Rui Valporto

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE AUTOR

Arquitetura errante: 4 projetos que abraçam o erro (para o bem e para o mal)

Na arquitetura moderna, projetar envolve analisar, prever e determinar espaços e funções com precisão, sem lugar para erro. Ao longo da segunda metade do século XX, esse caráter racionalizante e guiado pela máxima eficiência foi duramente criticado, e errar – no sentido de vaguear, percorrer sem rumo e sem destino – passou a ser reconhecido como parte inevitável da experiência humana.

Pruitt-Igoe. Imagem via Wikimedia usuário Cadastral (Public Domain)Esplanada dos Ministérios em Brasília. Imagem: © Joana FrançaParc La Villette. Imagem: Guilhem Vellut, via Flickr. Licença CC BY 2.0Escola de Arquitetura de Nantes. Imagem © Philippe Ruault+ 5