Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Portugal
  5. Orgânica Arquitectura
  6. 2018
  7. Duas casas na Calçada dos Mestres / Orgânica Arquitectura

Duas casas na Calçada dos Mestres / Orgânica Arquitectura

  • 05:00 - 11 Fevereiro, 2019
  • Curadoria de Matheus Pereira
Duas casas na Calçada dos Mestres / Orgânica Arquitectura
Duas casas na Calçada dos Mestres / Orgânica Arquitectura, © Do Mal o Menos
© Do Mal o Menos

© Do Mal o Menos © Do Mal o Menos © Do Mal o Menos © Do Mal o Menos + 42

  • Colaboração

    José Roque, Gary Barber, José Santos, Carlos Paulo, Ruben Lourenço, Vitor Sá, João Cordeiro
  • Estrutura, Águas, Esgotos e Gás - CSAP

    Cristina Pimenta
  • Electricidade ITED, Térmica

    Sala de Desenho
  • Engenharias

    Rui Martins
  • Mais informações Menos informações

Descrição enviada pela equipe de projeto
O atelier Orgânica acabou de concluir as obras de reabilitação das duas casas geminadas no bairro da Calçada dos Mestres, junto ao Aqueduto das Águas Livres, em Lisboa. As casas ficam situadas num bairro originalmente de gênese social, onde as ruas não têm nome e a toponímia é meramente numérica.

© Do Mal o Menos
© Do Mal o Menos

Situam-se na chamada Rua Um, onde a presença do Aqueduto das Águas Livres, que atravessa o bairro em direção ao vale de Alcântara, é predominante. Aqui foi construído, no século XIX, o Bairro Novo de Campolide e já no período de 1940-1943, a sul da Calçada dos Mestres, foi erguido o Bairro Social da Calçada dos Mestres.

© Do Mal o Menos
© Do Mal o Menos

O projeto consistiu na alteração e ampliação das casas existentes introduzindo uma nova organização espacial de acordo com as exigências da vida presente.

© Do Mal o Menos
© Do Mal o Menos
Corte 01
Corte 01

Mas não foi só o interior a modificar-se. A partir do interior rasgam-se janelas do chão ao teto que procuram na fachada múltiplas direções, por inflexões das paredes. Estas novas aberturas são mecanismos que captam enquadramentos e aspetos especiais da paisagem e, ao mesmo tempo, de forma inversa, prolongam o espaço do habitar. As casas distinguem-se apenas pelas cores das portas de entrada e das floreiras.

© Do Mal o Menos
© Do Mal o Menos

O projeto implicou a demolição parcial das casas existentes, embora a fachada principal tenha sido preservada. Já com um desenho mais depurado e contemporâneo foi recuperada a expressão dos vãos, das floreiras e do alpendre. As paredes exteriores foram rebocadas e pintadas na cor branca e as lajes, na cor cinzenta, ficaram marcadas nos novos alçados. A cobertura foi revestida a telha plana vermelha.

© Do Mal o Menos
© Do Mal o Menos

No interior das casas, a entrada e a zona social ficam situadas no piso térreo. A entrada é um vestíbulo de onde se acede simultaneamente à cozinha, à sala de estar e às escadas. A sala de estar desenvolve-se na fachada de trás, rasgada por vãos e paredes infletidas e com uma ligação ao logradouro, através de escadas exteriores.

© Do Mal o Menos
© Do Mal o Menos

No primeiro andar encontra-se os espaços mais privados da casa. Os quartos desenvolvem-se nos alçados laterais. Existe ainda um sótão e uma cave. No total, as casas têm aproximadamente 600 metros quadrados.

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
Cita: "Duas casas na Calçada dos Mestres / Orgânica Arquitectura" 11 Fev 2019. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/910795/duas-casas-na-calcada-dos-mestres-organica-arquitectura> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.