Pagina inicial

Conheça a história por trás da nova identidade da nossa marca

Saiba mais

Casa Ibsen / Matheus Farah + Manoel Maia Arquitetura

Casa Ibsen / Matheus Farah + Manoel Maia Arquitetura

© Fran Parente© Fran Parente© Fran Parente© Fran Parente+ 42

São Paulo, Brasil
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  1280
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2020
  • Fotógrafo
    Fotografias:  Fran Parente
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Mekal, Arthur Decor, Basic Elevadores, Casual Móveis, Deca, Dpot, Estilo Inglês, Gaggenau, Kiko Esquadrias, Metalbagno, Nordic Structures, Plancus, Punto, RB Pisos, Securit, Spinelli, Tresuno, Tuboar, Valcucine, Viking, +2
Mais informaçõesMenos informações
© Fran Parente
© Fran Parente

Descrição enviada pela equipe de projeto. A Casa Ibsen foi pensada para proporcionar momentos compartilhados sem abrir mão da privacidade. Em uma planta funcional e integrada, a arquitetura conta com recursos que, ao mesmo tempo em que criam oportunidades de convivência, garantem a discrição e o zelo pela intimidade.

© Fran Parente
© Fran Parente
Planta baixa térreo
Planta baixa térreo
© Fran Parente
© Fran Parente

O projeto chama a atenção por quase não dispor de paredes fixas. No lugar delas, imensos jardins verticais e amplos painéis de correr dividem os espaços. Assim, busca-se oferecer espaços híbridos que ora servem como cenário de encontros, ora transmitem a tranquilidade de um lar.

© Fran Parente
© Fran Parente

O projeto foi implantado em uma região residencial da cidade de São Paulo. Apesar da imponência dos blocos, trata-se de um conjunto de volumes em relação de harmonia e respeito com o entorno.

© Fran Parente
© Fran Parente

Tomou-se como ponto de partida o desenho da piscina, encarada como o centro da residência. Esta foi pensada de modo a ser vista de praticamente todos os cômodos da casa, assumindo um lugar que é, ao mesmo tempo, interior e exterior.

© Fran Parente
© Fran Parente

Sobre a piscina, está a suíte principal, com uma extensa abertura do piso ao teto, que tanto escancara quanto esconde os ambientes. O interior do cômodo é resguardado por um amplo painel de madeira ripada que desliza horizontalmente, permitindo o fechamento total da abertura. Quando aberto, o painel remove qualquer obstáculo entre o quarto e a piscina e a moldura que sustenta a estrutura se torna um deck suspenso. O jardim vertical posicionado do lado oposto à suíte completa a vista ao mesmo tempo em que resguarda a privacidade do cômodo.

© Fran Parente
© Fran Parente

No nível térreo, onde se localiza a piscina, há de um lado um solarium equipado com quatro generosas chaises, cercadas por um paisagismo exuberante e tropical. Do outro lado, está o bloco social composto pelos ambientes de estar e de jantar. A possibilidade de abertura total para a área da piscina faz com que os espaços se conectem, permitindo ventilação e iluminação naturais abundantes.

© Fran Parente
© Fran Parente

No bloco social, os painéis que deslizam horizontalmente até sua abertura completa foram posicionados em duas séries de trilhos longitudinais, atuando também como divisória. No nível superior, outra caixa revestida por madeira guarda o escritório, com painéis que novamente oferecem abertura total para as salas térreas.

© Fran Parente
© Fran Parente
© Fran Parente
© Fran Parente

Um rooftop ajardinado localizado acima do bloco social complementa as áreas de estar e lazer da residência, estabelecendo um diálogo com o entorno e oferecendo uma vista privilegiada do bairro. Equipado com jacuzzi, chaises e mesa de jantar, o terraço conta também com vista para a piscina e se conecta com um amplo solarium criado sobre o bloco onde se localiza a suíte principal. Sobre ela, ficam os quartos de hóspedes e demais dependências privativas, cujas amplas janelas também se abrem para a piscina.

© Fran Parente
© Fran Parente
Planta baixa segundo pavimento
Planta baixa segundo pavimento
Corte A
Corte A
© Fran Parente
© Fran Parente

No subsolo, encontra-se a área mais reservada da residência, denominada Redroom: um espaço com iluminação especial e tratamento acústico para criar a ambientação ideal para festas. Os neons vermelhos compõem uma identidade particular que se distingue de todo o restante da casa. O piso inferior conta ainda com espaço fitness e ampla garagem.

© Fran Parente
© Fran Parente

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Casa Ibsen / Matheus Farah + Manoel Maia Arquitetura" 12 Ago 2021. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/966625/casa-ibsen-matheus-farah-plus-manoel-maia-arquitetura> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.