Casa do Lago Huron / SAOTA

Casa do Lago Huron / SAOTA

© Adam Letch© Adam Letch© Adam Letch© Adam Letch+ 35

  • Arquitetos: SAOTA
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  1
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2019
  • Fotógrafo Fotografias:  Adam Letch
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Neolith, OKHA
  • Arquiteto Responsável:SAOTA
  • Equipe De Projeto:Mark Bullivant, Johan Basson, Paulina Paz
  • Arquiteto Aprovação:Matter Architectural Studio Incorporated
  • Engenheiro Estrutural:Concentric Engineering
  • Engenheiro Elétrico:Capson Electrical
  • Construtora:MCI Design-Build Corporation
  • Paisagismo:MHLA Incorporated
  • Projeto Luminotécnico:SAOTA with assistance from Lux Populi
  • Projeto De Interiores:ARRCC
  • Registro:Graham Wood
  • País:Canadá
Mais informaçõesMenos informações
© Adam Letch
© Adam Letch

Descrição enviada pela equipe de projeto. Esta casa de veraneio fica localizada nas margens do Lago Huron, em uma pequena e remota cidade canadense a cerca de uma hora de carro de London, Ontário. Embora o contexto arquitetônico local possa ser um pouco conservador, e até caracterizado como o "país das cabanas", esta casa tenta estender as possibilidades do retiro familiar à beira do lago tradicional. Enquanto explora novas maneiras de aprimorar a experiência de estilo do vida de uma casa de veraneio, o projeto, com uma abordagem arquitetônica contemporânea, aproveita os desenvolvimentos recentes em arquitetura, tecnologia e sustentabilidade, de forma a se conectar de maneira significativa com suas belas paisagens naturais.

© Adam Letch
© Adam Letch
Planta - Pavimento Térreo
Planta - Pavimento Térreo
© Adam Letch
© Adam Letch

Embora a abordagem estética adotada pelo escritório de arquitetura SAOTA, com sede na Cidade do Cabo, possa apresentar um afastamento radical da arquitetura regional tradicional, os arquitetos tomaram muito cuidado para manter a residência discreta à sua configuração, enquanto ainda promovem uma declaração arquitetônica.

© Adam Letch
© Adam Letch

O terreno, situado em um talude de transição entre o lago e a floresta, possui um desnível de 3,5 metros em relação à cota da estrada, atingindo o lago para configurar um jardim no embasamento. O edifício foi recuado na propriedade, de forma a preservar o penhasco natural. A casa é em grande parte escondida pelos pinheiros ao redor, aparecendo como uma simples caixa de pedra, que flutua sem esforço entre os troncos das árvores. A parte posterior da residência, voltada para o Lago Huron, se dissolve em uma parede de vidro de dois pavimentos, que permite o acesso de luz natural para o interior.

© Adam Letch
© Adam Letch
Planta - Primeiro Pavimento
Planta - Primeiro Pavimento
© Adam Letch
© Adam Letch

Conceitualmente, o projeto consiste em uma série de caixas empilhadas e suspensas, uma incorporando o edifício no plano do solo, a outra suspensa ao alto para permitir que o espaço social exista entre os volumes. Um volume interno/externo ao sul ancora o edifício e maximiza as vistas à beira do lago, permitindo que os espaços de estar ocupem o primeiro plano. Uma série de quartos é projetada no sentindo inverso acima da garagem.

© Adam Letch
© Adam Letch

A forma com que construção é ocultada da rua, protege as vistas do lago e ajuda a criar um suspense no acesso principal, apenas para satisfazer a sensação de antecipação na entrada pela grande porta pivotante. Do limiar, um dramático átrio de pé direito triplo permite a entrada de luz natural e destaca a paisagem.

© Adam Letch
© Adam Letch
Cortes B e C
Cortes B e C
© Adam Letch
© Adam Letch

Respondendo ao briefing do cliente, os espaços são fluidos, os pavimentos fáceis de circular e o layout simples e bem estruturado, permitindo uma atmosfera casual. O vasto volume central é sutilmente contrastado com os volumes mais íntimos e contidos da cozinha e de outros cômodos, para uma experiência espacial variada e bem articulada.

© Adam Letch
© Adam Letch

O pavimento superior é totalmente privativo aos proprietários, abrigando a suíte master, um escritório e uma academia. Na fachada da casa, uma área de entretenimento coberta ao ar livre limita a piscina. Uma calçada e uma escada guiam o usuário até uma cabana reformada, que antecedeu a casa e agora abriga uma suíte de hóspedes e uma área de entretenimento adicional.

© Adam Letch
© Adam Letch
Elevações - Norte e Sul
Elevações - Norte e Sul
© Adam Letch
© Adam Letch

O cômodo favorito do cliente é a sala de máquinas, no pavimento inferior, que abriga toda a infraestrutura de serviços da construção. Um sistema de automação predial (BAS) de nível comercial controla e monitora a casa, garantindo o desempenho ideal em todos os momentos. Um painel solar de 15kw fornece energia para a casa e o excesso de energia é regularmente alimentado de volta à rede elétrica, para crédito e uso posterior. A infraestrutura municipal limitada para águas pluviais e esgotos resultou em um sistema subterrâneo de águas pluviais na propriedade, que pode suportar uma tempestade de 100 anos e um sistema séptico eco-flo, para tratar todos os requisitos de esgoto no local.

© Adam Letch
© Adam Letch

Os revestimentos, externos e internos, favorecem um sistema de painéis de cerâmica, robustos e resistentes o suficiente para suportar o extremo clima canadense, que, somado a eficiência energética da casa, a longevidade da construção e de seus materiais, componentes e acessórios contribuem para a sua sustentabilidade.

O projeto de interiores foi realizado pela ARRCC, a divisão de interiores da SAOTA.

© Adam Letch
© Adam Letch

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Escritório
Cita: "Casa do Lago Huron / SAOTA" [Lake Huron House / SAOTA] 09 Jun 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/941183/casa-do-lago-huron-saota> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.