Ampliar imagem | Tamanho original
Um estudo de viabilidade de Associated Architects concluiu que um novo edifício seria a melhor opção para as atuais necessidades da Universidade de Birmingham - ao invés de uma reforma do edifício existente. A demolição da biblioteca de 1950 vai criar um coração verde no campus, melhorando tanto a circulação e a implantação dos edifícios históricos. A nova biblioteca tem uma colunata frontal aberto à este espaço, no centro da Universidade, interagindo com a área verde.  O projeto foi desenvolvido focando no usuário ao invés da coleção da biblioteca, com circulação natural e intuitiva. A planta é seccionada por uma via central de circulação que percorre o eixo norte-sul. A partir dela foi desenvolvido o planejamento interno, criando locais de estudos silenciosos no perímetro do edifício, totalizando 17 mil m² dispostos por seis pavimentos com uma série de vazios de iluminação que percorrem todo o edifício. A porção angulada do edifício à oeste está alinhada com a nova via circular, com a via férrea e o canal ao fundo. Esta disposição explora as vistas e maximiza a presença do conjunto visto da ferrovia. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar