Casa Chã / Krafna

Casa Chã / Krafna

© Fábio Veríssimo Santos© Fábio Veríssimo Santos© Fábio Veríssimo SantosCortesia de Krafna+ 22

  • Arquitetos: Krafna
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  45
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2018
  • Fotógrafo Fotografias:  Fábio Veríssimo Santos
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: AutoDesk, CLIMAR, Efapel, Sosoares
  • Arquitetos Responsáveis:Carolina Leite, Ricardo Mendes
  • Equipe:Krafna
  • Cidade:São Roque
  • País:Portugal
Mais informaçõesMenos informações
Cortesia de Krafna
Cortesia de Krafna

Descrição enviada pela equipe de projeto. A casa chã era um desses edifícios modestos em pedra irregular, que outrora povoavam toda a zona rural de Oliveira de Azeméis. Construído anonimamente e com poucos recursos numa zona de vinha e lavoura, não havia nada de particularmente interessante no edifício, porém ao cliente parecera-lhe uma pena deixá-lo ‘cair em ruína’. 

© Fábio Veríssimo Santos
© Fábio Veríssimo Santos
Axonometria
Axonometria
© Fábio Veríssimo Santos
© Fábio Veríssimo Santos

Assim partimos sem programa, divididos entre o desafio de conservar e a vontade de revolucionar própria da idade, imaginámos um pequeno pavilhão de campo. Transpusemos a nossa divisão ideológica em projeto decidindo conservar o máximo do invólucro existente no exterior - a sua relação com a paisagem, as suas aberturas irregulares, o seu ar ingénuo – enquanto no interior nos permitimos a exercitar a nossa liberdade criativa. A pequena casa, com a sua volumetria simples e proliferação de vãos assemelhava-se a uma ilustração infantil, parecendo espreitar curiosamente a estrada, através de uma janela quadrangular. 

© Fábio Veríssimo Santos
© Fábio Veríssimo Santos

A pedra, que o tempo deixara à vista, entranhara-se já no imaginário do cliente e nenhuma evidência histórica apresentada o convenceria a deixar rebocar novamente essas paredes. Resignados, aceitámos a pedra como um tema, que repetimos no pavimento em muros e muretes, deixando ao relvado verdejante o papel de colorir esta paisagem. 

© Fábio Veríssimo Santos
© Fábio Veríssimo Santos

Ao entrar finalmente na casa, abandona-se por completo o universo pitoresco exterior e entra-se num espaço amplo que se pretendeu cosmopolita e sofisticado, do qual a cozinha é o epicentro. As pequenas janelas que pareciam irregulares vistas pelo exterior, revelam fazer parte de uma composição rigorosamente simétrica. Quebrando esta composição clássica, existe uma janela espia, irreverentemente rodada 45 graus. 

© Fábio Veríssimo Santos
© Fábio Veríssimo Santos

O espaço da casa, aparentemente continuo e exíguo, foi desenhado com pequenos recantos e esconderijos para os utilizadores mais atentos e curiosos. Oculta pelo volume da cozinha, existe a escadaria de acesso ao mezanino, enquanto por sua vez a casa de banho esconde-se por de trás de uma porta revestida a espelho. Na lógica de um lugar informal para passar o m-de-semana, onde se abandona a velocidade da cidade e se prepara para os dias que virão. 

© Fábio Veríssimo Santos
© Fábio Veríssimo Santos

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Escritório
Cita: "Casa Chã / Krafna" 04 Ago 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/945025/casa-cha-krafna> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.