ArchDaily Brasil | O site de arquitetura mais visitado do mundo, agora em portuguêsO site de arquitetura mais visitado do mundo

i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Residência Pátio / META - Project

11:00 - 28 Abril, 2017
Residência Pátio / META - Project, © Su Chen, Chun Fang
© Su Chen, Chun Fang

© Su Chen, Chun Fang © Su Chen, Chun Fang © Su Chen, Chun Fang © Su Chen, Chun Fang +28

  • Arquitetos

  • Localização

    Pequim, China
  • Equipe de Projeto

    Wang Shuo, Zhang Jing, Yaping Wu, Yin Cheng, Qianqian Chang, Han Wang, Guowei Zhang, Tian Lan
  • Área

    800.0 m2
  • Ano do projeto

    2013
  • Fotografias

25 árvores que você pode plantar sem medo de destruir sua calçada ou a rede elétrica

10:00 - 28 Abril, 2017
25 árvores que você pode plantar sem medo de destruir sua calçada ou a rede elétrica, © Amelien (Fr) via VisualHunt.com /  CC BY-NC
© Amelien (Fr) via VisualHunt.com / CC BY-NC

Árvores são especiais e fundamentais nas ruas e avenidas, pois, além da função estética, elas possuem um importantíssimo papel no equilíbrio térmico, ajudando a diminuir a temperatura da região onde se encontram

Além dessa importante característica, elas também colaboram com a redução da poluição sonora e do ar e ainda fornecem sombra, refúgio e alimento para as aves. Se você deseja plantar uma árvore na sua calçada, deve procurar a prefeitura. Muitas delas tem um plano de arborização urbana, com espécies de árvores indicadas por profissionais capacitados. Normalmente, você pode solicitar o plantio à prefeitura, ou buscar as mudas você mesmo no viveiro municipal. Mas é muito importante prestar atenção na escolha da árvore.

Residência na Colina Qiyun / Bengo Studio

09:00 - 28 Abril, 2017
Residência na Colina Qiyun / Bengo Studio, © Chen Hao
© Chen Hao

© Chen Hao © Chen Hao © Chen Hao © Chen Hao +22

Mapa interativo mostra como Londres mudou nos últimos 100 anos

07:00 - 28 Abril, 2017
Mapa interativo mostra como Londres mudou nos últimos 100 anos, Houses of Parliament – Then and Now. Image Cortesia de Expedia
Houses of Parliament – Then and Now. Image Cortesia de Expedia

Faça um passeio virtual por Londres com este novo mapa interativo produzido pela Expedia. Intitulado "Historic London", o aplicativo leva você através de 14 locais famosos da capital britânica, do Buckingham Palace à Catedral de St. Paul e a Fleet Street. As imagens de arquivo dos locais, que datam do final do século XIX e início do século XX, são sobrepostas a imagens atuais, possibilitando comparações do que mudou e o que permaneceu nos últimos 100 anos.

Veja o mapa interativo, a seguir:

Canaille / Lioz Arquitetura

05:00 - 28 Abril, 2017
Canaille / Lioz Arquitetura, © Ana Mello
© Ana Mello

© Ana Mello © Ana Mello © Ana Mello via André Costa +24

  • Arquitetos

  • Localização

    R. Cristiano Viana, 390 - Pinheiros, São Paulo - SP, Brasil
  • Arquiteto responsável

    André Costa, Marina Malagolini
  • Equipe de projeto

    André Costa, Marina Malagolini, Mariana Wilderom (sabará arquitetura)
  • Área

    193.0 m2
  • Ano do projeto

    2014
  • Fotografias

    Ana Mello, via André Costa

Casa Caixa Preta / TAKATINA LLC

21:00 - 27 Abril, 2017
© Mikiko Kikuyama
© Mikiko Kikuyama

© Mikiko Kikuyama             © Mikiko Kikuyama             © Mikiko Kikuyama             © Mikiko Kikuyama             +33

  • Arquitetos

  • Localização

    Prefeitura de Kanagawa, Japão
  • Arquiteto Responsável

    Takaaki Kawabata
  • Área

    106.0 m²
  • Ano do projeto

    2016
  • Fotografias

Resultado dos concursos de passarela e revitalização do Palácio de Queluz, Portugal

19:00 - 27 Abril, 2017

Dois concursos organizados pelo Parques De Sintra – Monte da Lua S.A., em conjunto com a Câmara Municipal de Sintra e com assessoria da OASRS (Ordem dos Arquitectos Secção Regional Sul), tiveram seus resultados divulgados essa semana. Ambos são para Queluz, freguesia do concelho de Sintra, em Portugal, para o projeto para uma passarela de pedestres e para a requalificação do Palácio.

Museu de Serralves apresenta: ‘Splitting, Cutting, Writing, Drawing, Eating… Gordon Matta-Clark’

18:00 - 27 Abril, 2017
Museu de Serralves apresenta: ‘Splitting, Cutting, Writing, Drawing, Eating… Gordon Matta-Clark’, Courtesy of Serralves Museum
Courtesy of Serralves Museum

Esta exposição no Museu de Serralves irá debruçar-se sobre os aspetos gestuais, formais e sociais da conceção de arquitetura de Matta-Clark, ou nas suas palavras, de "fazer espaço sem o construir.” Esta apresentação, composta sobretudo por obras do Gordon Matta-Clark Archive no CCA, irá apresentar fotografias, desenhos e documentos relacionados com os projetos mais importantes do artista, e também os seus filmes comerciais, assim como empréstimos importantes relacionados com a obra pioneira do artista. 

Internato em Nimes / MDR Architectes

17:00 - 27 Abril, 2017
Internato em Nimes / MDR Architectes, © Mathieu Ducros
© Mathieu Ducros

© Mathieu Ducros © Mathieu Ducros © Mathieu Ducros © Mathieu Ducros +20

  • Arquitetos

  • Localização

    Nimes, França
  • Arquiteto Responsável

    Thomas GRENIER
  • Equipe de Projeto

    Sancie Matte, Frédéric Devaux, Arnaud Rousseau.
  • Engenharia

    P3G, Ingecor, Rouch, Gaxieu, ING Méditerranée
  • Área

    0.0 m²
  • Ano do projeto

    2016
  • Fotografias

TED Talk: Como seria o mundo sem motoristas

16:00 - 27 Abril, 2017

O congestionamento no trânsito é um os grandes problemas enfrentados pelas cidades de todo o mundo. Para ilustrar isso, apenas em um ano é possível perder até 104 horas em engarrafamentos, como ocorre, por exemplo, em Los Angeles, segundo o Índice Global de Tráfico INRIX

No entanto, ha outros dados que evidenciam a causa do problema: 30% do trânsito urbano corresponde a condutores procurando uma vaga de estacionamento; e em 85% dos veículos o condutor está sozinho.

10 Dicas para melhorar o fluxo de trabalho no SketchUp

15:00 - 27 Abril, 2017
10 Dicas para melhorar o fluxo de trabalho no SketchUp, Modelo 3D: Fabián Dejtiar vía SketchUp. Image
Modelo 3D: Fabián Dejtiar vía SketchUp. Image

SketchUp é um dos softwares de modelagem 3D mais utilizados na comunidade criativa internacional, graças a suas ferramentas intuitivas de trabalho e das constantes atualizações por parte dos usuários, tanto através de sua biblioteca de código aberto como o desenvolvimento de plugins.

Como qualquer ferramenta digital, as dicas e a frequência do uso permitem que o trabalho se torne mais organizado e rápido, obtendo, no caso do SketchUp, um ambiente de trabalho eficiente.

Por esta razão, apresentamos algumas dicas úteis para quem trabalha com o SketchUp.

A Muralha Vermelha de Ricardo Boffil é protagonista neste videoclipe de Martin Solveig

14:00 - 27 Abril, 2017

Já passaram quase dez meses de sua estreia, mas quase ninguém falou do videoclipe da música "Do It Right", do artista francês Martin Solveig. Por que deveria nos interessar? O vídeo acontece na Muralha Vermelha, obra de Ricardo Bofill em Calpe, Espanha.

A Muralha Vermelha não apenas serviu de inspiração para centenas de arquitetos, que admiram sua paleta cromático e jogo de volumes, como também para artistas como Solveig e a equipe do Monsieur l'Agent, a agência francesa responsável pela direção e produção deste videoclipe.

Residências Dandurand / NatureHumaine

13:00 - 27 Abril, 2017
Residências Dandurand / NatureHumaine, © Adrien Williams
© Adrien Williams

© Adrien Williams © Adrien Williams © Adrien Williams © Adrien Williams +20

A inspiração de I.M. Pei: uma comparação de sua arquitetura com a arte minimalista

12:00 - 27 Abril, 2017
A inspiração de I.M. Pei: uma comparação de sua arquitetura com a arte minimalista, I.M. Pei's JFK Presidential Library and Museum in Massachusetts. Image © <a href='https://www.flickr.com/photos/masstravel/8568079947'>Flickr user masstravel</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-nd/2.0/'>CC BY-ND 2.0</a>
I.M. Pei's JFK Presidential Library and Museum in Massachusetts. Image © Flickr user masstravel licensed under CC BY-ND 2.0

Ontem, dia 26 de abril de 2017, comemoramos o aniversário de 100 anos de I.M. Pei. A ocasião oferece uma oportunidade maravilhosa para dar uma olhada retrospectiva em um dos arquitetos mais significativos e produtivos dos últimos 100 anos, com muitas organizações de eventos, comemorações e simpósios para falar sobre Pei e seus projetos notáveis. No entanto, nesses eventos, assim como em toda a carreira de I.M. Pei, é improvável que haja muita conversa intelectual sobre seu legado arquitetônico. A principal discussão em torno de I.M. Pei ainda está focada em seu talento de projeto e narrativas intrigantes sobre o carisma que ele usa para convencer os clientes a continuarem através de projetos árduos.

Embora o próprio Pei nunca tenha falado muito sobre sua teoria projetual ou sobre a base intelectual de seus projetos, essas simples narrativas deixam certas questões sem resposta: de onde vem a inspiração de I.M. Pei para a forma arquitetônica? Como seu projeto arquitetônico afetou os arquitetos e artistas e contribuiu intelectualmente para o mundo da arte contemporânea?

Casa Oblíqua / Studio B Architecture + Interiors

11:00 - 27 Abril, 2017
Casa Oblíqua / Studio B Architecture + Interiors, © Draper White
© Draper White

© Draper White © Greg Watts © Greg Watts © Draper White +21

Frustração e reconhecimento na arquitetura

10:00 - 27 Abril, 2017
Frustração e reconhecimento na arquitetura, Praça do Patriarca de Paulo Mendes Rocha. Centro de São Paulo. © Nelson Kon
Praça do Patriarca de Paulo Mendes Rocha. Centro de São Paulo. © Nelson Kon

Diferente de muitas outras artes, a arquitetura guarda algumas singularidades que só poderiam encontrar respaldo em um campo que, por natureza, se coloca como uma combinação de outros campos. De início, chamá-la de arte pressupõe afastar o foco de sua natureza técnica e social, voltando-o para questões relativas à liberdade artística e experimentações formais daqueles que a concebem. Falso se tomado como único modo de compreender e abordar a arquitetura, mas verdadeiro se visto como um dos modos de fazê-lo.

Há uma peculiaridade na arquitetura como arte, se a tomarmos em comparação com outras artes: o não-reconhecimento do “artista”. A produção de outros campos, ao atingir determinado grau de reconhecimento e legitimação dentro do próprio campo, extrapola seus limites e passa a fazer parte do conhecimento daquilo que se pode chamar de “público” – ou, pessoas de fora do campo, ou ainda, leigos.

Casa do Monte da Lua / Produção de Arquitectura

09:00 - 27 Abril, 2017
Casa do Monte da Lua / Produção de Arquitectura , © Luís Henrique da Cruz
© Luís Henrique da Cruz

© Luís Henrique da Cruz © Luís Henrique da Cruz © Luís Henrique da Cruz Casa do Monte da Lua / Produção de Arquitectura +33

  • Arquitetos

  • Localização

    Rua do Quarteira 4 1, 8125-507 Quarteira, Portugal
  • Arquiteto responsável

    Vasco Silva Lopes, Amadeu Cardoso de Sousa
  • Equipe de projeto

    Vasco Silva Lopes, Amadeu Cardoso de Sousa, Joel Alves Ramos
  • Construtor

    Teia Firme Lda., Portugal
  • Área

    150.0 m2
  • Ano do projeto

    2017
  • Fotografias

Diamante feito com as cinzas de Barragán chega ao México

07:00 - 27 Abril, 2017
Diamante feito com as cinzas de Barragán chega ao México, vía The Architect's Newspaper
vía The Architect's Newspaper

No ano passado, uma notícia comoveu o mundo da arquitetura: as cinzas do arquiteto mexicano Luis Barragán foram transformadas em um diamante, posteriormente oferecido à Federica Zanco, diretora da Barragan Foundation, entidade localizada na Basileia, Suíça, responsável por manter o arquivo da obra do único Pritzker mexicano. 

Há boatos que há mais de vinte anos, Zanco recebeu como pedido de casamento de Rolf Fehlbaum, diretor da empresa Vitra, não um anel, mas o arquivo de Barragán. Desde então, o acesso ao arquivo é negado a arquitetos, estudantes, historiadores e museólogos. E embora Zanco explique que o acesso é restringido pois o arquivo está sendo organizado para a realização de um catálogo, passaram-se mais de duas décadas e tal compêndio ainda não foi apresentando, fazendo com que muitos duvidem da explicação da diretora.