Ampliar imagem | Tamanho original
Meu primeiro pensamento ao começar o desenho foi sobre os fenômenos recentes relativos aos museus de arte de todo o mundo. A primeira tendência, que se tornou amplamente conhecida como o "efeito Bilbao" nasceu no Museu Guggenheim em Bilbao, Espanha, projetado por Frank O. Gehry e concluído em 1998. A estratégia foi criar uma arquitetura escultórica em uma cidade internacionalmente desconhecida para restaurar o turismo, resultando finalmente em um êxito. Mas há uma opinião de que este tipo de arquitetura deixa de lado a funcionalidade sem levar em conta as preocupações dos artistas e funcionários, só para produzir um monumento pessoal que não proporciona boas condições para mostrar e ver a arte. Como exemplo, na outra extremidade, há um método de renovação da arquitetura industrial antiga para a produção de um espaço apto para a exposição de obras, no entanto, a arquitetura deveria ser mais racional. O Tate Modern, em Londres, e o Dia:Beacon concluído em 2003 no estado de Nova York para a Dia Art Foundation são exemplos de sucesso. Em vez de escolher uma ou outra extremidade, pensei em criar um conceito de design que considere a fácil visualização e exposição da arte, mas deixe arquitetonicamente, uma profunda impressão para os visitantes. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar