Ampliar imagem | Tamanho original
Alguns projetos não construídos - as esperanças que eles revelam e os motivos que os impediram de ser construídos - contam histórias intensas. Esse é o caso da residência projetada por Frank Lloyd Wright para Marilyn Monroe e Arthur Miller. Ou será que é aquilo que supomos saber sobre Marilyn, que o torna tão pungente? A união entre um intelectual de vida pacata e o maior símbolo sexual do século passado foi desconcertante para o público, e o conflito entre suas aspirações e personalidades parece interferido em seus planos para esta casa, localizada no estado de Connecticut. Após se mudarem para a residência de campo de Miller, Monroe pediu a Wright que criasse uma nova casa para eles naqueles arredores. Como Miller explicou em suas memórias: "Seu impulso era real, em parte um tipo de presente para mim." E o projeto proposto de Wright estava à altura desse gesto real, apresentando uma dramática sala circular de quase 20 metros de largura, Coberta com um teto abobadado e claraboias, cercada de colunas imponentes e levando para uma piscina integrada ao lado de uma colina. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar