i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. MVRDV transforma rodovia abandonada de Seul em um parque elevado

MVRDV transforma rodovia abandonada de Seul em um parque elevado

MVRDV transforma rodovia abandonada de Seul em um parque elevado
MVRDV transforma rodovia abandonada de Seul em um parque elevado, © Ossip van Duivenbode
© Ossip van Duivenbode

Há alguns dias, o prefeito de Seul inaugurou o Skygarden, uma passagem elevada de 983 metros projetada pelo escritório MVRDV, que reutiliza uma rodovia abandonada no centro da capital sul-coreana. Localizado no distrito da Estação Central de Seul, o parque linear de 16 metros de altura apresenta um catálogo vivo de espécies vegetais silvestres da Coreia, com mais de 24.000 plantas de 228 espécies e subespécies. O Skygarden é conhecido em coreano como Seoullo 7017, um nome que faz referência em coreano a "Seoul Street" e 1970 e 2017, os anos em que a estrutura foi originalmente construída e posteriormente transformada.

© Ossip van Duivenbode © Ossip van Duivenbode © Ossip van Duivenbode © Ossip van Duivenbode + 23

© Ossip van Duivenbode
© Ossip van Duivenbode

"Nosso projeto oferece um dicionário vivo de plantas que fazem parte do patrimônio natural da Coreia do Sul e agora, existem no centro da cidade", disse Winy Maas, sócio fundador da MVRDV. "A ideia aqui é conectar os habitantes da cidade com a natureza e, ao mesmo tempo, oferecer a oportunidade de experimentar essas vistas incríveis para a histórica Estação de Seul e Namdaemun Gate".

© Ossip van Duivenbode
© Ossip van Duivenbode

Além de oferecer espaço verde no centro de Seul, o Skygarden foi projetado para ser uma experiência educacional. "Elas são plantadas em recipientes de diferentes tamanhos e alturas e organizadas em grupos de famílias. As famílias são ordenadas de acordo com o alfabeto coreano", acrescentou Maas. "Isso leva a surpreendentes composições espaciais".

© Ossip van Duivenbode
© Ossip van Duivenbode

Este agrupamento alfabetizado levou a uma estratégia de design que divide o parque em uma variedade de seções, com diferentes famílias de plantas que oferecem identidades diferentes em relação à cor, fragrância e composição. Por exemplo, no outono, uma área de plátanos exibirá folhas de cores brilhantes, na primavera, as cerejeiras irão florescer, e no verão, diversas árvores frutíferas trarão cores e aromas ao parque.

© Ossip van Duivenbode
© Ossip van Duivenbode

Enquanto que a principal atração é o parque em si, a renovação da antiga rodovia também incorpora estabelecimentos comerciais, galerias, casas de chá, um teatro, centros de informação e restaurantes. À noite, o parque é iluminado em luz azul, uma cor que pode ajudar a tornar as plantas mais saudáveis, no entanto, a cor da luz também pode ser ajustada para eventos e festivais. Diversas escadas, elevadores e rampas conectam o novo parque a diferentes partes da região, melhorando a experiência para os pedestres.

© Ossip van Duivenbode
© Ossip van Duivenbode

Concurso:
Winy Maas, Jacob van Rijs e Nathalie de Vries com Wenchian Shi, Kyosuk Lee, Kai Wang, Ángel Sánchez Navarro, Jaewoo Lee, Antonio Luca Coco, Matteo Artico e Jaime Domínguez Balgoma

Parceiros:
Paisagismo: Ben Kuipers, Delft, Países Baixos
Arquiteto local: DMP, Seul, Coreia
Estrutura: Saman Engineering, Seul, Coreia
Paisagista local: KECC, Seul, Coreia
Sustentabilidade: EAN, Seul, Coreia
Estrutura arquitetônica: Cross, Seul, Coreia
Designers industriais: Studio Makkink & Bey, Amsterdã, Países Baixos
Engenharia mecânica: Samsin, Seul, Coreia
Engenharia de tráfego: Song Hyun R&D, Seul, Coreia
Projeto lumínico: Viabizzuno, Milão, Itália e Nanam Ald, Seul, Coreia
Design de aplicativos: nhtv, Breda, Países Baixos
Orçamento: Myong Gun, Seul, Coreia

Desenvolvimento do projeto:
Winy Maas, Jacob van Rijs e Nathalie de Vries com Wenchian Shi, Kyosuk Lee, Mafalda Rangel, Daehee Suk, Daan Zandbergen, Kai Wang, Sen Yang e Dong Min Lee
Paisagismo: Ben Kuipers arquiteto paisagista, MVRDV
Arquiteto Local: DMP, Seul, Coreia
Estrutura: Saman Engineering, Seul, Coreia
Paisagista local: KECC, Seul, Coreia
Projeto lumínico: Rogier van der Heide, MVRDV e Nanam Ald, Seul, Coreia

Construção:
Equipe:
Winy Maas, Jacob van Rijs e Nathalie de Vries com Wenchian Shi, Kyosuk Lee, Mafalda Rangel and Dong Min Lee
Paisagismo: Ben Kuipers arquiteto paisagista

Cita: Stott, Rory. "MVRDV transforma rodovia abandonada de Seul em um parque elevado" [MVRDV's Skygarden, a Transformed 983-Meter Former Highway, Opens in Seoul] 27 Mai 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <http://www.archdaily.com.br/br/872062/mvrdv-transforma-rodovia-abandonada-de-seul-em-um-parque-elevado>