Ampliar imagem | Tamanho original
"Uau, é muito melhor do que eu poderia imaginar". Acompanhada de um grande sorriso no rosto, essa é uma reação que costumo receber quando as crianças entram em sua nova "casa". Pois é isso que eu gosto de criar para elas: uma casa dentro de uma casa. Um espaço no qual elas se sintam seguras e acolhidas. Além de muito aconchego. As crianças anseiam por isso. Um lugar especial próprio, no qual podem se refugiar. Este antigo casarão, datado do início do século 20 em uma área rural belga, era espaçoso o suficiente para se projetar um volume bastante elevado, a "casa das crianças". Este volume comporta duas camas e um andar superior. Ele divide o quarto em três: esquerda, direita e o andar de cima. O andar superior pode ser uma brinquedoteca enquanto as crianças ainda são pequenas ou um ambiente multimídia quando elas se tornam adolescentes. Cada dormitório ocupa um lado do espaço e acomoda uma cama e sua própria escrivaninha. Fazendo um jogo com as diferentes iluminações e detalhes de cor, as duas crianças podem criar sua própria atmosfera. Além das camas, o volume comporta espaço para armários e gavetas. A madeira de pinus dá ao conjunto um toque extra de autenticidade e conforto. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar