Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Galeria de Arte Shuyang / UAD

Galeria de Arte Shuyang / UAD

Luz do céu. Imagem © Qiang Zhao Zoom em vista de pássaro. Imagem © Qiang Zhao Entrada secundária. Imagem © Qiang Zhao Entrada do pátio. Imagem © Qiang Zhao + 25

Galeria  · 
Suqian, China
  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura Architectural Design and Research Institute of Zhejiang University
  • Área Área deste projeto de arquitetura
  • Fotógrafo Created with Sketch.
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Jiangsu Jingtai Glass, Mei Da Group, Yihuida (Beijing) Engineering Technology
  • Arquiteto responsável

    Danshen Dong
  • Equipe de projeto

    Jian Chen, Jian Ni, Yi Cai
  • Ano do projeto

    2013
  • Engenharia estrutural

    Kaizhong Wei, Shuai Wu
  • Consultor de projetos complementares

    Yi Yang, Pang Li, Minmin Zhang, Dahong Pan, Xing Zhou
  • Consultor de iluminação

    Peiyu Zhou
  • Quantitativos

    Chaohui Qiu
  • Consultor de paisagismo

    Xiao‘ang Cai
Mais informações Menos informações
Textura da fachada. Imagem © Qiang Zhao
Textura da fachada. Imagem © Qiang Zhao

Descrição enviada pela equipe de projeto. Localizado em Shuyang, cidade berço da caligrafia tradicional chinesa na província de Jiangsu, a Galeria de Arte & Caligrafia foi construída para acolher e expor a herança do estilo caligráfico de Shuyang.

Entrada do pátio. Imagem © Qiang Zhao
Entrada do pátio. Imagem © Qiang Zhao

Conceito de projeto

Abstraindo as três cores fundamentais utilizadas na caligrafia tradicional: o preto, o branco e o vermelho, o projeto tira partido da arte da escrita em papel-arroz, criando uma experiência puramente espacial através das cores. 

Entrada secundária. Imagem © Qiang Zhao
Entrada secundária. Imagem © Qiang Zhao

Inspirados nos elementos básicos da caligrafia, os arquitetos procuraram explorar e transpor os conceitos mais elementares da arte escrita para o projeto de arquitetura, trabalhando com a ideia de leveza e gravidade, abertura e fechamento além do contraste entre seus elementos e materiais.

Zoom em vista de pássaro. Imagem © Qiang Zhao
Zoom em vista de pássaro. Imagem © Qiang Zhao

Estratégia de projeto

O maior espaço expositivo, localizado ao longo da via principal, foi construído com uma trama de tijolos vermelhos de barro com a forma elegante de um pote de tinta. O ângulo sutil criado na esquina do edifício fortalece o caráter icônico do projeto em sua fachada principal de forma original. O tijolo de barro de Yixing foi utilizado de três maneiras distintas de forma a criar diferentes texturas ao longo do volume principal. Na parte inferior ele se sobressai na face da parede como um elemento extrudado enquanto que na parte superior, cria-se uma espécie de negativo que contribui com a riqueza material do conjunto.

Planta - 1º pavimento
Planta - 1º pavimento

O outro volume, representando a tinta, possui cantos arredondados como se o líquido estivesse escorrendo pelas suas paredes escuras pintadas com tinta fluorocarbono cinza escuro. A luz do céu azul, quando refletida nestas superfícies escuras, cria uma atmosfera sublime que faz com que este grande volume sólido pareça diluir-se e fluir para a terra.

Vista do lago. Imagem © Qiang Zhao
Vista do lago. Imagem © Qiang Zhao

O volume branco é definido por sua fachada ventilada de painéis de concreto branco, a qual parece leve como folhas de papel de arroz, contrastando com os outros volumes mais sólidos e pesados. Suspensos sobre um espelho d'água, os volumes brancos parecem ainda mais sutis, como as linhas etéreas da caligrafia chinesa.

Constraste. Imagem © Qiang Zhao
Constraste. Imagem © Qiang Zhao

A água pode ser vista como uma piscina de tinta, uma superfície tranquila que serve para comunicar o silêncio das palavras em que se está imergindo. A transição entre o espaço exterior e interior se dá por uma ponte suspensa sobre este lago estático, fazendo com que os visitantes passem por um estado quase meditativo antes de acessar o interior do edifício.

Corte
Corte

As relações espaciais dentro do edifício são controladas por diferentes layouts, alguns mais densos outros mais espaçosos. Passa-se por um estreito corredor de apenas dois metros de largura, entre um volume preto e sólido e outro branco e etéreo, como se estivéssemos transitando entre as páginas de um livro, como se estivéssemos fluindo por entre a caligrafia desenhadas no papel. Este espaço sublime desemboca em um pátio aberto, expandindo-se quase que infinitamente.

Luz do céu. Imagem © Qiang Zhao
Luz do céu. Imagem © Qiang Zhao

Neste pátio há uma geografia escavada de maneira divertida para onde o espaço interno se expande, convidando os visitantes a saírem por um momento para descansar a luz do céu azul.

Espaço livre. Imagem © Qiang Zhao
Espaço livre. Imagem © Qiang Zhao
Planta - 3º pavimento
Planta - 3º pavimento
Vista da rua. Imagem © Qiang Zhao
Vista da rua. Imagem © Qiang Zhao

Todas os espaços expositivos estão livres de estruturas secundárias, sem pilares ou colunas dividindo os espaços. Isso faz com que as exposições possam ser organizadas livremente de acordo com as necessidades específicas. Corredores de vidro conectam as diferentes salas a fim de facilitar um percurso expositivo contínuo, como uma narrativa escrita sobre o papel. No meio do volume de tijolos vermelhos, há uma grande abertura zenital que percorre os seus três pavimentos, preenchendo seus espaços de luz natural.

Pátio aberto da cobertura. Imagem © Qiang Zhao
Pátio aberto da cobertura. Imagem © Qiang Zhao

A pavimentação dos espaços externos foi inspirada nos padrões abstratos da expansão da tinta no papel. Com suas diferentes espessuras de linhas, mudanças de escala e tons de cinza, o paisagismo parece resultar de um desenho abstrato feito à nanquim.

Pátio aberto da cobertura. Imagem © Qiang Zhao
Pátio aberto da cobertura. Imagem © Qiang Zhao

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos

Localização do Projeto

Endereço: Nanjing W Rd, Shuyang Xian, Suqian, Jiangsu, China

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Galeria de Arte Shuyang / UAD" [Shuyang Art Gallery / UAD] 22 Jul 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Libardoni, Vinicius) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/898614/galeria-de-arte-shuyang-uad> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.