre Panda / UDG. Atelier AlphaTorre Panda / UDG. Atelier AlphaTorre Panda / UDG. Atelier AlphaTorre Panda / UDG. Atelier Alpha+ 58

  • Arquitetos: UDG. Atelier Alpha
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  4
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2021
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  倍立达, 四吉达, 成都美辉玻钢制品有限公司, 泛金

Complexo de Escritórios Luxelakes / Vector Architects

Pátio Vertical. Imagem © Hao Chen
Pátio Vertical. Imagem © Hao Chen

Complexo de Escritórios Luxelakes / Vector ArchitectsComplexo de Escritórios Luxelakes / Vector ArchitectsComplexo de Escritórios Luxelakes / Vector ArchitectsComplexo de Escritórios Luxelakes / Vector Architects+ 51

  • Arquitetos: Vector Architects
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  70463
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2021

Os melhores projetos de arquitetura de 2021

Os melhores projetos de arquitetura de 2021Os melhores projetos de arquitetura de 2021Os melhores projetos de arquitetura de 2021Os melhores projetos de arquitetura de 2021+ 101

Os mais de 5000 novos projetos publicados ao longo de 2021 fazem do ArchDaily a maior bilioteca online de arquitetura do mundo. A equipe curatorial do ArchDaily pesquisa, contata escritórios, prepara e apresenta projetos construídos em todo o mundo diariamente com o objetivo de oferecer inspiração, conhecimento e ferramentas aos nossos leitores que contribuem na criação de melhores ambientes construídos. 

História antiga: o legado dos monumentos e memoriais da China

Poucos países apresentam uma história viva como a China. Da icônica Cidade Proibida a diversas paisagens e estilos de construção, a China possui um rico legado cultural e arquitetônico. Maior mercado de construção do mundo, o país continua investindo em novos projetos. Ao mesmo tempo, essa rápida urbanização e desenvolvimento acelerado é justaposto a locais de construção antigos entrelaçados com camadas de história e memória coletiva.

História antiga: o legado dos monumentos e memoriais da ChinaHistória antiga: o legado dos monumentos e memoriais da ChinaHistória antiga: o legado dos monumentos e memoriais da ChinaHistória antiga: o legado dos monumentos e memoriais da China+ 10

Espaço Público Multiuso - Comunidade de Jincheng / Studio Dali Architects

Espaço Público Multiuso - Comunidade de Jincheng / Studio Dali ArchitectsEspaço Público Multiuso - Comunidade de Jincheng / Studio Dali ArchitectsEspaço Público Multiuso - Comunidade de Jincheng / Studio Dali ArchitectsEspaço Público Multiuso - Comunidade de Jincheng / Studio Dali Architects+ 31

Chengdu, China
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  520
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2020

Renovação Hotel Brickyard / IILab.

© Arch-Exist
© Arch-Exist

Renovação Hotel Brickyard / IILab.Renovação Hotel Brickyard / IILab.Renovação Hotel Brickyard / IILab.Renovação Hotel Brickyard / IILab.+ 32

  • Arquitetos: llLab.
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  1146
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2021

Reforma da Loja DressingForFun / NTYPE

Reforma da Loja DressingForFun / NTYPEReforma da Loja DressingForFun / NTYPEReforma da Loja DressingForFun / NTYPEReforma da Loja DressingForFun / NTYPE+ 22

  • Arquitetos: NTYPE
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  235
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2021
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  KALDEBEND, 五湖牌水泥, 德阳鑫荣钢化玻璃

Centro Comunitário YuanJue Si / Zaixing Architectural Design

Centro Comunitário YuanJue Si / Zaixing Architectural DesignCentro Comunitário YuanJue Si / Zaixing Architectural DesignCentro Comunitário YuanJue Si / Zaixing Architectural DesignCentro Comunitário YuanJue Si / Zaixing Architectural Design+ 24

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  420
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2019
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  丁知竹成都文化创意有限公司

As megacidades do futuro também podem se tornar inteligentes?

Cidades estão tão profundamente enraizadas na história da humanidade que dificilmente nos perguntamos por que vivemos nelas ou qual a razão de nos agruparmos em assentamentos urbanos. Ciro Pirondi, arquiteto brasileiro, aponta que vivemos em cidades porque gostamos de ter alguém para conversar, enquanto Paulo Mendes da Rocha classifica a cidade como “a suprema obra da arquitetura”. A cidade é o mundo que o homem constrói para si próprio. Tratam-se de imensas construções coletivas, palimpsestos, colagens de camadas de histórias, realizações, conquistas e perdas.  

Já somos majoritariamente urbanos desde 2007. E a porcentagem deve chegar a 70% de pessoas vivendo em cidades em 2050. Nos próximos anos, megacidades com mais de 10 milhões de habitantes deverão se multiplicar, principalmente na Ásia e na África, muitas delas em países em desenvolvimento. Tal projeção levanta o alerta em relação à sustentabilidade e às mudanças climáticas que as cidades catalisam. E, claro, sobre como possibilitar a qualidade de vida a seus habitantes e de que forma eles poderão prosperar e se desenvolver em contextos que, muitas vezes, não são os ideais. Como esses assentamentos urbanos receberão este aporte da população? Enquanto seus centros antigos demandarão transformações e atualizações, suas periferias exigirão o projeto de novas residências e equipamentos públicos, além de infraestruturas adequadas. Como esse processo pode ajudar os centros urbanos a se tornarem inteligentes, utilizando de forma criativa e eficiente a tecnologia já disponível a favor de seus habitantes?