Ampliar imagem | Tamanho original
O casal de clientes desejava viver em um ambiente urbano. No entanto, morar na cidade não oferecia o estilo de vida que eles queriam para seus filhos, ao chegarem na idade escolar. De forma a se comprometer entre ficar próximo à cidade e, ao mesmo tempo, criar a família, eles se mudaram para o subúrbio. Seu objetivo era criar um forte senso de lugar em um ambiente com vizinhos próximos  de sua propriedade. A história da comunidade escolhida, um antigo assentamento quaker, inspirou a solução. Com base nos inquilinos de simplicidade, humildade e foco interior, a casa foi dividida em uma série de estruturas modestas com frontões, cada um, voltada para seu próprio jardim. A simplicidade de cada pátio destila a experiência da natureza, estimulando a apreciação de suas sutilezas. Cada espaço interno está ligado ao exterior em duas faces. A estratificação dos espaços do exterior para o interior e para o pátio, dissipa os limites entre eles. De pontos de vista selecionados, pode-se ver através de vários espaços e pátios para vistas emolduradas além. Cada volume tem uma cobertura esculpida que canaliza a luz e o ar para o centro da estrutura. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar